Blog 2 (PEAPAZ)

DIAMANTE BABPEAPAZ

És meu... // Vinho - [Jaime Valente e Sílvia Mota]



És meu... // Vinho
É vasta a vinha... Rubro, Louco o vinho Entontece Se me avizinho À graça cristalina Da taça... Na aflita boca Plana a alma pluma E paira a tilintar Sobre a crista da onda espuma... Invade a garganta, A alma ruma sem norte, Perde-se no céu da boca E sem destino busca na solitude do prazer Outro trago de vinho forte.

Sílvia Mota e Jaime Valente Poetas e Escritores do Amor e da Paz Porto, 14 de outubro de 2010. Rio de Janeiro, 24 de outubro de 2010 – 4h18.
Fundo musical: Nem as paredes confesso. Amália Rodrigues.
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Inesperadamente.... Amália Rodrigues. Uffff
    Invade a garganta... invade o sangue... invade a alma
    muito bom. Parabéns
  • Essa troca de taças de vinho poéticas resultou em algo sensual e leve ao mesmo tempo, tão prazeroso quanto a bebida dileta de baco...parabéns!
    Clevane
  • Audiovisual perfeitamente integrado ao espírito da poesia:
    um show, adorei!
    Bjss.
  • DIAMANTE BABPEAPAZ
    Suavidade em cada "gole".Os poetas souberam bem destilar esse poema.
    Parabéns ao duo.
    Bjsss
This reply was deleted.