Blog 2 (PEAPAZ)

TU-POEMA

Tu-Poema, de papel macio
Com letras pingando cacau
Enamoro-te ao ler em arrepio
À deriva/mercê como nau
Ah...Tu-poema...!

Tu-Poema, correnteza de rio
Com águas de puro sarau
Leio-te hebraico, francês e latim
Nas entrelinhas deste calhau
Ah... Tu-poema!

Tu-Poema, beleza e brio
Nas águas d'um vendaval
Ancora teu verso-navio
No estrofe do temporal
Que a entrelinha no cio
Reluz impressão digital

Ah...Tu-Poema com frio!
Tu-Poema castiçal! 3541818399?profile=original

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.