Blog 2 (PEAPAZ)

ATRÁS DO AMOR

Se Deus não quis nos ter no mesmo tetoAlgo melhor pra nós nos reservouComo estás e também como eu estouTalvez que seja o destino corretoSe foi a vida que nos separouE se não tenho mais o teu afetoMesmo que eu queira ser teu prediletoSe não consigo é só porque não souEntão eu sigo, busco outro destinoPra esquecer meu sonho de meninoCicatrizando a dor e a feridaProcurarei quem me faça felizJá que contigo o destino não quisEu vou atrás do amor da minha vida.Ismael GaiãoRecife, 31 de maio de 2009
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Obrigado Rebeca. É muito prazeroso saber a uma poesia de nossa autoria faz alguém se identificar nela. Eu estava lendo algumas poesias no Recanto das Letras (blog) e, ao encontrar o poema "Sob o mesmo céu", da poetisa Lilu, de Pelostas - RS, resolvi responder a ela como se eu fosse a pessoa a quem ela dirigiu sua poesia. Beijos, e, obrigado pela visita.
  • Obrigado Silvia. É muito bom receber elogios a um trabalho que fazemos. Fiz este soneto após ler o soneto “Sob o mesmo céu”, da poetisa Lilu, de Pelotas - RS, no blog Recanto das Letras.
  • Obrigado, Abraxus.
    Lendo o soneto “Sob o mesmo céu”, da poetisa Lilu, de Pelotas - RS, no blog Recanto das Letras, tive a ideia de fazer um soneto respondendo ao dela. E assim, em poucos instantes, escrevi meu novo soneto “Atrás do amor”.
  • Muito Bom!
    Explendido!

    Encontro-me em muito verso, em muita estrofe de teu poema já nos meus poucos e conquistados anos de vida.

    Bonito e gostoso demais de se ler.
    Parabéns,

    abraços,

  • DIAMANTE BABPEAPAZ
    Que poema gostoso de se ler! Ritmo e leveza, numa história de busca ao amor! Parabéns! Beijossssssssssss
This reply was deleted.