Blog 2.0

Bramidos...

3542061900?profile=original

Bramidos...
O que sinto hoje, são os bramidos.
Bramidos da minh`alma são sufocados
Pelo imenso amor que em nós transborda
E pela beleza que o nosso amor nos dará.

Sem pressa, sem vontade de acabar,
Deixando as palavras em nosso olhar.
Bordo delicadamente fios de ouro em nosso luar
Para que as estrelas brilhem em nosso amar.

Sem ti sou eco morto em vales vazios,
Sou letra morta, molhada de pranto,
Sou versos a voar sem vida pelos cantos,
Sou rima ao vento sem encanto.
Sandra Galante.

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

This reply was deleted.