Blog 2.0

ETERNO RETORNO

DEDICADO A MARCIAL SALAVERRY

São mais vinte e quatro horas
e a eternidade circular
se repete sobre tuas formas
mutantes e fugidias.
Tua primeira hora
não sabe a última,
embora a contenha.

És nota incorporada
ao canto perene da ilusão,
sonilho que se desfaz
ao martelar monótono dos segundos.


E como parte dessa melodia,
desse raio de luz,
desse extrato de vida absorvidos
e que tomas aos irmãos temporários,
encadeias-te como elo
em que és sucedâneo e antecedente.

Onda que não se esgota na areia,
aurora que sempre brota do mar,
chegadas e partidas,
alegrias e dores repetidas.
Pesares que desabam na alma,
pequenas rupturas
que não interrompem
o eterno retorno.

E essa corrente,
essa teia a rebrilhar
se alonga ao cosmos
ao ritmo em que
pulsam as estrelas.
E parado no tempo,
sem pestanejar,
um olho magno a decifrar
este eterno movimento.

GONÇALVES, N. C; PEAPAZ, 08/01/2013

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Amigo Nilson, o Marcial é um grande amigo de todos, um coração generoso demais. Abraços carinhosos aos dois.

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Nosso querido Marcial merece todo carinho.

    E esse então... Ficou estupendo!

    Parabéns aos poetas.

    Bjssss

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    3542906880?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Encantador e sábio poema! Que beleza!

    Homenagem merecida.

    Beijosssssssssssssssssss

  • Que belo retorno! Parabéns poeta, tenho certeza de que sua alma está como a aurora.Abraços poéticos.

  • PRATA BABPEAPAZ

    Lindo poeta,como é bom ter você de volta com seus versos explodindo em beleza e sentimento...Homenagem merecida ao sábio e querido poeta que todos  admiramos...Encantada!...bjus

     

This reply was deleted.