Blog 2.0

Nos meus olhos de musgo

y1pZbUsaVphke_M1QtHO2caa2J8yimlwn5DiIh9NpYFLDe22yGN3hD5_z_D0mKRWKhYsFb7FXOpKwk

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Há nos meus olhos de musgo
um prado de verde esperança
um presépio de Natal

Toda a vez que eles choram
a terra já não ensopa
o amargo desse sal

Há neles um brilho imenso
enquanto no mundo houver
um ramo de oliveira
uma bandeira de paz
e homens de boa vontade

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Suave e encantadora sensação de paz!...

    Adorei!!! Bjs.

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Releio...

     

    3542730461?profile=original

  • Como só se vê bem com os olhos do coração, posso imaginar a doçura e a beleza, presentes nos seus olhos e coração, p/ enxergar toda a esperança q ainda existe, apesar de tudo, e embalá - la p/ presente nesse poema maravilhoso!!! Meus sinceros Parabéns!!!

    3542726298?profile=original 

  • UM PRADO DE VERDE ESPERANÇA,,ASSIM É NO CORAÇÃO DOS POETAS LINDO BJOS
  • PRATA BABPEAPAZ
    Belo poema de lirismo pleno que encanta. Beijos da Arlete.
  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Seus olhos refletem a beleza e doçura de sua poesia.

    Encantador poema Nanda. Associado a uma imagem bela e suave.

    Parabéns minha querida.

    Bjsss

  • Imagem muito bonita e serena!

    talvez, porque as lagrimas,

    já ensoparam todo o sal do mundo!!

    Ficou apenas a serenidade...

    Belo poema amiga, em tão pouco diz muito!!

    abraço, joaquina

     

  • DIAMANTE BABPEAPAZ
    Teu poema possui gosto e beleza de Natureza em Paz. Encantador, querida poeta! A imagem... nossa! Beijossssssssssss
  • Poetisa Maria Fernanda, como são bonitos esses olhos! Parabéns e abços.
This reply was deleted.