Blog 2.0

PRATA BABPEAPAZ

Horas Serenas.

 

 mudar.

 Os filhos já não têm pelos pais aquela atitude de antes. Parece que agora só os ouvem para fazer críticas, reclamar, apontar falhas.

 Já não brilha mais nos olhos deles aquela admiração da infância e isso é uma dor imensa para os pais.

 Por mais que disfarcem, todo pai e mãe percebe as mínimas faíscas no olho de um filho.

 É quando pais idosos, dizem para si mesmos: Que fiz eu? Por que o encanto acabou? Por que meu filho já não me tem como seu herói particular?

 Apenas passaram-se alguns anos e parece que foram esquecidos os cuidados e a sabedoria que antes era referência para tudo na vida.

 Aos poucos, a atitude dos filhos se torna cada vez mas impertinente. Praticamente não ouvem mais os conselhos.

 A cada dia demonstram mais impaciência. Acham que os pais têm opiniões superadas, antigas.

 Pior é quando implicam com as manias, os hábitos antigos, as velhas músicas. E tentam fazer os velhos pais se adaptarem aos novos tempos, aos novos costumes.

 Quanto mais envelhecem os pais, mais os filhos assumem o controle. Quando eles estão bem idosos, já não decidem o que querem fazer ou o que desejam comer e beber. Raramente são ouvidos quando tentam fazer algo diferente.

 Passeios, comida, roupas, médicos - tudo passa a ser decidido pelos filhos.

 E, no entanto, os pais estão apenas idosos. Mas continuam em plena posse da mente. Por que então desrespeitá-los? Por que tratá-los como se fossem inúteis ou crianças sem discernimento?

 Sim, é o que a maioria dos filhos faz. Dá ordens aos pais, trata-os como se não tivessem opinião ou capacidade de decisão. E, no entanto, no fundo daqueles olhos cercados de rugas, há tanto amor. Naquelas mãos trêmulas, há sempre um gesto que abençoa, acaricia.

 * * *

 A cada dia que nasce, lembre-se, está mais perto o dia da separação. Um dia, o velho pai já não estará aqui.

 O cheiro familiar da mãe estará ausente. As roupas favoritas para sempre dobradas sobre a cama, os chinelos em um canto qualquer da casa.

 Então, valorize o tempo de agora com os pais idosos. Paciência com eles quando se recusam a tomar os remédios, quando falam interminavelmente sobre doenças, quando se queixam de tudo.

 

Abrace-os apenas, enxugue as lágrimas deles, ouça as histórias (mesmo que sejam repetidas) e dê-lhes atenção, afeto...

 

Acredite: dentro daquele velho coração brotarão todas as flores da esperança e da alegria.

 

Redação do Momento Espírita.

 

   Autor: Momento Espírita

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • PRATA BABPEAPAZ

    Queridos amigos.

    Agradeço os seus comentários, belos e suaves.

    Beijosssssss.

  • PRATA BABPEAPAZ

    Querida escritora Chantal.

    Este texto, do Movimento Espírita, tem algumas preciosidades. Como muitos não os lêem  e são valiosos para todos,passei este para cá. Vale para ótimas reflexões.Beijos, querida.   Arlete

  • PRATA BABPEAPAZ

    Antonio.

    Concordo com o teu sensato comentário. Gostei muito. Abraço, Arlete.

  • PRATA BABPEAPAZ

    Amigo Paolo

    Este texto é do Movimento Espirita. Lindo.  Vem bem ao encontro o teu comentário. Completou. A época patriarcal devia ser muito boa porque todos moravam na mesma casa. Ou  não? Que barulheira e confusão!!!rsrsrsrs As sociedades vão evoluindo e há coisas que mudam para melhor, para a adaptação. Já há mudanças para analisarmos.   Abraços.

  • Verdadeiro, reflexivo e profundo, este texto espelha uma realidade que culturalmente se estabeleceu - poucas são as exceções ! - na sociedade. Muito oportuna sua publicação para que possamos refletir e tentar mudar este tratamento que, com o aumento da perspectiva de vida global, atingirá os atuais "algozes" mais cedo ou mais tarde. Parabéns à mestra Arlete por nos proporcionar esta oportunidade ! Bjs do amigo Paolo. 

  • OURO BABPEAPAZ

    Concordo com o prefácio: "... posta um texto maravilhoso..."

    Um artigo emocionante. Eu leio frequentemente os textos do Momento Espírita.

    Belíssimo Poetisa Arlete. Uma inspiração ímpar.

    PARABÉNS!

  • Estimada Poetisa Arlete.

    Agradecemos o compartilhamento deste texto que nos traz a reflexão sobre o avanço do tempo e chegada da idade avançada dos Pais.

    Um  segredo é  " Conceder muitos Sins as sugestões ou solicitações de nossos Pais idosos de modo a torna-los importantes e participantes dos processos. Claro, que diremos alguns Nãos, mas antes, teremos dito muitos Sins.

    Parabéns

  • BRONZE BABPEAPAZ

    3544150054?profile=original

    Querida Escritora

    Grata por este momento!

    Beijos de poesiaaaaaaaa

    Chantal Fournet

This reply was deleted.