Blog 2 (PEAPAZ)

O doce, esforço dos animais.

 Tanto labor tem uma abelha

Captando o néctar de flor em flor…!

Como é admirável uma formiga,

Incansável, na labuta constante…!

Quantos exemplos de empreendimento,

Nos animais, que não descansam…!

Quem não tem pausas é o pastor,

Que num ano inteiro, com o seu gado

Percorre distâncias e trata do seu sustento.

Na renda, gasta-se uma velha,

Enquanto, “dá à língua” com a amiga.

A vida que passa num instante

Gasta-se na dor em que se cansam,

Porque a estima é outro fado:

Do lazer á indolência vai um passo

E porquê modificar o feitio de um madraço?

A formiga e a abelha são, invulgares

E o mel continuará adocicado…!

 

Joantago

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • OURO BABPEAPAZ

    Bonita homenagem às abelhas que estão para desaparecer do planeta segundo estatísticas dos movimentos ambientalistas.

  • Smile.gifHá vida nisso à qual me encontro aqui bela...velha está assim para uma máxima sentença...parabéns41.gif41.gif41.gif Fique bem!113.gif

This reply was deleted.