BRONZE BABPEAPAZ

NOVEMBRO!

3542068447?profile=original

 

NOVEMBRO

Novembro de mistério, nebuloso e plúmbeo

Tão misterioso e térreo se reveste Novembro

Atmosfera húmida algodoada de nevoeiros

Os sons nela se dispersam perdidos de rumos

Gotículas amontoam-se sábias em tudo

Quanto minúsculo de aconchego se faz.

Novembro de mistérios

Na terra castanha por vezes gelada com

Seu coração tépido, morno como leite…

Nela, sementes lançadas por mãos, patas ou de

Explosões invisíveis de mil plantas germinam

São sentimentos da Alma da Mãe Natura que

Calma e inexoravelmente conscientes criam raízes,

Cumprindo-se o eterno imutável ciclo Mater Vitae

 3542068707?profile=original

Novembro de recolhimento nestas paragens

Esmorecem as cores e despe a natureza seus mantos

Recolhe o Sol abate a vida exterior aumenta a interior!

 3542068707?profile=original

Quisera que os humanos nela vivendo recolhessem

Este sábio germinar de sentires e saberes

Que dominassem em seu peito raivas e rancores

Destruidores sem peias de respeito

Quisera que fossemos plantas

Que reagem à musica e à palavra, ao convivo dos seres

Então não escreveríamos… mas seriamos tão melhores……

3542068707?profile=original

Novembro … Explode a Vida noutros lugares!

Sabedoria dum planeta estimado

3542068707?profile=original

Chantal Fournet

1 Novembro 2017 


3542068740?profile=original

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Queridas Poetisas Márcia Portella e Laís Müller 

    Vossa presença e palavras lindas neste canto, como lhe chamou Marcia Portella, são para mim uma coroa que recebo com muita humildade pois tem varios erros de construção, como acabei de ver!! rsrs

    Agradeço-vos muito e vos abraço longamente agradecida!

    beijos de poesiaaaaaa

    Chantal Fournet

    3544087328?profile=original

  • PRATA BABPEAPAZ

    Canto belo que nos leva a refletir sobre a vida e ...sobre o viver....Te abraço

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Quisera que os humanos nela vivendo recolhessem

    Este sábio germinar de sentires e saberes

    Que dominassem em seu peito raivas e rancores

    Destruidores sem peias de respeito

    Quisera que fossemos plantas

    Que reagem à musica e à palavra, ao convivo dos seres

    Então não escreveríamos… mas seriamos tão melhores……

    Simmmm!!!!!

    Nada se pode colocar!!!!!

    Sorvo com lentidão a sabedoria!

    beijos

This reply was deleted.