Blog 2.0

Sombra

SOMBRA
(Vóny Ferreira)

Nunca me sinto longe de ti 
Não... nunca
Nem nos momentos em que durmo 
agarrada à mim mesma.
E ao sonhar
Vejo-te..., 
Abraço-te, 
Sinto-te e amo-te.

É ainda em sonhos que renasce a magia 
Do dia que se segue para mim
Por ti e contigo...!
Vóny Ferreira_________________________________
_______________________M.Ivone B.S. Ferreira3541896650?profile=original
(2014)

 —

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Belo, simplesmente belo. Amei!

  • Ah Vóny!

    Eu amei assim... Na presença, na distância, na ausência, nos sonhos, nos devaneios...

    Amei de todos os lados, cheguei até a se esquecer de mim. Eu amei assim...

    Saudações poéticas. Abraços.

  • Tongue.gif Beijinho Waulena muito obrigada pela sua gentil presença. Boa noite!

    Vf

  • PRATA BABPEAPAZ

    "...Nem nos momentos em que durmo 
    agarrada à mim mesma.  ..."

    Ah... amiga Vóny , que lindo poema - apesar da urgência da confissão, da ânsia contida ...

    Há amores assim, se tornam sombras em nós ...

    Bjs Wau

This reply was deleted.