Blog 2 (PEAPAZ)

MEMORÁVEL

3542083470?profile=original

Se tiveres outras escolhas

As palavras irão sangrar

Dentro daquela página esquecida.

 

Se poderes abraça-me!

Porque nunca te descartarei

Espera por minha volta

Podias ter-me guardado

Dentro do colar que um dia usaste

Perto do peito onde nunca deveria ter saído!

 

Mantem-me em teu pensamento…

Enquanto eu estiver do outro lado do oceano

Sempre me lembrarei quando me beijavas

Debaixo daquele pinheiro resinento

Que deixava escorrer a sua ceiva.

 

Amar pode doer-me muitas vezes

Mas é a única coisa que sei!

Quando as palavras se tornam difíceis

Mesmo difíceis, vai-me mantendo vivo.

 

Nosso amor nasceu de um simples retrato  

Nós fizemos memórias para nós mesmo

Onde nossos olhos não se fechavam  

Nossos corações conservavam-se intactos

Mas o tempo está congelando para sempre

O que de mais belos existia em nós

Se poderes guarda-me no bolço

Do teu jeans rasgado, mas sem me perder!

Ficarei sempre perto de ti, até nossos olhos se encontrar

Assim nunca ficarás sozinha

Porque voltarei pelo mesmo caminho que um dia saí.

 

Amar pode curar!

Amar pode remendar as almas que sangram

Pela abertura de profundas Fissuras…

Mas amar é a única coisa que sei.

Tudo ficará mais fácil

Lembra-te disso em cada pedaço teu

Porque o amor é a única coisa que levamos

Quando morrermos.

Entretanto vou dançando no escuro,

Na esperança de ouvir o sussurrar da tua silenciosa voz

Dançarei e esperarei sem me cansar…!

 

Joaquim Moreira

2-05-2018

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.