Blog 2 (PEAPAZ)

Tarde demais

3542054550?profile=original

 

Afinal nos encontramos.

Demoraste muito. Demoraste tanto

Que já não podemos nos amar.

Eu sabia da tua existência.

O senhor das vidas não permitiu

Que nos encontrássemos antes.

Convivi contigo em meu coração,

Imaginei teu olhar em cada despedida,

Senti teus lábios na minha pele,

As tuas mãos no meu cabelo revolto,

Descansei a cabeça no teu ombro,

Chorei abraçada por ti.

Havia um recanto só nosso

Onde me declaravas teu amor,

As mais belas declarações

Que alguém pode pronunciar.

Nunca senti saudade de ti,

Estavas sempre em mim,

Bastava eu pensar e te via ao meu lado,

Não carecia chamar-te,

Acompanhavas-me em todos os momentos.

Conhecias-me tão bem...

Que pena!

Tarde demais permitiram

Que te revelasses.

Mardilê Friedrich Fabre

Imagem:MiLeide - blogger

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • BELAS LETRAS POETISA MARDILÊ FRIEDRIC...Encantado em ler-te...Felicitações!!Grin.gif

  • Sucede.

    El sol se levanta tarde...

    La luna se queda dormida...

    El tiempo abrazó al olvido...

    La cita fue bello sueño...

    La mañana no envió el rocío.

    Un agrado leerte, Mardilê. 

    Que tengas gran día. 

    3544023069?profile=original

  • BRONZE BABPEAPAZ

     Belo poema!

     Abraço-te.

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Ainda acredito, que nunca será tarde para retomar um amor. Belo poema! Beijossssssssssssssssssss

    3544019837?profile=original

This reply was deleted.