Posts de Sílvia Mota (1115)

Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

TRÍVIOLETRA (TC) & (TS): CASCATA

TRÍVIOLETRA (TC): CASCATA

C huva não caiu // cascata secou // na cabeça agua-ardente! (2)
Á guas passadas // leito seco // chora natureza (4)
S umida lagrima // arco-irís // cachoeira fresca (5)
C ´as_cata minha garganta // NA CABEÇA // teus olhos catarata (1)
A bditae causae - // cabeça afogada // íris cascata (6)
T antas palavras, tantas mentiras // chororô // vira ira (3)
A guas cegas // salobras vias // ideias ocas, vazias(7)

Marco Bastos 1
João P. C. Furtado 2
Celinha Viol 3
Marcia Portella 4
Maria-José Carvalho Dias 5
Sílvia Mota 6
Gustavo Adonias Bastos 7

TRÍVIOLETRA (TS): CASCATA

C ´as_cata minha garganta // NA CABEÇA // teus olhos catarata (1)
C huva não caiu // cascata secou // na cabeça agua-ardente! (2)
T antas palavras, tantas mentiras // chororô // vira ira (3)
Á guas passadas // leito seco // chora natureza (4)
S umida lagrima // arco-irís // cachoeira fresca (5)
A bditae causae - // cabeça afogada // íris cascata (6)
A guas cegas // salobras vias // ideias ocas, vazias (7)

Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

TRÍVIOLETRA (TC) & (TS): CÓRREGO

TRÍVIOLETRA (TC): CÓRREGO

C ascata // quebra-pedra // arco-íris tinge as espumas (5)
Ó h! rios do mar // ÁGUA CRISTALINA // escorrega da neblina (1)
R olou rolou // o céu secou // pingo minguou (3)
R egatos saltitam // cristal de agua // canto das pedras (4)
E ivado cristal // corre de ira // seca defunto... foi mal! (7)
G ota à gota // água da fonte // à caminho do mar...(2)
O vale de luz // cristais, corredeira // velhos moinhos de vento (6)

Marco Bastos 1, 6
Celinha Viol 2, 5
Marcia Portella 3
Maria-José Carvalho Dias 4
Sílvia Mota 7

TRÍVIOLETRA (TS): CÓRREGO

Ó h! rios do mar // ÁGUA CRISTALINA // escorrega da neblina (1)
G ota à gota // água da fonte // à caminho do mar...(2)
R olou rolou // o céu secou // pingo minguou (3)
R egatos saltitam // cristal de agua // canto das pedras (4)
C ascata // quebra-pedra // arco-íris tinge as espumas (5)
O vale de luz // cristais, corredeira // velhos moinhos de vento (6)
E ivado cristal // corre de ira // seca defunto... foi mal! (7)

Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

TRÍVIOLETRA (TC) & (TS): AIROSA

TRÍVIOLETRA: (TC): AIROSA

A gradável e esbelta // com curvas e contra // mas assanhada! (2)
I nata graciosa // nas quebradas gira // estrela de lume (3)
R osa dos ventos // DESTE CAMINHO SEM BEIRA // luz na algibeira (1)
O h! saçarica moça rica // sem eira e nem beira // rosa... ai_rosa (5)
S útil, com graça // desfila na praça // olhos fixos, ilusão (4)
A i Rosa rosa! // meu coração tomaste // perdido fiquei...(6)

Marco Bastos 1
João P. C. Furtado 2
Marcia Portella 3
Celinha Viol 4
Sílvia Mota 5
Maria-José Carvalho Dias 6

TRÍVIOLETRA: (TS): AIROSA

R osa dos ventos // DESTE CAMINHO SEM BEIRA // luz na algibeira (1)
A gradável e esbelta // com curvas e contra // mas assanhada! (2)
I nata graciosa // nas quebradas gira // estrela de lume (3)
S útil, com graça // desfila na praça // olhos fixos, ilusão (4)
O h! saçarica moça rica // sem eira e nem beira // rosa... ai_rosa (5)
A i Rosa rosa! // meu coração tomaste // perdido fiquei...(6)

Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

TRÍVIOLETRA (TC): JABURU

TRÍVIOLETRA (TC): JABURU

J á doem meus dedos // MEDOS // Tu iu - you, lê e não faz - quem não tem pena (1)
A h que pena //é um barato (a) // ave faminta sem pena (2)
B ate as asas // tu iu iu não vê // voo cego não mata (3)
U rutu gravata // carcará desdita // caburé caricata (4)
R umor na tuba // terno branco //gravata vermelha (5)
U i! cedo ao medo... // mode demo edom // rebu... ou será tabu? (6)

Marco Bastos 1, 4
Marcia Portella 2, 5
Celinha Viol 3
Sílvia Mota 6

Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

TRÍVIOLETRA (TC) & (TS): SOTURNO

TRÍVIOLETRA (TC): SOTURNO


S ai do charuto // NOTURNO SUSSURRO // ousai, ou sais de bismuto (1)
O som constipado // ecoa tombado // descamba ladeira (4)
T ristonha espera na Igreja // sol deu adeus // murmurio geral ! (3)
U TI soturna // SUSsssssss_urro // taciturna (6)
R emédios, sais medicinais // urro sirene // murro, quelene (7).
N oite sombria // brumosa lá fora // coruja que pia (2)
O s vultos da sombra são fumo // Lua? // sal pica negra (5) 

Marco Bastos 1, 7
Celinha Viol 2
João P. C. Furtado 3
Marcia Portella 4
Maria José Dias 5
Sílvia Mota 6

TRÍVIOLETRA (TS): SOTURNO

S ai do charuto // NOTURNO SUSSURRO // ousai, ou sais de bismuto (1)
N oite sombria // brumosa lá fora // coruja que pia (2)
T ristonha espera na Igreja // sol deu adeus // murmurio geral ! (3)
O som constipado // ecoa tombado // descamba ladeira (4)
O s vultos da sombra são fumo // Lua? // sal pica negra (5)
U TI soturna // SUSsssssss_urro // taciturna (6)
R emédios, sais medicinais // urro sirene // murro, quelene (7).
Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

TRÍVIOLETRA (TC) & (TS): MIRAGEM

TRÍVIOLETRA (TC) MIRAGEM


M entira que faz // verdade fantasma... // fugaz (2)
I lusão // VISÃO ENGANOSA // sonho navega e não diz (1)
R astros se perdem // areia nos olhos // uma visão sem chão (4)
A miragem é feia // água no deserto // boca cheia de areia (5)
G ota seca // rosto vendado // velando o passageiro (7)
E mbaça a vista // falsidade é listra // no fim do horizonte (6)
M anto torpe // caixa sombria// vida deserta dormida (3)

Celinha Viol 1,4
Sílvia Mota 2
Maria- José Carvalho Dias 3
Marco Bastos 5
Gustavo Adonias Bastos 6
Marcia Portella 7

TRÍVIOLETRA (TS) MIRAGEM


I lusão // VISÃO ENGANOSA // sonho navega e não diz (1)
M entira que faz // verdade fantasma... // fugaz (2)
M anto torpe // caixa sombria// vida deserta dormida (3)
R astros se perdem // areia nos olhos // uma visão sem chão (4)
A miragem é feia // água no deserto // boca cheia de areia (5)
E mbaça a vista // falsidade é listra // no fim do horizonte (6)
G ota seca // rosto vendado // velando o passageiro (7)
Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

TRÍVIOLETRA (TC) & (TS): ENLAÇO

Trivioletra TC: ENLAÇO

E lo de amor // fugaz... // ou fullgás? (2)
N ó cego é pior que laço // cego // não vê corda roída (5)
L aço-laço // dure o que durar // presa ou solta é lei ! (4)
A rroubo // paixão fugaz // laçadas soltas em paz (3)
Ç ada laçada prende mais // aconchega // não se desfaz (6)
O laço solto // FIDELIDADE // fugaz abraço amigo (1) 

Maria José Carvalho Dias 1
Sílvia Mota 2
Celinha Viol 3, 6
João P. C. Furtado 4
Marco Bastos 5 

Trivioletra TS: ENLAÇO 

O laço solto // FIDELIDADE // fugaz abraço amigo (1)
E lo de amor // fugaz... // ou fullgás? (2)
A rroubo // paixão fugaz // laçadas soltas em paz (3)
L aço-laço // dure o que durar // presa ou solta é lei ! (4)
N ó cego é pior que laço // cego // não vê corda roída (5)
Ç ada laçada prende mais // aconchega // não se desfaz (6)

Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

Sífilis // Epidemia // Morte

Sífilis // Epidemia
Contaminado de ódio, // micróbio do pânico,
Espalhas o sofrimento, // entre mundos oscila
Infeccionando sentimentos, // contaminante surto!
Jamaveira® // Denise de Souza Severgnini
 
Sífilis // Morte
Contaminado de ódio, // podes nascer da paixão
Espalhas o sofrimento // e, fantasiada de amor,
Infeccionando sentimentos // debruças sobre a Morte!
Jamaveira® // Sílvia Mota.
 
Sífilis // Epidemia // Morte
Contaminado de ódio, // micróbio do pânico, // podes nascer da paixão;
Espalhas o sofrimento, // entre mundos oscila // e, fantasiada de amor,
Infeccionando sentimentos, // contaminante surto, // debruças sobre a Morte!
Jamaveira® // Denise de Souza Severgnini // Sílvia Mota


Em resposta ao desafio de Jamaveira
"Desafio completar com um triplix este poetrix
Contaminado de ódio
Espalhas o sofrimento
Infeccionando sentimentos.
Jamaveira®"

Publicado no antigo site da Magriça, em 19/01/2010 05:11:19 - 241 leituras

Saiba mais…
Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

Lusco-fusco, Vesper, diamante // Crepúsculo // Ocaso...

Capa e espada... // Da capa da noite desceu // em tórrida insensatez
o golpe lua-minguante // E ao vestir asas-saudades // exibe muda nudez
que desfere. - fere estrela!... // Verteu lágrima brilhante // ao rubor da tez...

Marco Bastos // Arlete Brasil Deretti Fernandes // Sílvia Mota
Rio de Janeiro 5 de agosto de 2011 – 1h10

Saiba mais…