Posts de Maria-José Chantal F. Dias (79)

BRONZE BABPEAPAZ

O que é ser Virtual...?

3541985040?profile=original

O que é ser virtual?

É ser electrónico?

É ser imaginário?

É ter fios e chips em vez de sangue?

O que é ser virtual?

Digam pois seus craques da Intelligentzia sábia

O que é ser virtual...

É ser dedos

É ser olhar electrónico

Sem sangue circulando

Sem carne amando

Sem coração batendo

Sem dor sem alma sem sentir

Sem calor nem frio sem orgulho nem vida

Só chips, cristal líquido ou sólido

Plástico incolor, transparência sem forma

É som sem instrumento vibratório

Sem sopro ou batimento

Bytes megas bits pixel LAN kilobyte

Modem cyber fantasia?

O que é ser Virtual...?

........  .........  ...........

Para mim é ser Gente...

Com cheiro aroma sabor e sangue vivo...

 

 

3541985088?profile=original

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

TRIVIOLETRA (TI) PANELA

3541983908?profile=original

POEMA TRIVIOLETRA: PANELA

Individual (TI) 

P anelinha panelão // CAIXINHA DO SEGREDO // janela de tropelão (1)
A çaime de criações // loucas desditas // sob a toalha... (4)
N eguinha de coração // rolando no capuá // rimando no blá-blá (2)
E segredo fechado // chave perdida // - Oxalá não vos falte! (6)
L inha cortada // risca traçada // riso na socapa (3)

A marelos olhares // verdes secretam // ditos adormentam! (5)

Chantal Fournet

17/2/2016

Trivioletra Sequencial:

P anelinha panelão // CAIXINHA DO SEGREDO // janela de tropelão (1)

N eguinha de coração // rolando no capuá // rimando no blá-blá (2)
L inha cortada // risca traçada // riso na socapa (3)
A çaime de criações // loucas desditas // sob a toalha... (4)

A marelos olhares // verdes secretam // ditos adormentam! (5)

E segredo fechado // chave perdida // - Oxalá não vos falte! (6)

3541983878?profile=original

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

Espuma dos Dias (Espera-Maridos)

ZC0fJ46oyZMV3tSUS3dK

A ESPUMA DOS DIAS

Na Espera dos Amados...!

("doce Espera-Maridos" - doce Conventual Português)

3541983121?profile=original

Coloque na vitrola uma valsa tocando e siga reunindo seus elementos, leve e cheia de amor!

Os ovos redondos, enchendo delicada e suavemente sua mão, que só de vê-los, sentimos a ânsia dos mesmos! Um tachinho, com uma asa sem vôo, uma colher de pau, pequena e ligeira, sem cheiros salgados; o pote de acúcar, imaginando ser o pão do mesmo, doce e em areia, escorregando por entre seus dedos, sem drama, só doce, docemente escoando! Sobre a sua mesa disponha duas vasilhas ... a valsa vai começar!

No tachinho vá colocando colheres de sopa de acúcar, cobrindo-as com um belo copo com agua! Não permita que o lume esteja muito espevitado, pois a pressa é inimiga do amor!

Pegue-se em 12 ovos, separe as firmes gemas das suas claras escorregadias, prometendo-lhes que se irão reunir breve breve! Desfaça a firmeza das gemas com um garfo, sentindo a sua macieza.

O acúcar deverá ter atingido seu ponto de fusão certo, em fio doce sem pérola na ponta, e docemente se escoa da colher.

Coloque seu corpo a jeito, para que o doce liquído quente, desça sobre as gemas sem pressa, sem violência, num fio fino, enquanto a sua mão gira, em movimento constante, sem pressa, ritmado, ligando o doce liquido e as gemas sem brusquidão, mas firmemente!

Verta agora, a mistura de volta ao seu tachinho e coloque no lume bem suave, mexendo com sua colher de pau, ligeira e fina, fazendo 8, que abrange todo o fundo da panela e o profundo dos elementos, dando o Infinto de Deus aos dias em espuma. Balance seu corpo ao som e ritmo da Valsa tocando!

Quando essa mistura ficar mais densa, como só o Amor, quando cresce e tudo recobre espessando.

Deixe então com calma refrescar, à temperatura do ambiente, não esquecendo de colocar na mistura um avelã de manteiga, para a fluidez não se perder.

Porque os dias da vida, mesmo em espuma, têm pequenas pedras a ultrapassar, envolva lascas de amêndoa, no Sol que se fez em creme!

Ajeite seu cabelo, enfeite e perfume suas formas, faça o que mais lhe apetecer! Solte seu corpo e seu espirito ao som da Valsa!

Quando estiver para chegar o Amor, solte umas pedras de sal nas claras translúcidas! Dê-lhes esse toque de mar, que dá sabor e balanço à Vida.

Inicie a tarefa de erguê-las em espuma firme, para suavizar e deixar a brisa do ar e do mar entrar em tudo, e sobretudo no Sol, que espera seu momento de se desvanecer flutuando...

Bem firmes mas não duras de pedra - o Amor quer firmeza, mas sem ser duro! - comece gentilmente envolver essa espuma branca no Sol em creme, suavemente, muito suave, docemente envolvendo...

Não esquecer a canela a polvilhar. É o picante necessário aos doces amores.

Saborear...

FIM

em dia de S.Valentim

(Dia dos Namorados)

Chantal Fournet

14/2/2016

3541983130?profile=original

Espumas dos Dias ...

Esperando o marido, o Amado chegar...

Se demora demais

o Amor deslaça e fica sem graça

tudo separa e nem a amêndoa, lasca firme e dura

- qual mandorla da Vida -

o pode segurar...

Espumas...

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

Poema TRIVIOLETRA (TI): BANIDA

3541978824?profile=original

Poema TRIVIOLETRA INDIVIDUAL (TI):  BANIDA

B ritada no chão // secretas fogem as musas // negras nuvens (2)
A lma trilhada // sulcos do Caminho // alma invernada (6)
N em tri_violeta // nem letras // só lama do Criador (5)
I ncompreensível razão // fogem versos // cariz sem dó (3)
D  esilusão vital // VERGONHA E DÔR // emoções em sal (1)

A dor da exclusão // vergonha do ser total // cinzas roxas (4)

3541978993?profile=original

Chantal Fournet

28 Janeiro 2016

Portugal

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

Gratidão pelos Parabéns!...

3541971510?profile=original

Queridos Amigos Escritores!

Como desejo aqui publicar o poema que, o nosso querido Peapaziano Paulo César, me dedicou pelo meu aniversário, resolvi fazer um agradecimento geral, a todos quantos me parabenizaram, aqui ou no Facebook, nesse meu dia de renascer!!

3541971542?profile=originalbarras+de+natal33.gif

Muito grata querido Poeta Paulo César!!

Senti-me muito muito honrada,

por ter tido esse merecimento!

3541971720?profile=original

Paulo César to Maria-José Carvalho Dias

Maria e José no presépio de Belém,
foram o sal e a luz desta terra sem sentido.
Em humildes palhas nos deram, porém,
o Rei dos Reis, templo de Amor nascido!

E neste dia, logo após, ao dia de todo o bem,
noutro espaço, noutro tempo o amor acontecido,
deu lugar a nova vida que na vida foi além
do ser que a luz acolheu no seu primeiro vagido.

É Maria, é José, é mulher de corpo inteiro,
não nasceu em Nazaré, nem descende de David,
mas é de corpo e de alma deste chão - o seu luzeiro -
lutadora sem temor, a amiga que escolhi

para deixar estes versos, pobres, toscos, sem valor,
que apenas querem dizer na distância "parabéns".
Que este seja mais um dia de alegria e muito amor,
junto daqueles que te amam e tu amas sem "porens".

Parabéns, Maria-José. Tudo de bom neste dia e nos dias que estão por vir. Felicidades. Beijinho.

3541971769?profile=original

GRATIDÃO A TODOS!

beijosss

Chantal

28/12/2015

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

3541965477?profile=original

3541965804?profile=original

 "http://peapaz.ning.com/group/antologia-imagem-e-literatura/forum/topics/a-falta-de-um-cochilo-ou-cochilo-demais-cr-nica-humor"

3541965731?profile=original

Da troca de ideias surgem mais e mais diálogos.

Quando comentamos os trabalhos, de nossos amigos Poetas Escritores, vamos desenrolando mais ideias, que vêm até nós como cerejas, agarradas, encadeadas umas às outras num cesto!

Não raro nos acontece ...surgem respostas escritas em forma de Poemas sonetos e acrósticos...e tambem em quase mini-cronicas, como quase sempre acontece comigo e, quem sabe, talvez com outros!

Penso que isso é bom! Penso que isso é o ESTÍMULO provocado pelo Autor! Provoca no leitor, o desejo de resposta ou de algo, como que de um diálogo.

3541965823?profile=original

Na sua Crónica acima assinalada, nosso Escritor Antonio Domingos Ferreira Filhotrouxe-me à memória um momento irónico e com algum humor, que se passou comigo, sobre o que o autor falava: o Cochilo! A ausência e seus reflexos na vida diária!

Já a Escritora Isabel Cristina Silva Vargas falara sobre o assunto: A importância para a saúde!

Cochilar é fundamental para o trabalho, tanto o intelectual como o trabalho mais físico! E isso já foi reconhecido pela OMS! Mas na verdade nenhum patrão ou empresa ou mesmo os trabalhadores medem, a real importância da Sagrada Sesta Espanhola ou o simples cochilar, que o Presidente John Kennedy fazia questão de ter de 10 a 15m!

A vida diária não se compadece com tal. E no entanto... Enfartes, AVCs, Pressões Arteriais, Negatividades e tantos outros tormentos da vida moderna se veriam tão diminuidos!

À noite teimo em ficar mais tempo escrevendo e acabo por adormecer, com os dedos pousados no teclado!!! Teimosias que me levam a não respeitar horários, a madrugada avança e por fim adormeço, com o acordar cantado do alvorocer!

Como tantos, eu já adormeci nos transportes, balouçada, embalada, às vezes com força, quando o piso, nas nossas calçadas, é cheio de buracos !!!

Sei o quanto é dificil a falta desse cochilo! que, a meu ver, só é demais, quando ele, o sono, é de menos!!!

A Sesta ou o cochilo tem uma importância enorme, para o continuar dum dia de trabalho! Não necessita ser demasiados minutos, muitas vezes o simples quarto de hora é suficiente!

Sabem que eu adormecia ao volante?!

Houve um ano lectivo em que, na 2ª feira, meu horário era muito pesado! Começava às 8h30 e terminava às 22h30...... Foi terrivel ! Muitas turmas de alunos (11 turmas, mais precisamente!) e algumas dessas turmas eram dos "algo problemáticos", eufemisticamente falando!!rsrs

Às 18h eu queria ir à minha casa, numa cidade vizinha, jantar com meus filhos, regressando depois para as aulas, dos alunos da noite...Eu vivia sózinha com eles ...

Era Inverno. O caminho não era por cidade, era de noite algum trânsito, sem ser o rush citadino, que nos vai mantendo alerta! alguns faróis, o cansaço e uma passagem de nível!! Não sei se é assim que aí se diz, mas era a linha do comboio que fechava!! Ela teimava em fechar quando eu passava!!rsrs Fechava cerca de 15m... Naquele dia, já eu tinha adormecido ao volante momentos antes, acordei com o ruído ligeiro dos pneus, no saibro da berma da estrada! Endireitei o volante e segui!

Chegada à passagem de nível .... adormeciiiiiii na espera do comboio ...... passaram todos os carros dum lado e do outro e eu........cochilandoooooo!!!

O Guarda dessa passagem - há 30 anos ainda tinha guarda!! - assustou-se e veio bater no vidro!! Dei um salto e ele igual, e lá segui viagem até casa!...

Não voltei a fazer. E às segundas-feiras, acabei por pedir a uma amiga que me tomasse conta dos filhos, porque já não arriscava fazer mais aquilo!

Quando as aulas dos alunos diurnos terminavam, sentava-me no carro e cochilava antes do jantar, para aguentar o resto do tranco!!

Nao voltaram a fazer horarios assim!!

3541965874?profile=originalA Sesta, ou tirar uns minutos diários no corte do trabalho, é importante! Nos turnos fica diferente a sua organização! Mas o corpo reage sempre, pede mesmo, esse pequeno corte, seja ele às 14h seja ele às 18h ou às 24h.... o Corpo pede imperiosamente.

Ouvir o Corpo falar é fundamental.

E quando não ouvimos o nosso corpo falar..... tudo fica mal! Ele reclama logo de nós, por vezes bem dramáticamente!

Mesmo quando já não temos saúde, ele continua a nos falar! Se nós o escutarmos, podemos duplicar o nosso termo de validade! o nosso Prazo de Vida! a nossa Qualidade de Vida! E eu sei bem disso!

Para isso basta escutá-lo, ouvi-lo e ATÉ, falar com ele!

É um diálogo que só termina quando ele diz FIM!....

Chantal Fournet

Portugal

24 Novembro 2015

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

FELIZ DIA DO POETA!

3541956975?profile=original

Poetas que palmilham esta senda feita de Letras, metáforas, polissemias, metonímias; sendas experimentais tradicionais loucas e vistosas! Paisagens de Alma e Coração onde se cruzam a tradição e a vanguarda onde a Vida floresce, sem nunca encontrar a Morte! Porque o Poeta nunca morre...tal como o Vento e a Agua, ele está sempre fluindo no Todo em tudo e Sempre!

Grata sempre por partilhar este trilho convosco!!

Beijos de poesia feitos

Chantal

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

meus-olhos-marejados-3719105-140720151319.jpg

3541953238?profile=original

Trivioletra TI: ABRAÇO

A bre sem_pr_essa lei // livro de côr_ação // limpo de_feitos

B rilha o fogo // palavra acalma // escrínio azul-noite

R oca e fuso a_linhas // escrev_em versos // virgens penas destintas

A ma sem rugas // lisamente coerente // mágoas entregas

Ç em luas giram_sol // na sala ronca fogo // vinho apura

O laço que dá em flor // ACÇÃO EM ROL // tem doce lei (1)

Chantal Fournet

16/2/2015

meus-olhos-marejados-3719105-140720151319.jpg

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

Confidencialmente ....Epistolar!

https://storage.ning.com/topology/rest/1.0/file/get/3541947732?profile=original

3541947934?profile=original

http://peapaz.ning.com/group/bomdiadomarcial/forum/topics/n-o-bom-ter-mania-superioridade

NÃO É BOM TER MANIA DE SUPERIORIDADE

3541948037?profile=original

Querido Poeta Marcial!

Interessante sua cronica sobre a importância, a arrogância e a soberba de algumas pessoas, que encontramos na Vida!

Sinto um orgulho desmedido, por ter tido grandes lições de vida e aprendizagem pratica e emotiva, com tantas pessoas, quase analfabeta de leituras, escolas e livros, mas duma enorme sabedoria de tantas tantas coisas!! um aprendizado dificil de esquecer, que já me inspirou poemas e contos!!

AMEI demais a frase sobre a Luz, duma imensa Sabedoria, numa frase sem Pompa nem Circunstância!!! 

Mas sim! Existem pessoas que bebem copos delas próprias diariamente!

Encontramo-los em todos os grupos etários e sociais! Não é previlégio só de alguns, ditos de classes intelectuais ou abastadas versus "ricas", alguns de crescimento tipo transgénico, muito, muito rápido "crescimento"sócio-económico, mas não emotivo nem cultural!!

Descobri mais uma vez, há bem poucos meses, que em todos os meios sociais se encontram essas pessoas, que "tudo-sabem-tudo-conhecem-raramente-se-enganam-e-nada-têm-a-aprender-com-ninguém"!!! ....... E Deus meu! É mesmo terrivel, quando é onde menos se espera!!

Mas esse tipo de Soberba e essa Arrogância é tão negativa de baixo para cima, como de cima para baixo! Socialmente falando claro!

Ou seja, é deveras muito mau, a arrogância e a soberba "do não querer": fazer, aprender, saber, evoluir, ser melhor, etc por aí fora! 

É terrivel, aqueles que se refugiam, em desculpas vitimizantes e miserabilistas, de quem: não faz, nao diz, nao aprende, não evolui, por não ter nascido em "berço de ouro", por não ter prolongado os estudos, em suma, tambem por não ter estado atento, enquanto os outros falavam, ensinavam!

Isso é aprender com a vida. A pior das Superioridades, Arrogâncias e Soberbas é, a meu ver, essa mesmo ... a Ignorância! Que, por sua vez, nos poderia levar mais longe, em longo debate! O da Ignorância! E ainda, o da Ignorância Emotiva...

Não estou de forma alguma a justificar as respostas de uns e doutros, mas, esta análise de Marcial, trouxe-me de volta ao meu debate interno, sobre a Arrogância Superior da Ignorância e o supremo valor de Ensinar e ...Aprender!

GRATA por teu remate final, meu querido Escritor:

"é procurar dividir nossa "luz" com quem não a tem, ao mesmo tempo em que podemos nos iluminar um pouco com a "luz" que outras pessoas tem, e da qual somos carentes. Assim, ao mesmo tempo em que aumentamos nossa "área iluminada", "iluminamos" áreas alheias. Não lhes parece uma troca justa?"

MUITO GRATA!!

3541947983?profile=original

Maria José Chantal Fournet Dias

Portugal

11 de Agosto 2015

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

CHARLESTON! Insano Racismo!

A man kneels across the street from where police gathered outside the church on June 17.

CHARLESTON
******
Charleston foi dança sem freio nos pés
Charles town é de Carolina e Carlos
Charleston com côr_ação cheio de canto
encanta!
*****
Mas  tentação domina as sombras
juvenis, sem cor nem ação!
Rompe na oração, no sangue se rebola
no prazer da negritude desprezada,
perante a morte negra de cor,
tinta de vinho escuro das safras,
dos campos de Deus,
mares de tiros em martírios!
não toca! não toca! não toca! não toca!
grito sem O Sonho de um dia Tido!
Chega! Chega! Chega!
Naão toca mais em meu irmão!
És negra alma
de corpo animal desbotado ...
Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

LA ROSE / A ROSA

3541935827?profile=original


LA ROSE
Rose viens! viens! viens!
tu seras une belle rose
qui s'ouvre très jolie, très belle!
une vraie poupée,
avec la ronde
avec le vent!
tu sens bon!
tes petales rouges orangés
tu ressemble a une orange
au soleil couché!
tu es très jolie!
Et quand le temps devient gris,
si on te parle pas,
tu deviens triste...
tu te fannes

et tu t'effeuilles au vent...

Marjorie B.

Portugal

23/6/2014

Tradução:

A ROSA

Rosa! Vem! vem! vem!

Serás uma bela rosa

 desabrochas muito linda, muito bela

uma verdadeira boneca

na ciranda

no vento!

Cheiras bem

tuas pétalas vermelhas alaranjadas

assemelhas-te a uma laranja

ao sol posto (deitado!)

és muito linda!

Quando o tempo se torna cinzento

e ninguem te fala,

tornas-te triste

feneces

e esfolhas-te ao vento....

3541936018?profile=original

NOTA:

Este Poema e os 2 tautogramas foram feitos no ano passado, em actividade de desenvolvimento intelectual, de busca de palavras desenvolvendo o lado cognitivo e memória, alem da oralidade! Foi na companhia de uma amiga muito querida, que tem um factor de déficit na sua mente ...

Foi uma tarde rica, cansativa, que ela gostou muito e saiu daqui muito contente, porque tinha feito um poema, o 1º dos seus 58 anos! Foi uma tarde de Felicidade! Marjorie fala em Português e Francês...enquanto estimulava fui escrevendo! 

Chantal

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

Viver o Tempo a tempo

L9MXBLqWDOE_Kyb9TA8ubO0lBErdFbOgHTAqbbZnD8i_DfLtrkxi-4cQeEAARPBf4aaH=h900

Cansada!

Cansada de vãs discussões

Que ficam no cesto do Vazio

Vacuidade sem uso nem nexo

Preciosa perda de tempo...

Viver! Viver sem tempo de Viver!

E assisto...

Gente com vida pela frente

Em canto triste, vazio no lamento

Pardacento…

Viver! Ter tempo e não o perder no

Vazio de discussões, quezílias sem perdões.

Viver! Viver! Agir e sempre querer!

Ter força Interior, mas ser carcaça sem flor.

Viver! Viver sem tempo do fazer!

Pegar com jeito o ângulo de peito

Não machucar! Que todos ficam de vidro!

Os egos levantam, vibram ao menor tom,

Os egos erguem-se no excesso de si!

não aprendem!

Viver tem tempo limite! Ninguém vê…

Não se sabe o quando nem como,

Sina de todos e não de alguns!

Tantos esquecem e seguem nas lamúrias

Vivem em gotas de queixas e lamentos

Esmorecem seu viver de pardacentas escolhas.

Padecem de sombras! Permitem as sombras !

Ninguém luta contra as sombras!

Se perdem, esmorecem, fenecem sem viver

Na sombra, esquecem o Tempo…

Espantados, abrem a boca quando acontece ...

E a Vida … passou

O eco do lamento ficou...

Chantal Fournet

28 Abril 2015

Portugal

3541929602?profile=original

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

3541935225?profile=original

Cúmplices descobertas em mútuo êxtase

- Revelação!

Degustados o vinho, músicas, cigarro ...

nebulosas de fumo, teus olhos sem sombras

- Luz!

Na doce aura do amor, felicidade se espraia e grita

- Paixão!

Aahh meu Amor! ... como tardaste ...!

Chantal Fournet

Portugal

12 Junho 2015

 

Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

3541930874?profile=original

3541931098?profile=original

NO TEU JARDIM ... SOMOS!

​São flores!
são flores no jardim!
são flores!
são flores em teu jardim
com aromas e perfumes,
tão confundido que num todo
e só um se torna!
são flores do teu jardim!
com mil borboletas de mil cores
coroando teu jardim;
3541931200?profile=original
coroando e beijando cada coração de flor,
com todo o amor, leve levemente,
como pétalas só de cor,
do teu jardim, no teu jardim,
onde tu vives e eu sou uma dessas volantes!
borboleto no perfume dos versos
da verdade, da amizade,
nas flores de teu Jardim Interior de cor e amor!
Somos os pássaros cantores
e as borboletas, teus Amigos,
que poemamos no teu belo Jardim
de cores e aromas!


3541931098?profile=original barrinhas+com+flores+e+borboletas.gif
Chantal Fournet
Portugal
9 Maio 2015
Saiba mais…
BRONZE BABPEAPAZ

ENLAÇOS

3541931148?profile=original

3541931334?profile=original

ENLAÇOS

Sou Mãe
mas não sei ainda o que é
Ser Mãe...
3541931334?profile=original
Esquecer? Lembrar? Perdoar?
Pegar na espada de fogo?
 Só Amar?

***
Incondicional e farto,
É cantado e gloriado,
é marcado!

e tambem, 
proclamado de Egoísmo:
É egoísmo ser mãe?

***
O que é ser mãe?


... ainda não sei...
mas Amo
e
sou MÃE!

3541931300?profile=originalChantal Fournet

Portugal

Saiba mais…