Posts de Romildo Sapucaia dos Santos (3)

O Que está acontecendo ???

Nando acha que o mundo está ao contrário Cássia está certa que não tem explicação Mamonas diz que o homem é cruel Legião conceitua a humanidade como desumana Capital prefere ser mais introspectivo e quase toca o silencio Engenheiros pergunta: “quanto vale a vida?” Joyce fala da outra esfera, a encarnação Brown vê a solução na alfagamabetização Catedral crê que o amor não pode acabar Vercillo acredita que TODOS SOMOS UM Carolina concorda e quer a Unimultiplicidade (by Maisa) Antunes quer envelhecer e ser chamado de velho gagá Da Mata pede pra não deixá-la só, pois tem medo do escuro Camisa chama todos de crianças e diz que isso é só o fim Seixas deveria está contente, mas confessa estar decepcionado Djavan quer mais é viver pra esperar e devorar Gil acredita na fé e canta que ela não costuma falhar Belchior não está interessado em nenhuma teoria Elis fala que não vemos que o novo sempre vem Betânia só leva a certeza de que muito pouco sabe e nada sabe Elba acha que é o começo do fim ou é o fim Ramalho diz que o povo contempla essa vida numa cela Chitãozinho só quer ouvir um “sim” Calcanhoto quer um segundo mais feliz Toller acha que o que devemos fazer é, não ter medo Trio Nordestino disse que o amor não faz mal a ninguém (By Denilson) Leila não se cansa de pedir pra ser beijada Marisa só vai voltar quando se encontrar Fagner passa por aqui lendo o misterioso livro do ser Lenine pede um pouco mais de paciência (By Maisa) Rita pede desculpas pelo auê, e diz que perdeu a cabeça Marina revela que nada de mal nos alcança Venturini viaja com o disco voador e diz que nada faz sentido nesse mundo Por: Romildo Sapucaia
Saiba mais…

O Tempo Amoroso da Eternidade

Outro dia passando pela rua um cachorro sorriu pra mim Então, decide que ninguém mais roubaria meus sonhos... Aquele bebê que chorava nas noites de trovoada Ainda mora no meu ser, e consegue ouvir a chuva caindo na telha... E lembrar da luz faltando, da vela acendendo e da lua no sertão. Meu caminhar é sereno, meus cabelos não bailam no vento Minha preguiça é quase eterna, “quase” pelo próprio preguiçar Não alcançarei os méritos dos heróis, nem chegarei antes da aurora Oxalá seja aberto o portão dos sonhos antes de minha chegada O ato de sonhar me faz vivo, com ânsia de realizar mais e mais Todo o sentido de viver, lá no mundo dos abraços Na singela silhueta das lágrimas das almas Meu canto ecoa nos seus lábios Pétalas de sonetos no deserto Como violinos pardos, dançantes no tempo Sorriso de agradecimento após infinita espera Amanhã o céu estará azul, ou cinza, quem sabe ! O crepúsculo é lindo, de lá do farol da barra. Com a infinidade de cores de uma bola de sabão Tão transparente, tão leve, tão frágil e tão Tao O ar vai mais profundo, quando mais devagar inspirado O amor é, sem ter nó, quando tem pó, sem pré... O amor é sempre eterno, o tempo que o diga. Por: Romildo Sapucaia
Saiba mais…