Blog 2 (PEAPAZ)

PALAVRAS CERTAS

 

Palavras certas.


As palavras certas,

Muitas vezes calam-se aos lábios

Ficando por dizer indeléveis palavras...

O insólito medo de não saber expressar com destreza e fieldade

O anseio por se fazer entender dentro do inteligível ser...

As palavras trancam-se dentro de um cofre

E como preciosas joias valorizam-se no silêncio de um olhar

Nos sussurros do coração,

No ritmo da emoção ensandecida,

Na expressão do gesto,...

O corpo em puro e real protesto,

Geme,

Fala,

Grita,

Transborda em suas fontes...

Como vozes de maresia,...

Como o silvo de constelações,...

No ventre da alma enluarada e nua

As palavras rebentam ondas no cais.

E como ondas balbuciam entre vem e vai

Guturais ruídos traduzindo roucas emoções,

Sonhos,

Fantasias,

Desejos...

E finalmente,

As palavras certas rolam pela fresta dos lábios

E se consagram no sabor de um beijo...

       Te amo!... Te amo!... Te amo!!!...


                    

Irene Cristina dos Santos Costa - Nina Costa, 25/08/2012

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.