DIAMANTE BABPEAPAZ

Inquietude no caminhar das paixões [Soneto heptassílabo]

3541737350?profile=original

3541737486?profile=original

Inquietude no caminhar das paixões

 3541737486?profile=original

Poeta, anseias dorido,
o grito da minha vida,
o beijo e cada gemido,
nas valas dessa avenida.
 3541737486?profile=original
Poeta, anseias ferido,
o som do pranto à saída,
o corpo belo e querido,
deleite quente e eu perdida.
 3541737486?profile=original
No caminhar das paixões,
- poeta, anseias que eu brade -
a ferro em fogo e ilusões.
 3541737486?profile=original
Canto e corusco ao encanto,
- paixão nativa em saudade -
sucumbo ao mar desencanto!
 3541737486?profile=original

Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 24 de setembro de 2009 – 23h19
Reeditado em 26 de outubro de 2012 – 4h56

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Poeta,teu grito dorido;teu pranto;teu deleite;

    teu riso no caminhar das paixões;queremos

    como alento aos nossos sonhos e paixões

    vãs...Meus aplausos;bjssss.

  • Olá Sílvia,

     

    Belíssimo soneto, a estrada da paixão é repleta de belezas e prazeres, mas também desencanto, desilusões. Gostei da imagem também.

     

    Um abraço.

     

     

This reply was deleted.