Posts de Soaroir de Campos (137)

O Encanto do Parque

Soaroir 10/8/2014

Olá. Bem vindos ao meu charming parque ou seja, encantado ao final de um sábado inteiro estalando num sol de 30 e um vento de vários nós. 

A princípio você poderá sentir alguma dificuldade para descobrir por onde começar a se divertir; pode se sentir meio enfadado por ter que passar por toda a experiência que há mais de 20 anos era um “barato”. - acompanhar suas crianças descobrindo a natureza. 

3541883495?profile=original
Mas vamos lá. O parque chama-se Thurleigh – pronuncia-se mais ou menos “ Turli” ; em uma fazenda situada no condado de Bedford, Leste da Inglaterra. Distante de casa bem uma hora e dependente de carona, o jeito foi me conformar e esconder os bocejos.

Depois de verem plantas e animais falantes dos cartoons, quem quer saber de ver bodes que só fazem “béééé” e llamas que só cospem?

3541883619?profile=original
Eles só pulam! Pensei. Olhar cavalos, cabras, galinhas, coelhos, correr com os gansos... Nada disso. Vamos é andar de trator, entrar no velho carro de bombeiro para ver por onde sai a água... 
3541883529?profile=originalJogar golfe? Muito trabalhoso. Escalar paredão e “pula pula” prendem a atenção por alguns instantes, mas logo em seguida saem correndo sem olhar para trás, como se para alcançar o próximo não sei o quê e em velocidade supersônica não mais compatível com o fôlego dos avós.
 
Troca fralda de um, procura da lixeira própria para jogar cocô;
- Ô, volta aqui, aí não... O outro resolve mijar em público e molha as calças e as sandálias...Troca tudo, ensaca e põem na mochila que pesa mais do que as dos universitários daqui de Cambridge. 3541883638?profile=original
Meu deus... Como consegui um dia ter sobrevivido a tudo isso? E por duas vezes distintas...

Eu e um dos meus filhos, o de 36, relembramos os dias nos parques lá de São Paulo e nossas diversões no Parque Nacional de Itatiaia. Realmente os parques são eternamente mágicos.

Sem revisão
Saiba mais…

Na Semana do Escritor

Escrever

Semana do Escritor
Soaroir July 22/2013

huge_assortment_of_vintage_typewriter_keys.jpg?width=350 

Na mágoa ou regaço o escrever me toma 

Ficamos íntimos. Eu, longe de atrevimento digo

Para mim escrevo - sem acanhar meu tempo

As máximas ou ditames de quando me enfureço

No flanar de afagos vagos, ainda, me escrevo

Como se diante de samovares e confetti de biscoutas...

e... sempre volto,  pelo verbo volto.

Soaroir July 22/2013
Saiba mais…

AZUL É ASSIM

Azul é Assim

Soaroir 19/6/2014

images?q=tbn:ANd9GcSXJ9B84nk9GXss_xCfMvciHNNGV1drqC1ODOzesRB6QVtOI6_tcw
imagem/google
Azul é o céu
      quando a chuva sai
Azul são as violetas
      que ornam meu jardim
Azul fica a sombra
      quando a neve cai
Azul vira azurium 
      em arcaico latim.

Azul é assim...assim, assim!
(para varaldoluna)
Saiba mais…

Minhas Mini Crônicas Antigas

Mania de Viver

"Essa Tal Mania de Viver"
By Soaroir 24/8/08
taa577e29d1cc67f6365edb0a8090b9baa5_h_large.jpg

Se viver fosse um acesso de veneta, vá lá. Não é o caso. Não vou, mesmo porque não sei, entrar no mérito da criação, tampouco me enfronhar em "princípio de organização dinâmica, diretor e avaliador que determina as vivências e atos do indivíduo". Egos e superegos esta mini-crônica não cobrirá. Na minha simplória opinião, a culpa, se é que  existe alguma, deve ser daquele tal de Cupido que emaranha vida, amor e existência.

Essa tal mania de viver pode ser vista de vários ângulos. O meu, olhando para o lado real, tudo depende em que parte do Globo se vive.  Por exemplo, na Indonésia, 1 Real compra 5.630,36 Rúbias, já em Chipre, dá para comprar 0.24 de Libra CIP.¹

Livre arbítrio à parte, tem gente que diz que não basta existir e que é preciso viver e que para isso tem-se que ser humilde para reconhecer a própria ignorância e ser um eterno aprendiz. Convenhamos: deve ser (um pé) desesperador para um aluno saber que nunca sairá do banco da escola, principalmente se ele entender que, assim que começar a se alfabetizar na vida, ele morre e, nada, absolutamente nada do que assimilou lhe servirá depois de morto. A não ser que o discípulo acredite em reencarnação. Ele foi um faraó antes, e seu barco ficou a deriva e anda perdido por aqui, ao invés de ter ido se juntar aos deuses. Caso contrário, de pé ou sentado, virando cambota ou pendurado, vamos vivendo. Como prever  o futuro é muito difícil, mais ainda controlá-lo, vamos escrevendo. Pelo menos assim somos o sujeito da história.



Em resposta a crônica/dúvida de Yuri  em "Crônicas" do RL:
¹  http://www.bc.gov.br/htms/bcjovem/moedasmundo.htm
Saiba mais…

Esperança de um Novo Amanhã

Nova Manhã

© Soaroir M de Campos

6/5/14

3541863970?profile=original

imagem by Tucalipe

Uma sensação muito boa.

Como se um galho podre,

impedindo minha visão,

houvesse se desprendido;

ido por terra alimentar

insetos e minhocas.

Claramente vislumbro,

mais rico, o amanhã...

O que terá mudado

entre o ontem e o hoje?

Deduzo, não sei...

a sombra dos galhos podres.

Soaroir 6/5/14

Saiba mais…

Mãe

TERÇA-FEIRA, AGOSTO 26, 2008

Air Mail

© Soaroir 26/8/08



Foto: Live from Silicon Valley

Diga-me mãe, como é fazer 95 anos?
Seu aniversário é só amanhã, mas assim
esta lhe chegará com os primeiros raios do Leste.
Por aqui tudo na mesma, inclusive a carestia.
Tudo pelos olhos da cara – me diga como está aí?
As crianças, já crescidas, formadas e casadas,
agora chorando menos, aproveitam e mandam lembranças.
Eu é que ando um pouco cansada, mas isso logo vai passar
assim que eu tomar juízo e o remédio da pressão
que vive no sobe e desce. Diga-me mãe, e a sua já melhorou?

Lembra-se daqueles improvisos de versos que você fazia?
Pois é, agora ando treinando, até arrisco umas poesias:

Você não precisa de um papel para saber
o que tenho pra dizer - mas não fique triste
se eu demorar muito para lhe escrever
sobre nossas boas novas e alguns chistes.

Todos de sua casa agradecem as bênçãos recebidas
e lhe enviam em oração um punhado de beijos e abraços
para você, papai, vó Mila, tio Tião, Anízia e toda a parentada.

Contando com seu perdão por qualquer coisa mal-falada,
me despeço por enquanto. Só uma coisa aqui não vai
poder ser enviada – é o meu “parabéns” porque você daqui já partiu.
Diga-me mamãe - eu estou perdoada?
http://pote-de-poesias.blogspot.com.br/2008/08/air-mail.html
Saiba mais…

Pensamentos do Dia

"

Provérbio Africano

Toda manhã na africa, a gazela acorda.

Ela sabe que precisa correr mais rápido que o mais rápido dos leões para sobreviver.

Toda manhã um leão acorda.

Ele sabe que precisa correr mais rápido que a mais lenta das gazelas senão morrerá de fome.

Não importa se você e um leão ou uma gazela.

Quando o sol nascer, comece a correr."

leao-e-gazela.jpg

Saiba mais…

Sem Lenço Sem Documentos

Soaroir

Coleção Perdidos na Net

 
Adquerência
By Soaroir 17/9/12
 
 
Do ter e do ser me abstive
Não voto a favor nem contra
De quem aonde  estive
Por lá ainda se monstra;
 
Em “estar” me enlameio
Eu, só tô – e me açaimo -
E me mondo, me escoiceio -
Prepondera meu arraigo...
 
Aos credores, cedo o bulício
Devedores, o meu perdão
Diante de tanto convício
...parti eu de antemão.
 
Troquei de endereçamento,
Descartei toda a matula;
Caminhei a contra vento
...E a coragem? Vide a bula!
 
Obstados todos chips
De orgulho e obrigação
Ao seguir ipsis litteris
Hoje voo - com direção
 
Vou sem cuia nem cuitê,
Certidões de assentamentos;
Quem quiser de mim saber
É só perguntar aos ventos.


Exercício Criativo
Saiba mais…

Ser Poeta é...

SER POETA É O BICHO...
images?q=tbn:ANd9GcSz7cAdculRKY6S8Q8MEA63pNE0m1nRYkELjZ8fYnu-nB5f5x60yAwha1Sk
imagem/google

Ser poeta é o bicho...
© Soaroir

i
Poeta é um ser contente
Ainda que viciado na dor
Passa a vida sofrendo
Dizendo ser por amor
ii
Ser poeta é não ter medo
Se arriscar a ser ridículo
Fazer uns versos tolos
Pensando serem versículos
iii
Poeta é ser visionário
Com a cabeça sempre no ar
Mantendo os pés no chão
E amor em todo o lugar
iv
Ser poeta é um castigo
Quase uma maldição
Precisar ter uma musa
Pra servir de inspiração
v
Poeta é ser egoísta
Só falar de si e das musas
Dizer tudo que bem pensa
Sem ter que pedir escusas
vi
Ser poeta é ser divino
Também é ser um capeta
Sutilmente com argúcia
Põe a boca na trombeta
vii
Poeta é ser pretensioso
Diz-se artista e profundo
Jura que sua poesia
Um dia ainda alcança o mundo
viii
Ser poeta é viver pobre
Só rico de imaginação
Em terra em que o “larjant” manda
Não se conta inspiração
xi
Ser poeta é ser tudo isso
Bem mais e muito mais
Que juntar sentimentos
Consoantes e vogais.



Ser poeta é o bicho...
© Soaroir 28/10/07 
  
Reeditado em 29/10/2011
Código do texto RL: T3304628
Classificação de conteúdo: seguro
Saiba mais…

O Cafundô das Palavras

O Cafundó da Palavra

Copyright Soaroir
7/6/09
images?q=tbn:ANd9GcTBJ1Ri_TITrOJsCKY08zKbTamBx5ezHTsaRXXBZbNSPosDssCS


a palavra preciosa se esconde
no fundo do mistério
e ansiosa pula, e pinta a minha tela
com as cores das barrancas
da fumaça das casas de reboco
com vozes de parlamentos
departamentos de idéias alegres
apaixonadas, solitárias
ou melhor coisa fonêmica
insculpida em minha memória.



Mote:
"Por vezes sinto que tão belas palavras não são minhas.
Mas se elas não são minhas? De onde elas vêm então?"

Juliana Castelar
Saiba mais…