Lira dos Namorados

Soaroir - 2009

(reedição)

I

427468.jpg?width=300

O tempo chegará
quando você com semblante terno
e o corpo já meio cambaleante
ao ritmo de um sentido/mento estranho
embalará a aurora farejante, confinada,

que volta do ontem

e bate à sua porta,
pedindo para namorar,

você esse ser experimentado
e tão pouco namorado.

Convide-a para entrar
sirva-lhe um chá
inicie um outro novo passado
adoçado com o presente.
Se, e quando chegar a sua aurora,
num outro dia dos namorados,
não se amofine
pode vir me procurar ...


© Soaroir

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.