DIAMANTE BABPEAPAZ

ENVELHECER

ENVELHECER

Não temo o tempo que venha me cobrar
Seus dias, seu tempo... Tentando me dizer
hora e chegada do tempo se acabar
Ou, talvez nada, somente envelhecer.
###
Se permitir eu quero viver o tempo,
e me assumir quando na idade chegar
Talvez quem sabe, esquecer o que nem lembro
E então me cale faltando o que falar.
###
Que mal existe se lento eu caminhar?
E se persiste quero poder sentar
No meu sem jeito, quando estiver cansada
###
Vinda dum beijo, a força que eu precisar
Fará sentir na minha pele engelhada
Todo o despir do viço, a me reciclar.
Mônica Pamplona.
Belém-Pa.
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Boa Participação

    Bom dia poetisa amada!

    Lindos e inspirados versos que traduzem tão bem essa face pouco compreendida de nossa vida.

    abração com carinhoSmile.gif

  • Belo...querida Mônica!

    Belíssimo!!!

    Um poema reflexivo,

    muito reflexivo!!!

    Todas as etapas da vida são flores...

    Todas devem ser vivenciadas com esplendor.

    Parabéns por esta obra prima!

    Beijos

    3543369609?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Sempre a nos presentear com seu rico trabalho, Safira querida.

    Ficou linda a formatação. Encantada.

    Muito obrigada.

    Minha amiga, Wal.

    Meu coração sente o seu afago carinhoso.

    Abraço em vocês.

  • PRATA BABPEAPAZ

    Teu coração só podia produzir uma assim ...

    Parabéns !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Bjs  Wau

    3543369384?profile=original

  • 3543369070?profile=original

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Querida Mil. Nem sei se sou mesmo merecedora, mas adorooooo quando destaca algum de meus trabalhos. Fico imensamente lisonjeada. Obrigada por todo teu carinho.

    Amigo Paolo. Seus aplausos, só me incentivam a seguir em frente. Agradeço sua presença e palavras.

    Sempre tão bom tê-la por perto, Vera querida. Grata, pelo carinho de sua visita e de sua palavras.

    Abraço vocês.

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Mauro, querido amigo.

    Honrada, por meus meros versos o lembrarem de seu pai.

    De certo, deve ter sido um homem e tanto.

    Sempre agradecendo o carinho, a mim dispensado.

    Grande abraço.

  • Um versejar de sabedoria profunda minha amiga, de uma alma que está pronta para vivenciar cada ciclo em plenitude, aplausos, beijokas em teu coração

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Aplausos ! Belíssima, profunda, leve e definitiva... Vai para o arquivo "das melhores".  Sensacional ! Bjs.

  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Mônica Pamplona.

    Belíssimos versos, belíssima obra querida Mônica,

    que importa o tempo se tivermos uma velhice em paz... Um grande beijo, MIL

    3543367335?profile=original

This reply was deleted.