Blog 2.0

Equívoco

Vê como penso:

Ontem, perdeste-me. Nem sabes quando ou porquê.

Ainda assim, amei-te num amor magoado

que o tempo marcou mais na alma do que no rosto,

[como um fogo que não morre e que não pode ser apagado].

Na tua ausência, afastei as melodias que nos tocaram,

condenando as suas letras ao degredo

[Os sentidos privei do que pudesse potenciar a memória.

Ás palavras acedo apenas em silêncio e em segredo].

Fugi de mim como se pudesse esquecer o desejo ardente sob o qual tremi

Concentrei-me no momento em descobri toda a trama:

Ardil. Traição. Enredo que roubou mais que a inocência...

A verdade que absorvi como veneno: não te ama, não te ama...

Ser feliz...  O meu corpo como cálice que levaste aos lábios...

Um altar de carne e cetim erguido entre paredes brancas,

Desejos que se transformaram em loucura e fatalidade,

levaram à morte do arrepio e do suspiro, no movimento das ancas.

Não... É tarde e de tão tardia hora, o meu peito não contém a dúvida:

Ainda que não acreditando numa felicidade que tarda...

Por que razão, te equaciono hoje, se ontem me perdeste?

IMG_2992.jpg

                            Parceiro no meu blog: Fotografia de Fábio Martins 

 

Inspirado no poema Renascer, de Geraldo Coelho Zacarias, autor em PEAPAZ

Publicado no meu blog principal

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Caríssimos, as vossas palavras me enchem o peito. Grata pelo carinho,

    Sílvia, uma vez mais, grata pelo incentivo e todo o apoio.

    José Lopes Cabral, falei com o Fábio e ele autoriza o uso da foto desde que coloque o link para a página dele. Se ofereceu também para divulgar o seus escritos, associados à foto dele. Vou enviar uma mensagem com o link. 

    Um grande abraço a todas e a todos,

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Deslumbrantes versos, que levantam véus sem desvelar

    aqui....o INTENSO! a ARTE! o SUBTIL!

    .....wooww

    Sem Equívoco....

    É OURO!!!!

    3543265205?profile=original

  • “Equivoco”
    Uma poesia onde a sensibilidade poética e romântica
    Estão numa constante entranhadas em suas estrofes.
    Finalizado a bela foto de Fábio Martins.
    Meus aplausos a ambos.

    Peço permissão para o uso da foto, em um poema
    Que tenho.
    Fico grato.

  • Uma linda composição de imagens múltiplas sobre um tema que mexe com sentimentos particulares, universais e profundos. Bravoooo !

  • corac3a7c3a3o-pulsante1.jpg?width=190

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    O poema, como um todo é rico de imagens poéticas,

    mas  nessa estrofe excedeste em beleza e sentimento:

    "Ser feliz...  O meu corpo como cálice que levaste aos lábios...

    Um altar de carne e cetim erguido entre paredes brancas,

    Desejos que se transformaram em loucura e fatalidade,

    levaram à morte do arrepio e do suspiro, no movimento das ancas."

    Uauuuuuuu!!!

    PARABÉNS!

    3543264019?profile=original

    Beijossssssss

  • Geraldo, que bom que você gostou! Fico muito feliz pela partilha. Me leve para outras paragens, assim como levarei você comigo. Saudações poéticas, grata pela inspiração,

  • "Ainda que não acreditando numa felicidade que tarda...

    Por que razão, te equaciono hoje, se ontem me perdeste?"

    -------------------------------------------------------

    Cara poetisa, muito me encantaram cada palavra; cada verso e também a forma como conduziste o tema-resposta; que apesar de repleto de mágoas e realidade; transformaste em uma bela obra literária...

    Muito obrigado e parabéns; beijos.

    PS:

    Espero por novas parcerias; OK?

    E também peço permissão para publicações em outros sites

    dos quais participo. Beijos.

This reply was deleted.