MÃOS DO TRABALHADOR

 

Homenagem ao Trabalhador Rural 
 - Inspirado nas mãos do inesquecível Mestre Alcindo -
 
m%C3%A3os.jpg
 
MÃOS DO TRABALHADOR
 
Palma aberta com grandes traços
Enveredando por toda a mão,
Linhas que se confundem
Com trabalho e oração.

Dedos grossos e alongados
Tentáculos da ocupação
Se separados pela distância,
Curvam-se na força da união.

Mãos fortes, calejadas,
Em seus traços reveladores
Na extensão e profundidade
Expõem a labuta e a seriedade.

E no côncavo da palma da mão,
No aconchego da fé
Mãos postas em oração
Uma à outra se entrelaçam
A pedir proteção a São José.

E no âmago dessas mãos
Repousam com valentia
As sementes germinadoras
Do sustento de cada dia.
 
Vilma Piva
 
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Bela homenagem às mãos que "fazem" o mundo...

  • PRATA BABPEAPAZ

    Wilma,obrigada por poetisar mãos que lidam na terra... Belo!....bjus

  • Ah... Vilma querida... Que coisa linda!

    Você fez me lembrar de meu pai...

    Pois...

     

    Sou filho de agricultor

    Não nego para ninguém,

    Pois esse povo da roça

    É gente que eu quero bem!

     

    Esse povo que acorda

    Ainda de madrugada

    Quando o galo canta forte

    Anunciando a alvorada!

     

    Eita povo de valor!

    Que trabalha com amor

    N’escassez ou na bonança...

     

    No inverno abençoado

    Ou no solo ressecado...

    Nunca perde a esperança!

     

    Antonio Costta.

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Releio e mais te admiro, por tão nobre homenagem.

    Bjsssssssss

  • BRONZE BABPEAPAZ

     Linda homenagem!

    Vilma, pessoas assim fazem a diferença na vida... e marcam a história.

    Amei!!!

    Beijosssssssss

  • Arlete, querida, moro no interior e como você venho de uma familia de italianos, imigrantes que chegaram ao Brasil para trabalhar na lavoura. Ver e saber da  labuta do homem do campo nos deixa prontos prá reverenciá-los, homenagea-los do fundo do coração! Obrigada pelo carinhoso comentário. Beijos!

  • Mônica, querida, "Seu Alcindo", foi uma pessoa muito querida, um tabalhador e sábio cabloco que durante toda sua vida muito nos ensinou com seu exemplo de trabalho,  até os 93 anos, cuidando da terra com um sorriso no rosto!

    Quantos e quantos homens iguais a esse que lavram a terra merecem nossa humilde homenagem!

    Obrigada pelo carinhoso comentário ! Beijos!!

  • PRATA BABPEAPAZ

    Parabéns, Vilma!

    Lindo poema que identifica o trabalho pesado e honrado que muito conheci nos meus avós e tios paternos que vieram como imigrantes italianos. Emociona. Beijos, Arlete.3542823303?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Inspiração essa que deu origem a esse magnifico poema. Uma homenagem bem merecida, para esses trabalhadores que se doam à terra, permitindo nossa fartura à mesa.

    Parabéns Vilma.

    Bjsss

This reply was deleted.