Blog 2 (PEAPAZ)

Insone solidão

Noites  de  insone  solidão
A esperar–te   palavras
Cortante  felina , um felino a despertar-me o  cio
A despejar-me na penumbra das velas
Tua vela  a sangrar-me  prazeres
Assinando  nas marcas  de agulhas  e sangue
As agruras  da  espera
Notas  de um choro no sax  que  corta mares e luares
Na cama  vazia  que tem marcas  de  gozos solitário
E  gritos na  espera , esfera esperançada e traçada  pelo sonhos
de uma palavra sussurrada  da  boca macia  e bela
E é chegada  a  hora  da  felicidade...

Kristall
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.