PASSA-VIDA

o teu amor sobrevoa tua cabeçapousa em tuas mãosfaz ninho no teu peitocanora no teu corpotranscendendo por teus poros.o poema é o céupor aonde ele envergaasas reluzentesqueria assim fosseo meuque preferepercursos diferentes;ele é um balançopesadopuídodesbotadonos ombros deuma vida que passao pé metido na estradalevanta poeirae quando cansao andarilheironum poema desabao peso do amoraliviando o ombroestradeiro.MarySSantos
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.