Blog 2.0

HISTÓRIA DE UM LOBO MAU

Você é cadela da cidade

Chique de verdade

Um belo pedigree

Bem diferente daqui

 

Eu sou lobo do mato

Selvagem de fato

Vira lata vagabundo

Filho do mundo

 

Você brinca sob o sol dourado

Sorriso iluminado

Ração importada

Casinha pintada

 

Eu caço a minha presa

Alma acesa

Faço minhas teias

A lua corre em minhas veias

 

Toma banho só no Pet

Põe fitinha no topete

Almofada para o sono

Mas você tem dono

 

Eu sou filho do vento

Meu uivo é um lamento

Vou pra onde relampeja e neva

Vou onde a música me leva

 

Você é uma cadela incrível

Mas nosso amor é impossível

Sou do bem... Sou muito legal

Mas serei sempre o Lobo Mau

 

AUUUUUUUUUUUUUUUUUU

 

SIGMAR MONTEMOR

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.