Posts destacados (1647)

Natal

Natal

 

fosse Dezembro Junho Setembro o Sol

Janeiro Julho Fevereiro a Esperança

Março Abril Maio a Flor

e assim o ano inteiro

num renascer perfeito

 

a Vida acordaria

dos destroços da guerra

das casas saudosas vazias de homens

dos lares inquietos pelos filhos q

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

VALOR ESSENCIAL - Essência e Títulos

Na escala de valores morais e éticos, de que serviriam os títulos, se, por eles, não houvessem causas que burilam a alma, levam ao incentivo, à expansão do bem e belo e ao sentimento de respeito por si próprio e pelo outro, com objetivo essencial de

Saiba mais…

Feliz Natal 2016

Feliz Natal 2016                               

 

 3542033555?profile=original

 

Senhor,          

Eis-me aqui novamente neste Natal.         

 

O Universo comemora

Esta luz da Eterna Aurora

Que veio mostrar ao mundo

Que a paz, do amor profundo

 

Está no coração da gente,

Em

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

DANDARA... QUEM FOI? QUE É?

São guerreiras que pulsam em mim,

sou eu, caçadora incessante,

é a voz veloz dos relâmpagos,

faíscas de raios,

e calor de sol,

persistência de fênix,

chuva de desejos... 

É o grito rouco da garganta se afinando,

perpetuando mantras, reforçando a crença,

ecos

Saiba mais…

Poema a Vicente Aleixandre

 

 

  

 

POEMA A VICENTE ALEIXANDRE por José Santiago 

3542031450?profile=original

Poeta español generación 27

Académico de la RAE desde 1947

Premio novel 1977

Sevilla 1898 * Madrid 1984

*

*

 

(…Sola)

 

 

Dolor sangre

 …sola

Vena en vena

…sola

 

Redes

agitan al verbo

La palab

Saiba mais…

Yuxtaposiciones

3542030755?profile=originalGracias he de dar a Javier por su visión de luna y Marly por ser proclive a compartir. Algo vi y allí te digo, se confabulan las sombras pero amén, dan luz al día.

 

Incisiones en la palabra

y en los dedos pincel que dibuja

el fotógrafo el flash empu

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Não raro, a poesia toma um ar cinzento, na verdade, captação do ser sensível que há dentro de nós. Poeta é quem sente e escreve sentimentos, a poesia está aí hoje, assim, acabrunhada, e amanhã ela escreve sol de alma lavada...

Há quem diga que poeta v

Saiba mais…

Era uma Vez

OgAAAFkOPSzUdvz0SGq37h_OilYX6NrnPT8BcNRZ5d_t3VNPAdk1cijFyu53zqlMWR8INSbQhsJfAsSPjRn892chzckAm1T1UK9W5gDMXqjgRFAUaOeXLFqQZPUb.jpg

Era uma vez

 

Era uma vez em um rio

a atração dos contrários

e duas almas cheias de vazios.

 

Sublimavam-se santuários

de corais e cascatas

desguarneciam seus corações.

 

Apenas um olhar bastava

neste extravasar de almas

que se encontraram

na silenciosa madrugada

Saiba mais…

Sentimento da Chuva

aberto%2Bchuva.jpg

Sentimento da chuva

 

Seu menor sentido

era o de simplesmente sentir

pois assim eram as chuvas

de intensas nuvens escuras

que caiam sobre a secura

desta terra dura.

 

Não apenas caiam

desesturricando a terra seca

também gemiam

e se espalhavam pelo chão

e traçando

Saiba mais…

Sin lugar dudas

Si no estoy ante ti

en algún lado

en la puesta del sol

en la amalgama del alba

quizás en la flor que reclama

quizás en tibio aroma de playa

 

si no es allí, aquí estaba

cuando tus ojos oteaban, me buscaban

revoleteaba en mi oreja, rumoreaba

la bendita mosca su

Saiba mais…

Fascínio

3542029673?profile=original

Fascínio 

Eu vi o aço
a lamina certeira, extensão do teu braço
da tua mão,
nesta terra estranha
entre
as tantas trincheiras da tua emoção.
E
busquei tuas bandeiras
e retratos e atos, nestas mesmas fileiras
em teu coração.
E
nos teus poemas abstratos, de fontes

Saiba mais…