Blog 2 (PEAPAZ)

INTEIRA VOLTAREI

3542086910?profile=original

Recomeçar...

De Té

Encerrada a porta. Abri a janela.

E em mim, entrou a primavera.

Estava  presa  amordaçada.

Presa à invernia, alma dilacerada.

De porta fechada  vi o sol que raiou.

e logo entrou, pela fresta aberta

Meus pensamentos, aprisionados,

Nada serviam, nem me ajudavam.

Rasguei as nuvens, me toldavam,

Agasalhei-me, tapei os cortes da alma

Desbastada de mim pouco restou

Sabendo como sou.juntei à tristeza a alegria

Porque das primaveras tomei adestramento

E quando ela voltou.me encontrou

tal como estou inovada e inteira

De alma lavada.

De Té

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Muito me honra querida poeta Neuza de Brito  Carneiro muito obrigada  bjo

  • Belo poema, Té. Parabéns!

  • Muito obrigada Lucia Guedes concordo com sua opinião o recomeço em qualquer sentimento frustrado é uma optima terapia 

  • Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa ontem

    Alma lavada, alma protegida de insidiosas,e perfidas doenças que matam lentamente atitudes que destroem por vezes vindas de quem menos se espera que tem a ferida dentro dela e mais fácil a derruba . obrigada amigos Margarida , Elias.

    perdoem o erro de digitação no comentário resposta  aonde diz gurida está errada, é ferida, . obrigada pela compreensão.

    Página de Etelvina Gonçalves da Costa
    Página de Etelvina Gonçalves da Costa no Poetas e Escritores do Amor e da Paz
  • Os sentimentos são como as estações, de eternos recomeços...Lindo Té

    3544165232?profile=original

  • Alma lavada, alma protegida de insidiosas,e perfidas doenças que matam lentamente atitudes que destroem por vezes vindas de quem menos se espera que tem a gurida dentro dela e mais fácil a derruba . obrigada amigos Margarida , Elias.

  • BRONZE BABPEAPAZ

    3544165215?profile=original

  • OURO BABPEAPAZ

    Belíssimo Té. Precisamos lavar a alma de vez em sempre.

This reply was deleted.