Posts de Maria Helena Sarti (8)

imagens

Todas as virgens

deveriam pousar

para fotografias

antes de serem flexadas

pelo senhor desejo

este transformador 

dos sentimentos.

 

Nos retratos,

eternamente sem toques

os sorrisos puros,

olhares cândidos,

Para nosso deleite.

(Do livro: Lamentos de Cabocla, p.41- 1996)

 

 

 

Saiba mais…

ENQUANTO HÁ FÔLEGO

Admitir os dias que vão

Pelos vãos das cercas que nos cercam,

Exigem cuidados, entendimentos, atendimentos.

O que fazemos no automático rotina é.

O batucar dos pés nos arrastos,

O tirar e pôr de nossas carnes cansadas.

Vestir, despir, respirar e conspirar com o nada.

Rotina danada que dá dó sem vasculhar o pó da estrada.

Admitir os dias que se vão às sevas de ervas e chás.

Magia, feitiços, mandingas, rezas e orações.

Para quê? Estamos indo,

 Nos vãos dos dias que afora vão.

 

                                               Nena Sarti/ Tese sobre os sentimentos/2020

Saiba mais…

CRIAÇÃO

Que vontade de criar

Um poema com ternura.

Procurar no verbo amar,

Terminar com essa tortura.

Um amar universal sem falsidade,

Cunhar na pedra bruta um nome,

Quem sabe ensinar a felicidade,

com data de nascimento e sobrenome.

As palavras já fenecem cedo,

Ficam os falares sem respostas,

Sem alianças nos dedos,

E almas sendo expostas.

 

Saiba mais…