Blog 2 (PEAPAZ)

Confesso que....

pagina_em_branco.JPG

Confesso que...Confesso, tem dias que a inspiração se ausenta de mim. A exemplo disso fiz uma viagem e ela viajou também, mas para outro canto que não acesso.Um canto meio vazio. Um canto onde sobram espaços, lacunas, vagos. Um lugar de ar misterioso onde se ausentam as palavras.E como fico meio a isso tudo?Como fica a vontade inexplicável de produzir?Uma ânsia, uma angústia, certo desamparo e alguma tristeza.É que me suporto nas palavras, nas letras que faíscam de mim, e que me socorrem na escuridão.Confesso que, quando pensei no tema e o propus queria outras confissões que não essa.Mas nem sempre confessamos o que queremos, nem sempre o que é desejado é oportuno.E hoje confesso, sem muitas palavras, poucas e ainda vagas, desconexas e mal construídas, que não sou eu inteira, sou eu em pedaços, fragmentada e mais cinza.Eu, sem algum sal ou doce,Eu, sem cor rubra na face,Sem tons e sem sons.Por isso confesso, ando com uma vontade imensa, incontrolável de gastar dedos e canetas, papéis reais e virtuais, e escrever e escrever, escrever, escrever...*****Este texto faz parte do Exercício Criativo - Eu ConfessoSaiba mais, conheça os outros textos:http://encantodasletras.50webs.com/euconfesso.htm
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • É assim mesmo, essa tal inspiração que não sabemos de onde ela vem, nem pra onde vai. Parabéns pelo texto.
This reply was deleted.