Blog 2.0

Irmãos de Alma

3541896313?profile=original

Não somos extensões de carne

Nem sangue que se renova e parte.

Somos como a água e o leito,

Como as ondas e a praia,

Como o céu e as nuvens.

 

Irmãos de sangue a morte abraça,

Beija e leva para bem longe...

E o tempo carrega esquecendo,

Indiferente, todos os laços feitos

Seja hoje, amanhã ou ontem.

 

Os irmãos de alma são eternos

Como as estrelas das noites,

Como os amores das luas...

Como o sol amando as manhãs.

Eles são diamantes celestes!

CLÁUDIO AVELINO DA COSTA. O POETA DOS SENTIMENTOS.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.