Blog 2.0

Harpia

3541988225?profile=originalAndei sonhando mais do que eu devia,

e agora estou aqui – asas quebradas –

sem ter comigo as prendas tão sonhadas,

repleta de vazios.  Pobre harpia

 

que planou alto, asas envergadas,

buscando o resplendor da serrania,

os cumes, onde reina a calmaria,

olhar de lince, unhas aguçadas.

 

Sonhar, voar planando nas alturas

para tombar no chão das desventuras

sem alcançar os tão sonhados cumes. 

 

Mas como não sonhar, planar nos céus?

Como viver incréu entre os incréus?

Ficam nos ninhos pássaros implumes.

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.