Blog 2.0

um poema

_ intervalos do sentir_[canto primeiro]na busca da imagem que não se entregarasgo as retinas das palavras, à reveliariscopenetrovasculhodepois do verbo somente o nadatudo é miragemjá não existem mais segredosfelicidade é imagem alegóricasó vibra nas mãos dos ventosmas,o tédio arde em virgulas amargase, a palavra rasgada não digere:- viver engasga !anadeabrãomerij
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.