Blog 2.0

A Cobra Rainha

3541668316?profile=original
A Cobra Rainha
Jorge Linhaça
 
Lá na mata das serpentes
No recanto dos ofídeos
Andava eu displicente
Tentando gravar uns vídeos
 
Foi quando me deparei
-Veja que surpresa a minha-
Vinda de onde não sei
C'oa branca cobra rainha
 
Confesso que estremeci
Ao ver o réptil tão belo
Queria fugir dali
Arrepiaram-me os pelos
 
Mas a cobra era de paz
Ficou quietinha enrolada
Eu dei um passo pra trás
Espiando a estrada
 
Com os seus olhos vermelhos
A cobra assim me falou
-Vou te dar hoje um conselho
Um conselho hoje te dou
 
Não temas a natureza
Pois ela só te quer bem
Disso podes ter certeza
Pois o mal não nos convém
 
Não destruas nosso lar
E deixe-nos cá viver
Cada um no seu lugar
E o seu jeito de ser
 
Por que é que o ser humano
Quer a tudo destruir?
Dos mares ao altiplano
Na ânsia de consumir
 
Não soube o que responder
Pois ela tinha razão
Pra ter dinheiro e poder
Devasta-se uma nação
 
Sábios são os animais
Que a natureza respeitam
Enquanto homens bossais
Com a morte se enfeitam
 
Eu chego a ter vergonha
Desta tal humanidade
Cheia de ódio e peçonha
E escrava da vaidade
 
Que bem podemos tirar
Com tanta destruição
Sujando a água e o ar
Apenas por ambição?
 
E quando a natureza
Já cansada de sofrer
Reage à nossa vileza
Fingimos não entender
 
Ficamos tão assustados
Temendo o fim dos tempos
Corpos no chão espalhados
Choro, pranto e lamentos
 
Nessa hora "esquecemos"
De tudo que degradamos,
invadimos, corrompemos
ao longo de tantos anos
 
Quem dera a cobra rainha
Pudesse ser hoje ouvida
Por tua gente e a minha
E respeitarmos a vida
 
A você meu amiguinho
Que hoje lê esta poesia
Quem sabe, devagarinho
Encontres tua alegria
 
Ensine a quem tu conheces
A cuidar da natureza
Isso só nos enobrece
E alegra com certeza
 
Ao fazer a nossa parte
Unidos muito fazemos
Unindo ação e arte
Muitos outros envolvemos
 
Na sua casa comece
Ensinando aos seus pais
e a todos que conhece
a amar os animais.
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
 
Após uma leitura silenciosa e com bastante atenção, responda:
 
A história acima fala sobre  que problema social?
 
Esse diálogo acontece entre quem?
Em que local se passa essa conversa?
 
Para uma melhor interpretação, temos que saber o significado de palavras desconhecidas.
 
OBS: procure o Sr. Dicionário
Escreva as palavras em coluna, e seu significado
Ex: Diálogo -
 
Que lição voce aprendeu no final da leitura?
 
APLICANDO A GRAMÁTICA
 
Numa poesia existe rimas, ou seja , palavras que terminam com o mesmo som.
Ex: ofídeos - vídeos
Escreva as outras palavras que rimam na poesia.
 
Nas expressões abaixo, passe um traço no substantivo (nome) e dois traços  nos adjetivos (qualidades):
 
réptil belo  -  olhos vermelhos  - 
natureza sofrida  -  água suja
 
REDAÇÃO
 
Elabore um pequeno cartaz, ilustrado, com mensagens  de preservação da natureza e espalhe em seu colégio.
 
ARTES
 
Concurso desses cartazes.
 
Boa Sorte a todos!
Deseja o Tio Jorge Linhaça
 
 
Arandú, 4 de julho de 2011
08:13
Contatos com o autor:
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Jorge, muito interessante e rica sua contribuição aos educadores. Você está de parabéns! Abraços, Maux.
  • Queridos amigos:

    este texto faz parte de um trabalho que iniciei anos atrás junto a educadores de várias partes deste nosso país.

    Como não atuo em sala de aula, faço-o com o intuito de propiciar aos professores uma material divertido e que estimule as crianças a pensar e desenvolver seus conhecimentos de uma maneira lúdica e divertida.

    Afinal, a musicalidade faz parte de nossa formação, as cantigas de roda e as parlendas estão aí para comprovar esta tese. A poesia, quando rimada, ajuda a criança a se encantar com a sonoridade a descobrir a brincadeira com as palavras, adentrar o universo infantil nos ajuda e nos permite resgatar os nossos sonhos e fantasias e contrapôlos com a realidade, dessa maneira aprendemos enquanto ensinamos e resgatamos a interação professor/aluno.

    Obrigado pelos carinhosos comentários.

    bjs

    Jorge Linhaça

  • Que sonoridade hein...bonito e muito reflexivo...parabens tio Jorge...beijos azuis
  • DIAMANTE BABPEAPAZ

    Jorge, FANTÁSTICA INTERAÇÃO! Poema, imagem e atividades solicitadas aos alunos... encantada, sinceramente! Fossem todos os "tios" competentes e criativos como és, as nossas crianças e adolescentes assimilariam os conhecimentos com prazer e sairiam das salas de aula ricos de informações, que lhes propiciariam, desde cedo, formular pensamentos críticos sobre fatos naturais e sociais. Veja-se que, a partir de um único poema, exercita-se a teoria. Lembras-me minha Mamãe - ser humano, professora e poeta - apaixonada.  PARABÉNS! Beijossssssssss

This reply was deleted.