BRONZE BABPEAPAZ

ACABOU

3542035461?profile=original

Morre meu canto num campo de guerra.
Apagam-se esperanças em nossas bandeiras.
Enterram-se restos da última quimera.
Restam viúvas das ideologias derradeiras.

Proletários e burgueses perdem-se na história.
Soçobram lembranças, referências, memórias,
na contundência da nova ordem econômica
que instaura a realidade virtual,
                                     / tangente, isonômica.

Outrora sonho, a igualdade,
finalmente chega sem avisar:
- Somos todos iguais tão somente,
nas Redes Sociais que cortam o ar...

Frio, fome, sede, 
é nos dado apreciar; 
Voz livre, sem censuras ou paredes,
curtir, compartilhar, comprar.

Desigualdades outrora latentes,
expõem-se... É só clicar.
Realidades se fazem presentes,
instantâneas, em qualquer lugar.

Lutas, antes de classe,
resolveram se generalizar.
Assumirem-se globalizadas,
indistintas no martirizar.

Tudo exposto concomitantemente,
como mísseis a espocar,
na cabeça dos adolescentes
ou de quem quiser participar.

Ideólogos, críticos, leigos,
junto e misturado,
convivem sem pejos
neste novo Eldorado.

Agora, ao fim e ao cabo,
todos estamos conectados,
perplexos, atolados,
nestes virtuais anfiteatros.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Críspulo Cortés Cortés: Sua assídua presença em minhas publicações motiva meus sinceros agradecimentos e demonstração de apreço. Um grande abraço do Paolo.

  • BRONZE BABPEAPAZ

    REGINA DA CONCEIÇAO MADEIRA GODA: Minha admiração e amizade por você fazem com que eu fique super alegre e agradecido quando aqui comparece com comentários tão generosos. Muito obrigado. Um beijo doce para amiga. Paolo.

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Dione Fonseca de Barros : Sua presença e comentários sempre doces, me estimulam e encantam. Obrigado. Bjs do Paolo.

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Boa tarde, meu grande amigo Paolo, em palavras vejo um sentimento que venho guardando há muito tempo, mas não tenho coragem para expressar. E fico triste porque sou a rainha do otimismo, até mesmo nos poemas. Mas ultimamente escrever poemas como??? com esse sentimento de finitude total. Belas e reflexivas letras. Abraços carinhosos.Flores para a paz.3543929649?profile=original

  • BRONZE BABPEAPAZ

    Triste realidade em versos   expostos  . Realidade que vivemos. 

    Saudações amigo poeta3543929828?profile=original

This reply was deleted.