Blog 2 (PEAPAZ)

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • PRATA BABPEAPAZ

    Poetisa!

    Nunca é tarde para ser feliz! Depois de uma noite escura sempre surge um dia iluminado!

    Beijos, Arlete.

  • Triste, belo, envolvente,

    é dos tais poemas que nunca sabemos onde acaba o sujeito poético e

    começa a emotividade que aflora as palavraqs do autor.

    Beijo querida Maria Barros

    VF

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    O sujeito poético encontra-se desiludido no concernente ao amor. Ser feliz, urge o tempo todo. Belo poema. Beijossssssssss

  • Você é uma musa que se auto-inspira em ti!!!

    Belo poema minha amiga, só tenho que concordar com nosso amigo Helder,

    Nunca se é tarde pra ser feliz, se tens um sonho... Lute por ele! Eu por vezes acreditei que nunca seria feliz e estou caminhando firme e forte com a certeza de que aprendi muito e que posso passar um pouquinho que seja dessas experiências aos demais!!!

    Felicidade requer persistência e coragem, idade é algo relativo. Temos a carga espiritual leve (somos artistas).

    Eu queria falar mais sobre isso e voltarei com certeza em outra ocasião, é que o sono tá me pegando. Tenho que estar bem disposto pra hoje estudar... Cursinho pré vestibular ;)

    Grande Beijo e Votos de Ótima Semana pra você!

  • Comentário de Helder Gonçalves 50 minutos atrásExcluir comentário

    Querida Maria Barroa: Bonito poema. Mas olha - vai por mim :porque nunca é tarde demais para ser feliz. Podes crer! Continua a sonhar, porque os "sonhos nascem e vão e sempre voltam" e certo dia seras, certamente, a musa de um poema feito amor

  • Muito bom. Parabéns.

  • Oi amiogaaaa! Obrigadão! Você já sabe que sou extrema mesmo rsrsrssr... Obrigada por admirar meus sonetos [esse é inglês em decassílabos, ritmo heroico]. Quanto a imagem, foram usadas 3 imagens para chegar a essa e mais uns efeitos pra dar essa ilusão palpável[ e tudo sem photoshop, que não uso e não tenho esse programa].Eu que sou tua fã de carteirinha!  Um abração dessa amigairmã.

  • Obrigada querida Mônica! Quando vou escrever, primeiro em mina cabeça vou montando a cena dentro de uma situação [eu sou uma pessoa extrema]  e vou me vestindo nela e componho meus sonetos e poemas. Mesmo estando na primeira pessoa, não quer dizer que eu esteja ou viva nessa agonia, nessa tristeza, pelo contrário, sou alegre, sou  até muito equilibrada em relação à sentimentos e palhaça demais também, porém quando escrevo, naquele momento sou os meus versos, sou extrema, sou um coração transbordando sentimentalidade...Obrigada por ter gostado e ter sentido o momento que o é de milhões de pessoas nesse momento! UM abração e mais uma vez obrigada pela leitura e pelo belíssimo comentário! 

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Um coração entristecido despindo-se das ilusões que alimentou. Pobre coração, desiludido com suas fantasias pensa ser tarde para ser feliz.. Mas pra felicidade não há tempo nem hora. Apenas não se deve esperar dos outros por um punhado de felicidade, e sim nutri-la dentro do peito e deixar-se ser feliz por si só. Dessa maneira, esse sentimento fluirá e saberá enfrentar qualquer desilusão.

    Que encanto de poetar Maria. Sensivel do inicio ao fim.

    Bjsssssssss

  • Amioga, você não só está arrasando nos sonetos, mas, também em arte gráfica, que linda imagem, amei!!! Quanto ao Belíssimo soneto tão verdadeiro quanto o sentimento expresso nele, chega a ser palpável essa bela mistura de emoção/poesia. Parabéns por mais este, para mim, perfeito.

    Carinho, Lu 

This reply was deleted.