Blog 2.0

Ainda que seja infinito

Sim, uma vez amado, o amor perdura no infinito,

ainda que acabe e entre nós, acabou.

Não há porta aberta ou entreaberta

que o desengano bateu e a mágoa fechou.

 

Verdade: o céu era pouco para o que eu sentia

Não precisa evocar, não o esqueci…

… Esse fogo que em mim ardia…

[Que eu tanto… sempre… Céus! Eu queria…]

 

Sim, o teu veneno, esse orgulho de predador

Devorar o que era ainda inocente

Jogar, como se não te importasses,

Crês que esqueci? Que estou demente?

 

As bocas que beijastes, eu limpei ao olhar no teu rosto

As camas onde te deitastes, até tu esqueceste…

Chamaste-me de embriaguez carnal, fome dos sentidos

E foi real e foi intenso, e eu perdi e tu perdeste…

 

Tu me querias… Verdade, tu me tiveste…

Tivesse sido nosso segredo

Preferiste que fosse história de jogador

Trunfo ou troféu, jogo sem glória.

 

Não, não te concedo e nem concebo

Não me fales de amor!

Era nosso e… acabou…

[Ainda que seja infinito]

131498702856.jpg

                                                            Imagem de autor desconhecido 

Inspirado no poema "Vê como penso", de Geraldo Coelho Zacarias, publicado na PEAPAZ 

 

Publicado no meu blog principal.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Grata pelo seu carinho e incentivo , Marcia Portella. Beijinhos 

  • PRATA BABPEAPAZ

    Forte,preciso,sublime...Abraço

  • Olá, Maria das Graças Araújo Campos! O Geraldo é um poeta maravilhoso que tem o condão de inspirar quem o lê. Tudo começou com o poema "Renascer" do Geraldo que inspirou o meu "Equívoco", a partir dos quais se gerou esta interacção/provocação poética. É muito estimulante e uma alegria poder participar dinamicamente no processo criativo de outro alguém.

    Partilho, por ordem cronológica, os restantes textos: "Vê como penso" de Geraldo; "Ainda que seja infinito"; "Ainda é infinito" de Geraldo e por ora "Além da confissão".

    Geraldo, de alma para alma, agradeço por estes momentos ricos em inspiração. Uma alegria imensa nesta partilha. Um grande abraço,

  • PRATA BABPEAPAZ

    3543269065?profile=original

    Um dueto? Que lindo! Parabéns! Bjssssssss

  • Conheces bem os mistérios do mais sublime sentimento; que tua alma poética, a minha toca, neste teu jeito de traduzir as palavras AMAR e SOFRER!...

      De alma, para alma: grato pela interação...Amei; parabéns e  beijos fraternos.

This reply was deleted.