Blog 2 (PEAPAZ)

DIAMANTE BABPEAPAZ

Tempo do amor

image.php?userid=63374&imageid=670368.jpg&maxw=495&maxh=660

572525.gif


Tempo do amor

Irrigado meu corpo
um jardim nasce
ao soprar do setembro.
 
Às dálias, rosas e jasmins,
bafo da noite orvalhada...
 
Ouço sopro de gelo
entre vida e morte
e beijo sozinha.
 
A rainha tira a roupa,
fragrante... exuberante...


 
As dores farfalhudas
soltam as raízes e voam
até abrandar a fúria.
 
Carrego as eras do tempo
nas rugas do corpo...


Mas...

Da madrugada sem fôlego
ao esboço do dia
és primavera em mim.


   572525.gif


Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Rio de Janeiro, 28 de setembro de 2011 – 5h33
Trilha sonora: Ernesto Cortazar. Mi amor por ti

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • PRATA BABPEAPAZ
    Bela inspiração! Suave e forte como a primavera! Beijosssssss
  • Antes de ler o que escreveu com o título de "tempo de amor," escrevi um poema que, nada tem a ver com esta sua arte de oiro e dei-lhe o título de "amor no tempo". A sua escrita me fascina sempre. Entro no PEAPAZ à sua procura. Além disso, sinto-me aqui muito bem acolhida.
  • Poema que soa suave como a brisa farfalhando no jardim... Delicioso, Sílvia! Bjss.
  • Lindo, minha amiga! - Parabéns, viu? - Abração
  • "És primavera em mim"... Muito lindo teu poema, cara poetisa...Parabéns...
This reply was deleted.