Blog 2 (PEAPAZ)

Vestida, do lado de fora

3541836694?profile=original

Vestida, do lado de fora

 

Lançada à amargura dos sem nada,

Sem lágrimas nem pudor,

Encosta na parede viva

O semblante morto

Pela fúria do poder

E salva do chão

Os tufos de esperança

Arrancados vivos.

 

Nefertiti Simaika

Rio de janeiro, 30 de julho de 2011 – 23h

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.