DIAMANTE BABPEAPAZ

Procuras-me no teu olhar?

3541731760?profile=original3541731732?profile=original

Procuras-me no teu olhar?

Adejo nas estrelas e entre vis
calculo teu sorriso diminuto.
Reviro-me nas nuvens cor de anis
e imolo-te aos meus braços, és meu fruto!

Cadência por cadência, pedes bis
à luz do paraíso que recruto.
Rebolo meu sabor pelos rubis
da íris desse olhar que é negro e bruto!

Inútil! Sem amor jamais terás
a verve do meu canto em ti cativa
- sou flor-jardim e não me entenderás!

Somente e sempre tua?...Ah! Não, jamais!
Pois não floresço donde se cultiva
a pecha dos pecados capitais!

3541731732?profile=original

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 24 de janeiro de 2010 – 13h40
Reeditado e finalizado em 20 de junho de 2012 – 00h43

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.