Blog 2.0

Por acaso...

Por acaso gosto de coisas simples,

De pessoas que não sejam complicadas,

Da vida que acontece naturalmente…

Também, por acaso, quando erro...

Gosto de corrigir as minhas faltas

E aprecio a inteligência autêntica

E não a chico-espertice, agora em voga.

Por acaso adoro uma boa música,

Um quadro ainda que abstracto,

Uma escultura que consiga perceber

E um poema genuíno e sentido.

Acredito que o facto de existirmos

Não é por acaso e muito deverá

À mera escusa de qualquer explicação.

Por acaso, se não me apetecesse,

Não criaria, nem exporia esta dissertação,

Só para que me julgassem impertinente.

Joantago

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.