Posts de Tereza Cristina G Mendes Castro (89)

Escritos, memórias, coisas de Téka Castro
 
1580 textos publicados no Recanto das Letras
1566 textos publicados no Site do Escritor
Total de leituras: 35429 - No site: http://recantodasletras.com.br/autores/tekacastro 
 
Fora outros sites nos quais publico meus poemas, diferentes ou iguais temas, mas a forma de expressar, de dizer o que penso, remexer o passado, já um acontecimento, ou ansiar pelo futuro, um lugar sem muros, sem tragédias, com flores, árvores, vida animal, e todos vivendo em paz.
Queria ser capaz de fazer mais que poesias no https://belasartesbelas.ning.com//, ou melhorar meu inglês ao escrever no etastic.com não importa se é nacional, ou em Portugal, minha escrita é vista por tantos, elogios, comentários, críticas, até gente que de repente me fez apagar a verdade do que escrevi, e se esconde por trás de mentiras.
Eu sou assim, escrevo, desejo, tento da minha maneira realizar. E, agradeço a Deus, por ainda muitos editores como Silvia Securato e Rozélia Rásia entre outros em mim acreditarem.
Na minha evolução funcional tenho que escrever só sobre Química, mas sou uma alquimista e ainda um dia alguém irá permitir revolucionar, a tal evolução via não acadêmica, desde 1980, para cá, e trazer assim, mais duas pós graduações, e meus escritos, pois esse é meu compromisso para tudo vencer.
E, eu a Deus venho por esse dom agradecer.
E, solicitar que nós profissonais da Educação, sejamos como eu professores, ou agentes de organização, ou aquela pessoa que limpa a escola, ou a "tia" da merenda, não importa, todos nós deveríamos ganhar igual ao maior que um vereador.
Mas, não é assim e não me custa sonhar, muitos por aí, ainda são sonhadores como eu.
Grata meu Deus por tudo isso.
A todos os leitores a Paz de Oxalá, o Cristo.
Teka Castro, professora formada em Química e que ministra aulas (trabalha) desde 1988, escritora, filha, irmã, esposa, mãe, cidadã, espiritualista e ambientalista.
SP 20/11/2019 - Dia da Consciência Humana. Afinal não é a cor da pele que me exclui de ser filha de Deus, que a todos criou.
13h e 16min.
Saiba mais…

2020 Secretaria da Educação - Mudanças radicais, não de um Governador, mas de um empresário, que mexe a princípio com o mal ganho do salário.

Ser professora foi minha escolha, desde que sai do Colegial ( atual ensino médio ), aprendi muito ao ensinar, e na faculdade, as leis, a psicologia, e outros ensinamentos me deram fomentos para continuar nessa profissão. Que muitas vezes, hoje é vista como se fôssemos babás, mas não somos não. Somos professores que transmitem o conhecimento, as Ciências, a Vida, por isso, no meu dia a dia, como mãe, que sou responsável por educar meus filhos, por ensinar a respeitar a todos, por mostrar valores, e mostrar como se separa o joio do trigo.
Sou sim, ambas as coisas, professora formada em Química, Psicopedagoga, ativista por uma escola pública de qualidade, onde aprende e absorvi de meus pais, os valores para poder me transformar, estudar e vencer. Como, mãe, fiz a opção de ser, sofri, chorei, não vem manual algum, e os filhos muitas vezes nos ensinam muito, e eu como mãe, devo proteger, cuidar, respeitar, e mostrar o mundo de uma forma mais colorida, que a Vida é um presente de Deus.
Agora em 2020, mudanças ocorrerão, professores novos, terão talvez menos chances de lecionar, e sem contar, o ideal de uma sala de aula, com 20 alunos, que seria o ideal, não se abre outra se não tiver um amontoado de alunos, ou seja 35 alunos por sala, sem nenhuma acústica diferenciada, sem materiais suficientes, ou salas ambientes para podemos lecionar, com inspetoras em todos os corredores, e auxiliando a nós professores. Sem contar de uma equipe gestora, que se comunique mais, que se unam em favor não só do professor, mas dos alunos, e que nunca se esqueça a gestão, supervisão, dirigentes, que também são professores, e ensino que a gente que tem cargos de chefia, devem elogiar no coletivo e dar bronca no particular, saber dialogar em todos os momentos, escutar e falar, e isso é o principal resultado para o Método de Melhorias de Resultado em qualquer gestão.
2020 haverão mudanças em salas de aula, em questão de mudanças de horário, sendo que o tempo passará de 50 minutos, para 45 minutos, e o número de aulas dia, de seis passarão para sete. Teremos projetos, e o projeto de vida, deve partir da família, e não na escola, mas sabemos, que o governo, nos coloca em condição de babás, e isso é maltratar a nós mesmos.
Querem exclusividade para lecionarmos no Estado ou na Prefeitura, mas não nos pagam bem, e nosso salário, é tão baixo que muitas vezes não conseguimos efetuar nossos compromissos financeiros, sociais.
Sim, em 2020 haverá mudanças, na Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, e vejo meus colegas e eu adoecendo em salas de aula, hora com a disfonia funcional, hora com momentos deprimentes, pois dependemos das famílias, e essas, exigem muito da gente, e esquecem da própria responsabilidade, esquecem que antes dos direitos, temos nossos deveres, ou seja, temos que agir de acordo com as Leis que nos rege todos os dia.
Talvez peço humildemente que cuide mais de seus professores, principalmente dos que adoeceram em salas de aula, e que estão readaptados, afastados com transtornos psicológicos ou psiquiátricos, e que nos dê salários decentes, lembrando que readaptados também devem receber após anos trabalhados, abono de permanência.
Devemos ser pagos com gratidão, e respeito, e termos direitos iguais aos de muitos de nossos políticos, hospitais particulares, com bons médicos, escolas boas para nossos filhos, e oportunidade de buscarmos mais conhecimento.
Sim, lamento o que muitos governadores já nos causaram, e agora, mexem com nossa aposentadoria, então por que não tiram a aposentadoria vitalícia de presidentes, governadores e outros?
Por que somos nós que passamos conhecimento a população, os informamos, somos os culpados pela bancarrota brasileira?
Trinta e um anos de magistério, e sério, cheguei num ponto que estou decepcionada, magoada, com a real situação de minha profissão.
Que Deus nos proteja, e que alguém reveja por misericórdia nossas condições, sendo pelo menos professor por uma semana na escola pública de periferia, como nós, eu e muitos colegas somos.
Que possamos melhorar em tudo, e nossos governantes possam realmente nos valorizar, além da mídia, e das famílias. Lembrando, assim como em qualquer profissão, tem alguns que acabam deturpando a profissão, mas a maioria luta de sol a sol para vencer e ajudar vencer os outros, apenas lecionando, ou de modo simples, ensinando.
Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
São Paulo, 10 de novembro de 2019.
15h e 20 min.

Saiba mais…

Feira de Ciências da EE Professor Doutor Lauro Pereira Travassos - 07/11/2019.

Embora tantas coisas que vemos e observamos em 2019, no âmbito escolar, problemas que foram para a mídia nacional e internacional, ainda existe e resistem alguns professores, e alunos, se unem juntamente com funcionários e gestores, para realizar atividades boas, no quesito de aprendizagem.
Temos problemas grandes, como em qualquer escola pública, estamos localizados em São Paulo, na periferia, entre as adjacências do Jardim Selma e da Vila Missionária, na subprefeitura da Cidade Ademar. Com problemas de indisciplina e sem contar do real salário do professor na secretaria da educação de São Paulo, e da falta de muitos materiais para a realização de um evento.
Mas, superamos a todo e qualquer momento, somos frágeis sim, mas somos ágeis a ponto de que a união nos transforma, e nosso método de ensinar, alguns ainda tradicionais, como euzinha, outros mais contemporâneos, e com a tendência de jovens que estão passando por transformação, e têm muitos problemas, realizaram uma feira de Ciências, foi muito boa realizada por toda uma equipe da escola, desde as "tias"da cozinha, que fazem a merenda, as agentes de organização, os docentes, a coordenação, a gestão, e a Patricia Martins, responsável pela limpeza da escola, aliás, todos nós somos responsáveis pela limpeza no âmbito público, temos que sempre nos organizar para isso. A claro, até o agradecimento vai para o cantineiro, senhor Sebastião ( vulgo: Tchaca ), que nos auxiliou e muito na realização do evento. Por tanto todos merecem os parabéns, até mesmo os familiares dos alunos em questão, pais, mães, avós, responsáveis, os meninos do grêmio M. L. L que cooperaram com a feira, enfim até mesmo a Diretoria Sul 1, que proporcionou a presença de duas PCNPs aqui presentes para prestigiarem nossos alunos.
Bacana quanto todos se unem em prol de algo, e agradeço a cada aluno que sabiamente explicou sua exposição, falando abertamente referente drogas, sexualidade, sistema nervoso, e os pequenos falando da reação dos vulcões, a rotação e translação da Terra, a questão da Tragédia de Brumadinho, e tantas outras coisas. Lembrando que como professora readaptada, participei na elaboração do projeto idealizado pela professora Quitéria Karla, repensando o uso do plástico, teve até a exposição do brinquedo vai-e-vem, que tinha quando criança-adolescente, e outros, teve exposição de vídeos, e outros. Parabéns pela criatividade, pela paciência e por todas as explicações que vi.
Obrigada por tudo. Você só mudará o mundo para a paz, quando aprender a dar valor para os estudos, e saber que filosoficamente estamos aqui para um grande aprendizado.
A vida é cheia de dádivas. Obrigada a todos.
https://www.youtube.com/watch?v=rxnrH4SOu4E&t=5s

Professora de Química e escritora Téka Castro.

São Paulo, 8 de novembro de 2019.
Aos alunos, professores, pais, funcionários da EE Prof. Dr. Lauro Pereira Travassos.

Saiba mais…

Perdão

3700269617?profile=RESIZE_710x

 

 

Perdão

O que é o perdão senão um auto conhecimento, senão, uma razão realmente de ser filho de um Deus-Criador, que te formou desde o seio de tua mãe?
O que é o perdão, senão, um ato de compaixão, renúncia e vida?
Ontem aos 18 anos da passagem de meu filho Gabriel, uma colega, a quem quero tão bem, que chamo de filha, a professora Educadora Física: Edlaine Lima, questionou sobre minha tristeza, e sobre o que eu sentia, se eu havia perdoado.
Comentei à ela, que essa questão do perdão, transcende barreiras de tempo e espaço, vai até realmente o ventre de minha mãe. Nasci e logo fui ao balão de oxigênio. Depois aos 4 anos, com uma doença chamada Refluxo Renal ( http://bjn.org.br/details/1618/pt-BR/refluxo-vesicoureteral-primario-na-infancia--tratamento-conservador-versus-intervencao-cirurgica ), onde há 48 anos eu passei por uma cirurgia, e só minha mãe assinou a autorização da mesma. Por isso, que citei que a questão perdoar para mim, é algo visceral, algo que tento trabalhar, já fiz terapias, e mais terapias, mas quando chegam no ponto x, eu sumo da mesma. Depois, outras dores, outros dissabores, mas os piores deles foram um aborto espontâneo, e a morte do Gabriel, onde me culpo demais, e esse perdão a si mesmo é algo que infinitamente te atrapalha, te deixa exausta, com dores pelo corpo, e te deforma a alma.
A Edlaine pediu que escutasse uma técnica ho'oponopono (  https://www.google.com/search?q=ho%27oponopono&oq=ho&aqs=chrome.0.69i59l3j69i57j69i61j69i60.2942j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8 ), algo do Havaí, que fala sobre reconciliação, sobre perdão. E, o mais incrível que possa parecer, essa semana, ao abrir o Evangelho Segundo o Espiritismo, justamente abri, na página que relata sobre o perdão.
Sim, o ato de perdoar é complicado, autoridades explicam sobre o tema, mas na minha oração com Deus, sei identificar o problema, e vejo que muitas vezes, ainda me acovardo no ato de pedi perdão, e dá esse perdão então??? Fica muito difícil.
Hoje vejo que tem milhares de igrejas, sejam católicas, evangélicas, espiritualistas, muçulmanas, judias, estão lotadas, mas a questão do perdão, está complicado no mundo, não só nas minhas partículas que formam minha matéria, mas em muitos.
Hoje um esbarrão, é um ato de morte.
Estamos em tempos difíceis e perturbadores, mas temos a Bíblia que nos ensina o Perdão, para todos os cristãos, temos a Torá ( https://pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/3081021/jewish/Resolver-desavenas-com-o-prximo.htm ) que ensina o perdão para o Judeus, e o Alcorão para todos os mulçumanos ( https://www.icp.com.br/df91materia6.asp ). Enfim, todas as religiões ensinam sobre a questão do perdão, então por que erramos tanto?
Agora, voltando ao meu caso em si, é tão difícil eu me perdoar, pelo que fiz aos meus pais, o que fiz para meus filhos, e o que fiz durante minha vida. Uma coisa, tenho consciência, sei que erro, e minha consciência me acusa, transformando em dores os erros meus.
Sim somatizo demais, busco a paz, e tento transcender a questão do perdão, no meu ato de escrever.
Sou espiritualista, e devo mais do que nunca perdoar-me e perdoar a todos que estão próximo a mim.
Enfim, o que é perdão? Qual seria a sua definição como leitor desse texto?
Temos que varrer nossos sentimentos e deixar a Luz Misericórdia de Deus, Alá, penetrar o âmago de nossa alma.
Paz e bem.
Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro.
São Paulo, 6 de novembro de 2019.
13 h e 31 min.
Dia friozinho na primavera brasileira.
Ofereço aos meus filhos que nasceram do meu ventre: Alexia Cristina, Emmanuel, Anna Clara, in memoriam Aryel (aborto espontâneo ), e Gabriel ( gêmeo da Alexia Cristina, que retornou ao Pai, há 18 anos). Aos meus familiares, em especial minha prima-irmã: Angela Maria Brasília Henriques, aos meus filhos de coração, incluindo a Edlaine Lima, a quem tenho um grande respeito, e a cada leitor.
Aviso, todos nós somos irmãos perante Deus, e diferente do que pensa alguns, que acham que os filhos de Deus são só uma denominação evangélica, digo mais, talvez DEUS ame mais um ateu que faz o bem, do que o Crente que acorda e adormece nas Igrejas, e durante o dia julga os outros.
Paz e bem.
Muitas bençãos a todos meus leitores.

 

 

 

 

Saiba mais…

Carta aos meus filhos e familiares.

 

Carta aos meus filhos e familiares.

São Paulo, 5 de novembro de 2019.
Horário de Brasília 11h e 51min.
Hoje um dia triste para mim, lembranças que já tentei apagar, mas não deu. Coisas de Tereza, como na novela Rainha da Sucata " Coisas de Laurinha".
Bem, hoje embora seja uma triste e doce lembrança, ainda agradeço a Deus por ter chegado até aqui. Não deixo dinheiro aos meus filhos, mas espero que o meu exemplo em cuidar do Meio Ambiente, em confiarem em Deus, e está sob tudo a luz da verdade, da sinceridade, do trabalho, do bem ao próximo, de doar as pessoas que mais necessitam. De Plantar uma árvore de acordo com os critérios da região onde possam vir morar. Reciclar sempre, pois a Natureza agradecerá. Não deixar de limpar a casa, e cuidar do teu guarda roupa, e parem com essa mania abestalhada de mudar de celular, não sei mas vocês hoje tem idade para assistirem Diamante de Sangue ( http://www.adorocinema.com/filmes/filme-61469/ ), é de 1990, mas muito atual, pois pequenos não só africanos, mas de outros continentes morrem todos os dias, para procurarem o mais diversos materiais para os atuais aparelhos, e hoje assim, como um jogo, uma droga, o celular se tornou um vício.
Filhos, queridos, não deixo bens materiais para vocês três, mas peço que cuidem do espaço em que vivem, deixem tudo arrumado, e não é vergonha reciclar e varrer a calçada e o meu fio.
Também não é vergonha nenhuma lavar, passar, cozinhar, e guardar dinheiro para comeres bem amanhã. Esqueçam refrigerantes, doces, e outros produtos industrializados, embora seja ainda difícil para mim, façamos uma dieta mais equilibrada, acredito que não precisamos assassinar nossos amigos animais para comermos de suas carnes.
Filhos, a Igreja não é só um templo social, onde deveríamos ir todo domingo, ou melhor todos os dias, mas a verdade, é que nossa missa é cuidarmos daquilo que Deus nos deu gratuitamente, e não precisamos invejar de ninguém.
Escrevo, hoje essa carta, não sei o dia de amanhã, mas espero que sejam amigos, e compartilhem sempre das verdades. Nunca desistam de aprender, se o projeto de vida ( #inova_educacao ), não for ir para uma faculdade, tudo bem, aproveitem o que aprenderam, e saibam que estamos em constantes aprendizados.
Queria deixar para todos de minha família, amor, respeito, e as memórias dos que já partiram para o Encontro com Deus, e como acredito, podem um dia voltarem e está com vocês, sinto saudades dos meus tios, primos, e de todos que por minha vida passaram.
Talvez, muitos vejam essa carta, como um adeus; sim é um adeus, não sei a hora, o dia, ou o porque, mas um dia minha matéria, também irá se decompor, e eu terei que partir.
Deixo meus escritos não só impressamente nas antologias que participei na minha vida, mas nos escritos da internet, que estão hora como Téka Castro, mas também como Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro, pois gostaria que pelo menos meus filhos tivessem orgulho de meus escritos. Sei que sou muito passional, mas amo escrever, e amo amar vocês, lágrimas começam a lagrimejar meus olhos.
Bem, deixo ainda a amizade de vocês três, que são irmãos, e saibam o quanto eu e seu pai acreditamos, mimamos e respeitamos a individualidade de cada um.
Minhas meninas, são princesas, e meu menino, meu príncipe. Que Deus os abençoe a cada dia, e que eu possa ter comprido minha missão com vocês e deixo aqui um ósculo para que nunca esqueçam dessa mãe, maluquinha, por ter feito Química, embora quisesse medicina, e por amar escrever, e hoje em especial agradecer o Dia da Língua Portuguesa, por cada mestre da Disciplina que passaram e me ensinaram a amar de modo simples essa Língua. Obrigada.
Filhos, os amo, e desejo, tudo de bom para cada um de vocês, não registrei essa carta em cartório, e fiz diretamente nos sites onde estão escritas, isso faz parte de nossas vidas, no resumo de nosso viver tão especial, onde aprendo a cada dia, com cada um de vocês.
E, deixo aos meus 4 sobrinhos, que amo, que sejam felizes e cuidem também do Meio Ambiente, pois a Natureza agradece. Não a devemos destruir, e lembrem-se Luís Felipe, Vinícius, João Matheus e Júlia Vitória, que a tia pode nem sempre está perto de vocês, mas vocês estão no meu coração e peço a Deus que os ajude em tudo que vierem fazer.
Filhos, fiquem com Deus, e respeitem-se uns aos outros.
Amo vocês.
Plantem uma árvore, escrevam um livro, e adote o amor e o diálogo de olhos nos olhos sempre.
Saudações,
Mamãe.
Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro, mãe, filha, esposa, escritora, professora, ambientalista, espiritualista, efémera e passional.

Saiba mais…

Cinco de novembro

Cinco de novembro 

 

Antes de qualquer escrita, parabenizo aos mensageiros da Língua Portuguesa, pelo mundo. Não só aos professores, mas aos escritores, que se apropiam da escrita, dos signos de várias culturas, para podermos usufruir da nossa. Parabéns a todos. Paz e bem.

Cinco de novembro, lembro há dezoito anos, que estava no intervalo e uma colega peguntou do meu bebê Gabriel, e naquele tempo, bem antes de todos terem celular, tentaram ligar para a escola, mas não conseguiram falar. Então, minha mãe, enviou a Isabel, para me chamar na escola Lauro, pois o Hospital Santa Marina, havia ligado para minha casa, e solicitado não só a minha presença, mas a presença do pai do Gabriel.

Meu coração desperou naquele momento. Fui tão rapidamente da escola para casa, que só aguardei, meu esposo, e minha comadre, a Angela, para irmos ao hospital. E ao chegarmos lá a Dra Regina, que um dia, quando o Gabi, estava internado, me pagou um café, e disse que não queria está de plantão no dia que meu filho partisse. Mas, não sabemos os desígnios de Deus, e justamente ela, quem tentou reanimar meu filho por uma hora, e na manhã de 5 de novembro de 2001, se foi ao encontro dos Braços de Deus.

Hoje já não o hospital Santa Marina, pertece ao SUS, e o tempo passou. 

Sinto saudades, sinto algo inexplicável, algo que nem mesmo sei escrever. Meu filho se foi, e ainda assim, dói tanto, embora saiba eu que ele está muito melhor que qualquer um de nós.

Que Deus me dê forças para continuar, para aceitar, perdoar a mim mesma, e agradecer, sim, pois como espiritualista não creio que a morte, seja o fim. Mas, o começo de uma nova fase em nossas vidas.

Que Deus abençoe a todos, aos médicos do Hospital Santa Marina, aos plantonistas, a minha irmã-prima-comadre, que vestiu meu filho na necróterio hospitalar. Pois, não houve a necessidade de autópsia naquele ser em que sua matéria tinha 2 anos e 10 meses. 

Paz e bem. 

Gabriel in memoriam onde quer que estejas.

 

3698499822?profile=RESIZE_180x180

Saiba mais…

Reescrevendo a vida

Reescrevendo a vida

Devo prestar mais atenção em minha atitudes e toda e qualquer emoção de minh'alma.
Sei que tenho picos de ansiedade, depressão, de mimimis, sou assim, mas a idade chegando, novos parâmetros a serem construídos, estou mudando aos poucos.
É difícil, pois sou às vezes frágil como um Cristal, outras vezes sou amarga e digo palavras que também magoam, também ferem ao outro.
Só que tenho consciência, não tenho vergonha em dizer isso, não sou falsa a ponto de dizer que nunca errei.
Talvez, outras pessoas nas quais já citei em meus escritos, tenham vistos os próprios umbigos, e jamais tenham cometido erro algum.
Sei que às vezes, dou trela para a mesquinhez, para a fofoca alheia, mas também dou meu coração as pessoas que mais necessitam de atenção.
Me neguei a ser até vereadora, pois meu jeito de ser seria incapaz de mentir, e de colher uma verba que eu poderia dividir com meu irmão e cunhados, além de filhos e sobrinhos, e dividir com tantos que amo, ou com instituições que me são raras, e que muitas vezes não posso ajudar por não ter o ganho suficiente para ganhar, com a minha vida de docente da Rede Pública Estadual de São Paulo, sou funcionária pública, e agradeço esses meus 31 anos na Educação.
Mas, repenso minha vida, tem horas que me arrependo, outras vezes, penso por que não segui em frente?
Talvez pela minha fragilidade, doente por opção, ou por outra razão, me afastei de sala de aula, e a disfonia funcional, pode ter calado o som de minha voz, mas tenho as mãos para escrever aquilo que venha pensar.
Queria poder mudar algumas coisas em minha vida, mas agradeço o que hoje sou, e que me faz seguir em frente e me envolver com as dores do mundo e ver que posso repensar, e reviver memórias, ser honesta, ser sincera, não quero amigos irreais, quero a sinceridade que herdei de meus pais.
E, quero repassar isso para meus filhos, e me alegrar por deixar filhos melhores no Planeta Terra, que amem a dança, a cultura, a Matemática, o Meio Ambiente.
Quero repensar meu mundo e poder dizer que muito aprendi para poder ensinar cada vez mais.

São Paulo, 28 de outubro de 2019.
Dia de São Judas Tadeu.
Dia do Funcionário Público.
Teka Castro. Escritora.
https://www.youtube.com/watch?v=KQUIwUXbHRQ
https://www.youtube.com/watch?v=c7dO2uu-KSQ
https://saojudas.org.br/
http://www.ugt.org.br/index.php/post/6437-Como-surgiu-a-figura-do-servidor-publico

3684871532?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

Teleton 2019

Teleton 2019

AACD - Associação de Assistência à Criança Deficiente, precisa de você, ou um dia você poderá precisar da AACD.
Sim, qualquer um de nós, num acidente, nas guerras urbanas, ou no simples nascer, podemos precisar a recomeçar a andar, a nos mexer.
Há 22 anos um empresário da televisão, se abriu ao enquanto de Hebe Camargo (In memoriam), que solicitou a maratona teleton, e todos os anos, em outubro, uma programação completa, repleta de rostinhos lindos, e de histórias de vida que nos sensibilizam a cada dia.
Eu há 18 anos, tive que deixar voar meu Gabriel, que junto a Alexia Cristina, nasceu prematuramente, e com 1 ano e 9 meses, teve que ser submetido a um cateterismo, e ficou especial, após 10 minutos que seu coraçãozinho parou, quando voltou ficou especial, já era desde o seu nascimento, e por um momento, se tornou mais.
E, eu comecei a aprender sobre inclusão, seja através da parte física, intelectual, ou outra, e com isso, aprendi a melhorar em sala de aula para poder ensinar a todos, sem distinção. Comecei a compreender mais o outro, e hoje aos 52 anos, luto por uma escola mais inclusiva, sim, mas com pessoas que nos auxiliam com nossos alunos, dando respaldo e carinho pois é muito difícil, ver nossas crianças especiais, muitas vezes jogadas em escolas públicas ou particulares.
Precisamos falar mais sobre inclusão, e por isso, todo ano, coloco a favor nas minhas redes sociais, a hastag teleton ( #teleton2019), para todos doarem nem que for um valor de R$ 5,00 ( cinco reais ), e pedi ao mundo inteiro, seja você brasileiro ou não, assim, como existe o teleton no Chile, e em outros lugares da América Latina, assim, a vida segue, a vida gera uma nova esperança, e além das crianças, e outros pacientes, aos funcionários, voluntários, médicos, Tio Lalau, e tantos outros, que Deus os abençoe a cada dia.
Que a vida nos traga muitas vitórias, e nos encha nossos corações, como cantaram Patati e Patatá, "A vida é bela", temos que agradecer por tudo, e em meu resumo, no rumo de minha vida, agradeço a cada um por ler esse texto, essa poesia, e com alegria, peço faça sua doação, e Deus te dará sempre em dobro.
Amém.
#Teleton2019
#BalletinclusivoMel
#PadrinhosTeleton
Escritora Teka Castro

São Paulo, 26 de outubro de 2019.
Desde às 22h e 30 minutos de ontem acordada assistindo a Maratona #Teleton2019.

Saiba mais…

Sustentabilidade - texto postado no face

"A sustentabilidade deve fazer parte cotidianamente de nossas vidas.
Graças a professora e historiadora Maria Cristina Magri Iamashita, teve um ano que ela pediu para levar os alunos até a Bienal Sustentável, e eu junto com a Professora Suemi Oweis, fomos. Além da arte, a questão ambiental e a interdisciplinaridade fez acreditar num mundo melhor. Ah. Também agradeço a ex aluna Camila Cristina, que nos ajudou e muito na exposição.
Fora isso, além de ser ambientalista, estou tendo o prazer de conviver com o projeto maravilhoso da professora Quiteria Karla Viana, referente ao reaproveitamento dos plástiocos, então resolvi, também compartilhar sobre a questão da reciclagem de papel, lembro a todos que na ong Associação Nova Projeto, Monica Wahlbuhl, Ana Gazda, que deram aos estudantes uma agenda onde a capa foi feita de vários produtos reciclados, além do papel, cascas de cebola e ovos. E, parabenizar a ETEC José Rocha Mendes, que fez um desfile com colares de papel. E, vejo e sigo no instagram Moda ETEC José Rocha Mendes, que estão reciclando jeans.
Aos professores Vagner e Claudia Stefanelli Bruzadin, além de outros, meus parabéns. Que Deus os abençoe, e agradecer a todos descritos acima, pois aprendi um pouco mais sobre a questão ambiental, mas não posso deixar de homenagear é claro a minha mãe Deonilde, que me levou a sociedade amigos do Balneário Mar Paulista, onde o tema principal era e é a orla da #RepresaBillings, uma represa artificial, que faz parte da nossa história."
Téka Castro
São Paulo, 17 de outubro de 2019.

3666896185?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

Intolerância religiosa até quando?

"Caros, é difícil explanar o que acontece com imposição de religiões, não existe fé cristã, evangélica, católica, existe Fé. Existe Esperança em Algo Maior, em um Criador, e esse sentimento é único de cada um. Não adianta impo -lo como já fizeram Jesuítas ao chegarem ao Brasil, assassinando índios por não se converterem ao catolicismo. Mas, vou mais longe as cruzadas, a inquisição, Hitler e tantos outros impondo re-li-gi-ões, que mas nos desligam de Deus, do que nos aproxima do Mesmo.
Agora, no Brasil, está havendo perseguição aos templos de Candomblé, Umbanda, Mesquitas, Sinagogas, e outras, que são tão antigas como as Culturas da Índia, da China, e tantos outros lugares.
O que estamos pregando já que nos dizemos cristãos, seja qual for a própria denominação?
Confesso aos meus irmãos da Umbanda/Candomblé, sobre a questão de sacrifícios animais para depositar nas esquinas aos Santos, garanto, faça melhor o bem. Sei bem que na própria Bíblia, existia o sacrifício, as oferendas, já as inicia com Caim e Abel, enquanto um oferecia frutas a Deus, o outro ofertava um cordeiro.
Mas, vamos pensar na Natureza, também, que Deus nos deu gratuitamente.
Mas, respeito a cultura, e a crença de cada um.
Sou meio que druida, sem sacrifício humano para ofertar, mas oferto a minha ajuda, o meu conhecimento, a minha vontade.
Sou espiritualista, e aceito a Lei do Retorno, agora não consigo entender em pleno século vinte e um, com tantas alterações tecnológicas que o homem se encontre na barbárie de antigamente, e isso partindo de exemplo de um de nossos presidentes.
Outro dia, até curti, aliás gostei de um post, onde dizia que Trump era contra o aborto, pois toda criança é um presente de Deus, mas não compreendo o motivo por separar o México com um muro, ou separar crianças e pais que entram ilegalmente no país, dois pesos e duas medidas? Mas, eu que tive um aborto espontâneo, sei bem a culpa que é, ver um ser descer pelo canal vaginal e você sangrar, sem um motivo qualquer, um pedacinho de você que vai embora. E, não consigo entender que na hora do prazer sexual, a mulher faz de tudo, mas se fica grávida mata, se torna assassina, não dá para entender.
Mas, voltando a questão de nosso presidente que quer impor novamente religião para seu povo, de novo, ameaçar a cultura, de novo dizer que isso o aquilo é certo, e só observar aos 10 Mandamentos de Moisés, ou apenas lembrar do Cristo, ' Amai-vos uns aos outros como a ti mesmo, e amai a Deus sobre todas as coisas.'
Religião não nos ergue a Deus, mas nossos atos e isso é fato."
Ah. Lembrei-me que em alguns países, as pessoas são assassinadas por serem cristãos.
Políticos deveriam cuidar do Estado, e o homem seguir livremente a própria religião.
Téka Castro escritora.
São Paulo, 17 de outubro de 2019.
https://www.gospelprime.com.br/procuradoria-cobra-acoes-do-governo-bolsonaro-em-defesa-de-religioes-afro/
https://blogs.oglobo.globo.com/ruth-de-aquino/post/bolsonaro-catolico-ou-evangelico.html
https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/a-sobrevivencia-de-cristaos-na-coreia-do-norte

Saiba mais…

Prosa poética sem título

"Hoje é dia de luta, de manifestação, mas de antemão, queria realmente entender por que não fizemos antes a tal paralisação? Nossos pontos foram tirados, mudados muitos fatos no GDAE, professores a cada dia chateados, humilhados, e nosso governador, que diz não ser político, mais um empresário, acabou prejudicando a muitos docentes. Fica incoerente a tudo que vivi nesses meus 31 anos de profissão, quanto professora. Difícil ainda mais para nós professores readaptados, que agora estamos sem o direito ao tal abono de permanência, poxa é complicado, então, por que não tiram o auxílio paletó ou outro desses nossos governantes. Por que eles andam de helicóptero e nunca de transporte urbano?
Difícil aceitar tal situação.
Mas, muitos colegas do interior votaram no João Doria, e agora?
Estamos vivendo politicamente uma desunião, eu fico pensando, todos nós tivemos nossa luta diária para sermos professores, escolhemos essa profissão, e por nós passam todos os alunos de outras profissões.
Mesmo que seja dom aguentar 40 alunos, ainda mais nesse nosso tempo tecnológico, onde ainda estamos com giz e apagador, fica complexo a situação.
Estamos envelhecendo rapidamente, estamos exaustos pelos desprezos dos governantes e até da sociedade, haja visto a minha colega que apanhou de uma mãe, ou da outra colega que infelizmente foi estuprada, cadê os direitos humanos para socorrê-las?
Sim estou readaptada, fiquei doente trabalhando, ou seja perdi a voz, fiquei afônica e disfônica por um ano, e tendo às vezes dar recados em salas de aula, infelizmente não consigo passar em 5 salas, falando por cinco minutos, já perco a voz. E, eu e muitos readaptados, trabalhamos muito. E vejo que somos sacrificados por todos, como se nós quiséssemos adoecer.
Como lutar com esse política paulista, autoritária, ditadora e que acaba prejudicando a todos nós. Sem contar dos agentes de organização, G.O.E. s e outros funcionários que parece que não somos compostos pelo mesmo DNA divino.
Hoje é dia de luta, como não poderei ir até a República, devido ainda está com o tornozelo dolorido após ter caído da escada da escola no dia 17/09, eu luto na escrita, peço aos meus amigos poetas, escritores, professores, mestres que nos apóie para chegar aos nossos governantes.
Não sou sindicalizada, mas luto feito uma, quero mais valorização para nós docentes, pois todos para lecionar atualmente ficamos ligados aos avanços de nossas disciplinas, eu mesmo estando readaptada, procuro ver as mudanças na Disciplina de Química, e melhoro um pouco a cada dia.
Peço por gentileza que nossos governantes, aqui em São Paulo, e no Brasil, que possamos ser valorizados, com salários dignos e termos, pelo menos nós professores readaptados termos de volta o abono de permanência, sim nós faz falta, sim precisamos viver, pagar contas, e ainda temos filhos, precisamos sim, como qualquer outro professor ou funcionário da SEESP, precisamos de apoio de todos, dos gestores, professores em geral, ou acham que fiquei doente por que quis? Sejamos mais unidos, e lutemos por uma educação melhor para nossos alunos, lembrando que temos filhos, e se queremos o melhor para nossos filhos, queremos o melhor para nossos alunos.
Hoje é dia de luta, contra todas as propostas inviáveis de vários governos, e que nos atinge na hora de nos aposentar.
Sem contar que muitos colegas sofrem calados, como minha amiga Eleni, e sabemos a situação em que vive, somos todos iguais. Precisamos do apoio da sociedade e de todos, que compreendam nossa postura, não somos babás, não as desmerecendo, pois nenhuma babá fica com quarenta crianças/adolescentes aos seus cuidados.
Somos professores, transmitimos Conhecimento, pois educação é você pai , é você mãe e outros familiares, quem educam seus filhos, vão a escola, infelizmente quando perdem o auxílio do bolsa família, ou para fazer que nem a mãe que bateu na colega em uma escola.
Precisamos que nos apoiem para termos um mundo melhor e mais justo."
Professora e Escritora Téka Castro
São Paulo, 9 de outubro de 2019. 8h e 26min.
Escrito no face.

 

3653170793?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

Ser ou não ser vereadora

 

Ser ou não ser vereadora

 

3650300938?profile=RESIZE_710xVereadora Marielle Franco - In memoriam.

 

 


Recebi uma proposta de um colega para ser candidata em 2020, como vereadora da maior cidade do país, São Paulo.
Mas, nada claro ainda. Temo por vidas, não só minha, como de minha família.
Sim, quem quer bem trabalhar, é colocado em segundo, terceiro lugar, e muitos podem matar, como ocorreu no Rio de Janeiro, com a Vereadora Mairelle Franco.
Se eu adentrar nesse mundo político, não nego que irei lutar sobre a questão da Educação, melhoria para os docentes, funcionários e principalmente nossos alunos. Outro ponto é a questão ambiental, lembrar que no meio ambiente sujo, poluído e perturbador como os “lixos” que jogamos pelas ruas, a falta de reciclagem, e a questão sustentabilidade, é um patamar que visa melhorar a saúde a questão respiratória e enfim, lutarei muito pela questão da família, bem sei que temos que respeitar as famílias formadas de um tempo para cá, mas e a família nucleada, sem violência, sem autoritarismo ou machismo, sem homens ofenderem suas esposas ou companheiras.
Lutar por essas razões, sem contar do fator inclusão, sim e da velhice, ... são tantos patamares políticos, e eu mesmo me critico, será que tenho realmente capacidade de ver a injustiça e ficar quieta?
Fica difícil aceitar. Tenho muitas propostas para dar, a iniciar que o jovem pode sim começar a trabalhar com 14 anos, e estudar. Pois, ficar atoa é que não dá.
O meu colega, me propôs ir em frente, sair já como pré-candidata, mas fico eu preocupada, já que não tenho uma saúde completa.
Fica difícil, seguir também as propostas do partido, no qual o PSOL, pois eu tenho minhas neuras, meus pré-conceitos e estou tentando lidar com isso.
Por isso, peço desculpas se eu não aceitar, pois há mais do que minha vida em jogo, há outras que precisam dos meus cuidados.
E, eu sinceramente não iria aceitar um dinheirão, e ver meus colegas professores e outros, muitas vezes sem ter o que comer.
Devemos sim, mudar logo a questão salarial de nossos governantes, das pessoas que elegemos, não há necessidade de auxílio gravata, paletó, ou moradia, há sim a necessidade de investirmos no País, principalmente na Educação, Saúde, Segurança e Meio Ambiente.
Então deixo aqui minha renúncia ao Psol, e peço a Deus, que nos ajude em 2020 a elegermos pessoas mais sensatas e perspicazes para o futuro de nossa Cidade, de Nosso País.
Tereza Cristina G M Castro, presente!
São Paulo, 7 de outubro de 2019.

Saiba mais…

Missão Belém

Missão Belém

Há quatorze anos acolhendo jovens e pessoas doentes devido as drogas.
Acolhida no evangelho, no âmbito de equipe, onde todos podem varrer o chão, ou não, uns alimentam aos outros, com compaixão, e respeito.
Tudo é feito com carinho, é um árduo caminho para o jovem seguir, têm que gostar muito, e ter a certeza que o Cristo o fortalecerá todos os dias.
Meu filho, que é amigo de um dos jovens da Missão, veio sem pretensão falar comigo, para que eu escreve algumas palavras de aniversário, e eu fiz uma pesquisa, para realmente saber o que é a Missão Belém ( https://missaobelem.org/ ), e após ler algumas coisas, e ver outras, lembrei-me da felicidade de quando meu filho foi para um retiro com o pessoal da Missão.
Veio diferente, e com o coração mais puro, e isso transmitiu para a gente.
Vejo hoje um algo a mais, o bem se pode fazer, é só querer praticar, sem anunciar, sem se expor, e quem quiser colaborar, basta doar ( https://pagseguro.uol.com.br/checkout/nc/nl/donation/sender-identification.jhtml?t=e85aef70faf5de120b535836c05be8112f806d27161a330ea0c657c8b102f2cc&e=true#rmcl ), não importa o valor não, doe de coração.
Eu talvez em bens materiais não sei agora no momento, se vou doar, mas vou anunciar em minhas redes sociais e em vários grupos que faço parte, pois a Igreja, não é um templo, onde as pessoas ficam ali, muitas vezes por razões sociais, ou por mero apreciar da cultura, a igreja é o povo, o pobre, o doente, e nós que temos amor, tempo, podemos doar de modo diferente. Somos todos igreja, sem se importar com religião, mas com atitudes maravilhosas que nos renovam ao coração.
Hoje em especial, dia do Idoso, dia de Santa Terezinha, dia em que a Missão Belém completa 14 anos, logo, logo, debutando, se tornando adolescente, e então, convido a você para que possa compreender a vida, e para tudo há uma saída.
Podemos vencer a doença das drogas, aqui coloco também medicamentos que tomamos sem receituário médico, podemos vencer a medida que somos ajudados, compreendidos, acolhidos, e acima de tudo, queremos vivenciar um novo caminho.
Assim, em resumo agradeço a Samuel, que levou meu Emmanuel ao acampamento em 2018 na Missão Belém e ele gostou muito, em especial da Irmã Karen. Que Deus abençoe a todos, e mais uma vez meus parabéns e felicitações a todos os envolvidos.
Paz e bem.
Teka Castro.
Ofereço a Samuel e sua mãe Laudeina, ao meu filho Emmanuel, a irmã Karen e a todos apoiadores, envolvidos, e resgatados na Missão Belém.
São Paulo, 1 de outubro de 2019.
Transcrito para 3 sites.
Basta buscar por Tereza Cristina G castro, no google ou em qualquer outro site de busca. Grata.

3639823900?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

Jequiti - produtos de beleza sem abuso animal.

Pesquiso antes de qualquer coisa, sobre os produtos que adquiro para revenda. Entenda, sou ambientalista, então no meu ponto de vista, sou crítica para com o trato em nossos amigos animais.
Eles sofrem demais com abusos, de determinadas marcas, em especial de cosméticos, que realizam testes que acabam assassinando nossos heróis, seja um simples ratinho de laboratório, um coelho, uma cobra, não importa, não devemos maltratar.
E, como Química formada, não posso deixar de anunciar, claro que temos empresas como a unilever, de marcas famosas, a avon, e tantas outras que realizam esses testes.
E, para eu revender Jequiti, fui atrás do PETA, onde identificam as empresas que maltratam os animais.
Temos que usar sim de beleza, mas vivermos em paz com as criaturas do Planeta.
Não chego a ser vegana, vegetariana, mas sou sim ambientalista, e nesse meu ponto de vista, faço as coisas de acordo com que eu vivo, e eu acredito.
Então, para você que gosta de maquiagem, de perfumaria, deixo nessa poesia que sou também revendedora dos produtos da Jequiti, e assim, com preços acessíveis, sei que não está fácil para ninguém, mas peço quem me conhece, venha adquirir de minhas mãos esse produto que utilizo e é muito bom.
Consulte sempre a lista do PETA, para ficar informado, veja que muitas empresas devido ao marketing fazem propagandas enganosas, então sejamos pessoas respeitosas para a vida animal, pois eles estão aí como obra de Deus, assim, como nós seres humanos.
https://www.google.com/search?client=firefox-b-d&sxsrf=ACYBGNQoi2uadcR3bqgC7nsuc6o7Sq_m3Q%3A1569950299222&ei=W4qTXfyuDZey5OUPt46B6A0&q=empresas+que+fazem+testes+em+animais&oq=testes+de+animais&gs_l=psy-ab.1.1.0i71l8.0.0..8139...0.2..0.0.0.......0......gws-wiz.f3fgHRZCfhs

https://www.google.com/search?client=firefox-b-d&q=Lista+oficial+da+PETA+2019

https://www.mensagenscomamor.com/mensagem/205771

https://www.jequiti.com.br/


Teka Castro
São Paulo, 1 de outubro de 2019.
Ofereço aos meus clientes e ex-clientes.
Ofereço ao SBT
Ofereço aos consultores e líderes da Jequiti, e a todos que lerem esse pequeno texto.
Gratidão, mesmo que eu não seja a melhor consultora, mas levo aos outros um amor incondicional a todos.
Paz e bem.

 

3639432217?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

Santa Terezinha de Jesus

Santa Terezinha de Jesus

Marie Françoise Thérèse Martin, 2/1/ 1873, nasceu na França, desde miúda muito doente, mas conheceu alguém que fez à ela muito bem, e determinada, adentrou no Carmelo aos 14 anos.
Evangelizou sem nunca sair do convento, e hoje comemora-se o dia de Santa Terezinha.
Sempre que passava o Ostensório em sua frente ela jogava pétalas de rosas, e antes de falecer, disse que iria fazer chover, uma chuva de rosas.
Então, aos 30 dias de setembro de 1897, aos 24 anos, sua alma foi levada aos céus.
E, assim, após canonizada, hoje é comemorada dentro da tradição católica a homenagem à Santa Terezinha, a Teresa das rosas, e de bênçãos, intercessora de Cristo, e que realiza milagres.
Que Santa Terezinha, nesse dia possa auxiliar meus filhos, minha família, que caiam pétalas abençoadas de Deus para todos nós.
E, que nessa intercessão que à ela faço, traço o cuidado de meus filhos carnais e espirituais, e que peço perdão, e também exponho meu coração para que todos tenham paz e harmonia, e que nesse dia, a paz reine em todos nós.
Devotos ou não. Que haja prosperidades e certezas de gratidão.
Para refletir um pouco:
https://cruzterrasanta.com.br/historia-de-santa-terezinha/111/102/#c

https://diocesedesantoamaro.org.br/paroquias-da-diocese-de-santo-amaro/paroquia-santa-terezinha-do-menino-jesus/

https://santo.cancaonova.com/santo/santa-teresinha-do-menino-jesus-intercessora-dos-missionarios/

São Paulo, 1 de outubro de 2019.
Há exatos 19 anos, meu Gabriel foi fotografado no jardim de nossa casa na motoca do Pedrinho, e 3 dias após, submetido ao cateterismo em 4/10/2000, no Hospital São Paulo, onde teve reação a anestesia, e ficou especial durante um ano, um mês e um dia, após isso, Deus o levou para junto dele.
A foto abaixo é de Gabriel Gonçalves Mendes Castro, meu anjo que está com Deus.
Teka Castro, mãe, professora, escritora, espiritualista e ambientalista.
São Paulo, primeiro de outubro de dois mil e dezenove.
9h e 53 min.
Descrito em 2 sites.
Basta procurar por Tereza Cristina G Castro ou Téka Castro.
Ofereço a todos os devotos de Santa Terezinha, aos meus filhos, e a todos de minha grande família, luso-espânica.
E, também ofereço a todos os jardineiros, como seu Domingos, seu Severo, que fazem a jardinagem em casa de mamãe.
A todos os paisagistas, e enfim aos aniversariantes do mês de outubro.
Teka Castro, paz e bem.

Categoria: Prosa poética em homenagem

 

3638348233?profile=RESIZE_710x3638349463?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

Rosh Hashaná e outros pensares

Rosh Hashaná e outros pensares


Cultura de um povo, de uma Nação, onde para nós que nos dizemos cristãos, devemos respeitar, pois foi lá que Deus encontrou a jovem Maria, que disse seu sim, e foi na Terra, mãe do Cristo, do Emmanuel, do filho de Deus, anunciado pelo anjo Gabriel.
Respeito as religiões antigas, é ter respeito ao ser humano, e ter respeito a Deus.
Que todos os judeus tenham um ano excelente de paz, harmonia, e lembrar das doze tribos, lembrar do filho de Abraão com a escrava, lembrar que todos por Natureza, somos uns irmãos dos outros.
Eu embora espiritualista, respeito, não concordo com fanatismos, de pessoas de má índole, mas respeito todas as religiões.
Fanatismo, e pessoas que cobram por uma casa no céu, cobram R$ 1000,00 por vassoura que varrerá a maldade de nossas casas, ou pessoas que brincam com algo grave como as drogas, libertando-as em 3 minutos, tudo isso para mim, é um pouco duvidoso.
Tem igrejas, religiões, denominações, que valha - me Deus, eu fico horrorizada, pois como entender que Deus falou com padres para abusarem de meninos ou meninas, depois pregarem no Altar a Consagração da Última Ceia, ou ainda de pastores que dizem que Deus, mandou engravidar meninas, para aquele ciclo de pessoas, ou do dízimos serem feitos em maquininhas, com cartão de crédito, ou débito.
Temos que lembrar que existem líderes religiosos que acabam invertendo a própria Escrita seja da Torá, do Alcorão, da Bíblia, enfim, as pessoas destorcem os fatos, destorcem as mensagens, e por que não dizer, destorcem as próprias regras da Vida.
Então, quero desejar ao povo sofrido, que venceu ao holocausto, que se ergueu e se tornaram refugiados em muitos lugares.
Agradecer a esse povo, e a Deus, referente um dos maiores cientistas que amo e admiro, que estudou muito, que formulou A Teoria da Relatividade: Einstein.
Então a todos Rosh Hashaná a todos.
Aqui no Brasil temos muitos judeus, uma família que veio da simplicidade e para bem dizer das ruas cariocas, construiu um império e hoje popularmente conhecido com Silvio Santos, ou o Senor Abravanel.
Enfim parabéns a todos, que Deus os abençoe e que tenhamos um feliz ano novo.
Sites de pesquisas:

https://pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/603056/jewish/Rosh-Hashan.htm

https://www.infoescola.com/religiao/ano-novo-judaico/

https://www.google.com/search?q=holocausto&oq=holoucas&aqs=chrome.1.69i57j0l5.4738j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8


https://www.google.com/search?q=senior+abravanel&oq=senior+abravanel&aqs=chrome..69i57j0l5.11177j0j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8


Paz e bem.
São Paulo, 30 de setembro de 2019.
Dia da secretária ( https://www.google.com/search?q=Dia+da+secret%C3%A1ria&oq=Dia+da+secret%C3%A1ria&aqs=chrome..69i57j0l5.7263j1j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8 ), onde ofereço a todos que fazem parte engrenagem de uma empresa, de uma escola, de uma Instituição Religiosa, enfim a todos.
Que a vida floresça todos os dias.

Escritora formada em Química Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro, filha de imigrantes portugueses, e casada com filho de imigrantes espanhóis.
Deus os abençoe sempre.

https://www.google.com/search?q=cantos+juda%C3%ADcos+para+comemorarem+o+ano+novo&oq=cantos+juda%C3%ADcos+para+comemorarem+o+ano+novo&aqs=chrome..69i57.15096j0j9&sourceid=chrome&ie=UTF-8

Transcrita para 3 sites.
http://etastic.com - Tereza Cristina G Castro
https://belasartesbelas.ning.com/ - Tereza Cristina G Castro
http://www.escrita.com.br/ Tereza Cristina G Castro

 

3636856436?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

"Sem Título - texto escrito no face."

"Sou passional, apaixonada pela vida, pelas artes, poesia, canto(nada canto), teatro, dança, pintura, escultura, arqueologia....Pinturas rupestres....
Sou passional e escrevo muitas coisas das quais vejo, escuto, observo.
Sinto muitas vezes que as pessoas não são sinceras, todos nós temos nossas neuras, nossas quimeras.
Temos nosso ponto positivo e negativo, anjos e demônios somos todos, estamos no mesmo rumo.
Porém em resumo, amo ser ambientalista doente, e desde o dia 18/9/2019, não estou varrendo minha calçada, nem a sarjeta, devido uma queda que tive em 17/9/2019, ao sair da escola onde trabalho.
O tornozelo dói, e a alma também, vejo que mesmo esses dias de chuvas, não impediram as pessoas de jogarem nas ruas o lixo, e esse invadir a casa alheia.
Não é por que moro no alto, que não me importo com que está abaixo.
Falo das artes, pois se observarmos bem a obra divina, Rios, Mares, Cachoeiras, Matas, Florestas, Animais, todos são obras prima de Deus, nosso criador, e se observarmos aos homens, uns com olhos azuis, outros negros, outros são branquinhos, pela falta da melanina (https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/albinismo/24/), outros possuem cor de ébano, e mesmo assim, se estudarmos anatomicamente, não temos sangue azul, temos as mesmas quantidades de órgãos, e dentro do nosso corpo, nossos órgãos, possuem a mesma cor.
Temos, então como humanos, a mesma composição de DNA básicas, temos que ter a arte da vida, e não brigarmos por irracionalidades como guerras, ganância,orgulho, ou simplesmente por acharmos que somos donos de nossos próprios corpos, isso quando assassinamos um embrião, sim ao pensarmos e cometermos aborto, somos assassinos, tanto a mulher, o médico que realiza e outros que participam, ou sermos donos de um homem, ou de uma mulher.
Temos que ter a arte do olhar da vida, do olhar de Deus, do perdão e acima de tudo de nossa própria consciência.
Diga não ao aborto, diga sim a Vida.
Diga não a violência doméstica, respeite a ti e ao outro.
Ninguém é de ninguém, mas todos nós somos filhos de Deus!
E, sendo passional assumo minha sinceridade, falo do que vivo em minha realidade, amo o que faço, e agradeço o apreço dos que leem.
Amo minha arte, na qual faço parte da Família de Deus.
Viva a vida com amor e paz. Viva com respeito e atenção.
Lembre-se todos somos irmãos perante Deus, Aláh, Jeová....
Abraços a todos e ofereço a todos que possem deficiência auditiva, a APAE ( http://www.apaesp.org.br/pt-br/Paginas/default.aspx ) A Associação Nova Projeto e a todos que enxergam no especial alguém normal.
Publicado o texto no facebook e também em mais 3 sites.
Téka Castro
SP 26 de setembro de 2019.
18h 27min.
Quinta fria de primavera.
 
3630227495?profile=RESIZE_710x
Saiba mais…

Resumo da escrita em minha vida

 

Resumo da escrita em minha vida

Hoje com as redes sociais, e muito mais, se noticia o número de crianças e adolescentes prodígios, na dança, na escrita, em outras artes.
Tendo hoje 52 anos, há uns 20 anos iniciei minha jornada literária, em folhetins, como: A tocha, Reviragita, Folhetim Gospel, e tantos outros, não tinha a linguagem do computador, mas tinha o prazer das cartas manuscritas, o envio pelo correio, a colagem e cobrança dos selos, e lembro bem, que ao morar na Rua Particular A, 17, atual Luiz Bazzani, o carteiro muitas vezes, só adentravam a rua, para me entregar as inúmeras cartas que vinham como resposta. Ah. Não posso deixar de escrever, que no meu primeiro trabalho, na Associação Mens Sana, fundada pelo Frei e parapsicólogo Albino Aresi, tive o prazer de escrever na Revista Mens Sana, editora Sandra Abel, que muito me deu valor, além de tudo uma chefe incrível.
Daí, a partir de tudo, do Reviragita, conheci outras propostas, conheci Leila Miccólis, e Urhaci Faustino, e após isso, novos autores, escritores, de toda parte do Brasil.
De repente, me vi envolvida na vida cotidiana, recém - casada, numa nova função em minha jornada, fui professora coordenadora pedagógica, nos anos de 1996,1997, e início de 1998, na EE Professor Doutor Lauro Pereira Travassos, e outras coisas, como ser também dona de casa, mas sem largar a escrita, que me acompanha desde a tenra idade, desde os meus versinhos, minhas quadras, meus rascunhos, até a busca insistente pela arte das Ciências, pois além da escrita, amava e amo a Matemática, como dizia meu tio Ezequiel Gonçalves (in memoriam): Que a Matemática é a rainha das Ciências, e eu me apaixonei por exatas, não deu para passar em Medicina, como eu queria, mas me formei em Química, e amo, digo, que no meu universo, mesmo estando no século vinte e um, sou uma alquimista da vida, uma pessoa que busca o Elixir de uma Vida Plena, de uma busca por Deus, e assim, faço eu meus versos, meus textos, minha pesquisa, e escrevo hoje para o mundo, tanto impressamente, como no mundo virtual, nos vários sites que participo de modo gratuito, pois, ainda vivo como docente, e todos sabem que no Brasil, a docência em especial na escola pública, não é muito valorizada.
E, assim, vou seguindo minha jornada, nesse mundo fantástico das letras, da vida, e inserir meu cotidiano, de uma forma pura que me assegura ir em frente.
Fico talvez deprimente por não ter verbas para participar de tudo, pois meu mundo tenho que ser sincera, não tenho padrinhos artistas, embora uma gama de pessoas maravilhosas, tenho que custear a minha vida, dos meus filhos, das contas que chegam, e tantos afazeres mais, e sem contar, que sou envolvida na arte, na qual faço ou tento fazer meu melhor.
Quero agradecer a todos os editores-escritores, que me chamaram para participar de suas antologias, de suas vidas, e tenho o prazer de dizer que amo escrever, e ainda escreverei muito mais, afinal escrever, mesmo de maneira passional, é algo que envolve minh'alma, minha família, meus ideais, minha espiritualidade.
Por isso, deixo aqui meu apreço a todos os escritores, aos leitores que gostam do que escrevo, e desejo que todos nós possamos alcançar a tão sonhada paz, em nossas vidas.
Agradeço a Deus, o dom e a arte, agradeço aos meus familiares, pela força que me dão, e enfim agradeço aos meus professores que muito me ensinaram e aos meus alunos também. Afinal, tudo para mim é inspiração, e nesse resumo, sigo um rumo de agradecer a você que for ler, e desejo tudo de bom, afinal a escrita é algo que faz bater meu coração.
Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro.
São Paulo, 24 de setembro, 2019.
Primavera - Hemisfério Sul. Brasil - SP - Vila Missionária.
12h O4min
Com o gesso no tornozelo direito, e um pouco de dor de cabeça.
https://www.google.com/search?q=escritora+Tereza+Cristina+gon%C3%A7alves+Mendes+Castro&oq=escritora+Tereza+Cristina+gon%C3%A7alves+Mendes+Castro&aqs=chrome..69i57.26960j1j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8 - Para sua pesquisa, ou busque por Téka Castro.

Saiba mais…

O degrau ali estava e eu não vi

 

O degrau ali estava e eu não vi

Dia dezessete de setembro de dois mil e dezenove, me lembro, fui a tarde trabalhar, estava feliz por poder orientar algumas informações para os meninos do Grêmio Estudantil, M.L.L, que tínhamos que acertar.
Até dialoguei com a direção sobre o que faríamos no dia seguinte, e também feliz, por ter feito uma simples correção na pastinha de presenças de uma sala a tarde, a pedido da coordenação.
Mas, chegou a hora de sair do trabalho, e eu devido a outros carnavais, desço escada com muita delicadeza, e cuidado, e mesmo assim, naquela noite, eu não vi, o último degrau, e meu tornozelo, novamente o direito, ficou lesionado, mas teve um anjo que adentrava a escola, que me segurou e eu não sofri algo pior.
Sei que falta manutenção nas escolas, e que acidentes ocorrem, e assim, há uma semana estou aqui com gesso, pulando feito saci, e tentando resistir as dores que de vez em quando acometem o local lesionado.
Aquele degrau não tinha que está ali, afinal, antes de uma tal reforma de acessibilidade, tinha uma rampa, que foi construída desde os primórdios da escola, após a tal reforma feita pela FDE, fizeram mal e porcamente uma escada, que já está sem corrimão, sem contar, a danação de uma rampa que leva à quadra, e que está rachada, na verdade, se gastaram milhões públicos, na tal reforma referente acessibilidade, que na verdade se transformou em mais um elefante branco, que no entanto, muitos não estão nem aí.
Mas, lembro, não fui a única a cair ali, uma outra professora, no ano passado também caiu e se ralou.
E, agora senhor secretário da Educação, como cuidar disso, o que posso dizer, a não ser que foi um acidente trabalhista sim.
Mas, a verdade, é que ali, onde trabalho, serão apenas menores que poderão dizer sobre o acidente, e que me viram cair.
Assim, digo não vi, aquele degrau, ele não deveria está ali.
Escrita em dois sites.
Tereza Cristina G Castro
São Paulo, 23 de setembro de 2019.

 

3607246970?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…

Evolução ou volta aos primórdios da Humanidade.

Nessa minha reflexão, tento não resgatar tudo que vejo na televisão ou ouço nas ondas do rádio.
Observo que o homem, por razões mínimas espanca, mata, maltrata, e de uma forma cruel, envenena a própria vida.
Vejo que filhos, hoje 23 de setembro, considerado dia dos filhos, matam os pais, por herança, ou isolam por simplesmente não quererem ter trabalho.
Tento em minha reflexão, notificar, que aqui no Brasil, pelo menos, hão centenas de religiões, e as igrejas estão cheias, mas o que ocorre com a Humanidade?
O por que as pessoas, não se toleram mais? Não há como falar de paz, ao meio a guerra civil que estamos passando.
Sem contar, de pessoas estudadas, que estão roubando, matando, e ou sendo cúmplices das inversões da vida.
Não consigo entender o que estamos fazendo, se somos todos filhos de Deus, de Alá, Jeová, ou outra nomeação para Deus, por que temos preconceitos de cor, raça, só há uma: Ser humano, não temos outra.
Vemos, que o mundo se perdeu, estamos voltando a era da escravatura, ou será que nunca saímos? Sem contar que estamos regredindo, voltando a ditadura, e aplaudindo ainda tudo que está em nossa vida.
Os valores simplesmente se foram. Pais não respeitam filhos, filhos não respeitam pais, e muitas vezes, sobre cai toda essa violência na escola, e vemos hoje em dia, como anda a vida dos professores, adoentados, acamados, com o olhar tristonho.
E, os alunos, poucos são os que querem realmente estudarem, poucos são os que dão valor aos pais e professores.
Sem contar dos exemplos que vivenciamos dia a dia, posso parecer preconceituosa, algumas vezes, não nego, a pessoa quer ser o que acha que é, mas eu também tenho que ser respeitada com meu pensar, com meu jeito passional de menina-mulher, com os dogmas que eu venha acreditar.
Respeito a cada um, sei também que já escrevi por impulso sobre muita gente, que ficaram descontentes, até familiares, não nego isso, e eu percebi que as pessoas, dizem perdoar, perdão??? Não sei não, ficaram cicatrizes em nossas vidas.... No âmbito familiar, e também no profissional, mas, eu sou sincera, e as pessoas nas quais se sentiram ofendidas, serão sinceras quanto eu???
Sim, reflito tudo que vivo no mundo, tento me colocar na posição do algoz ou da vítima, enfim, estamos todos no mesmo barco, e nessa mar, estamos naufragando, até quando aguentaremos tudo isso?
Estamos voltando aos primórdios da humanidade, onde se brigava por um "prato"de comida, e enfrentamos o medo de sairmos novamente de uma caverna.

Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro
Professora da disciplina de Química, escritora, ambientalista e espiritualista.
#sincera
#justiça
#amor
São Paulo, 23 de setembro de 2019.
Com gesso no tornozelo direito após um acidente de trabalho no último dia 17/9/2019.

Escrita em 2 sites.
http://www.belasartesbelas.ning.com
http://etastic.com

 

3606889597?profile=RESIZE_710x

Saiba mais…