Posts de Maria Aparecida Maia de Oliveira (11)

APELOS DE UMA CRIANÇA

3541893276?profile=original

3541893545?profile=original

Apelos de uma criança

 

 Olá, não tenho, como pensas, um estado normal de inocência.

Já possuo minha bagagem espiritual, boa ou má.

Os hábitos bons ou maus que eu adquirir,

serão os que me nortearão

por toda a existência planetária.

Durante o período em que meus instintos

se conservam adormecidos,

serei mais maleável, acessível

aos conselhos da experiência

e dos que devam fazer-me progredir.

Aí, é que poderei reformar meus caracteres

e reprimir os maus pendores.

Teu dever imposto por Deus,

É missão sagrada de que terão de dar contas,

pois agora estou mais acessível às impressões que recebo.

Não deixe que eu fique no abandono

relegada à crueldade e injustiça dos homens;

auxilie-me hoje para que eu ampare a todos amanhã.

Mostre-me aos meus irmãos, que eu não nasci ao acaso,

e sim, para realizar boas e grandes aspirações

e conviver dia a dia na construção de boas obras

 - sou pedra bruta na mão do escultor.

Proteja-me para o bem, para o belo e para a paz.

Não me apartem de Deus

e supliquem a Ele que Seus anjos me protejam,

dirijam-me palavras de alegria e calma

e, que depois de um profundo sono, ao acordar,

transmita a todos a Sua paz e bondade.

____________________________________

Autoria: Cida Maia Oliveira

Localidade: Campo Grande/MS - Brasil

____________________________________

Saiba mais…

VISÕES DE UM POETA

3541893029?profile=original

3541893145?profile=original
VISÕES DE UM POETA
 

Ao cair a chuva
Vejo fios de aquarela
Pintando a natureza pura;

Ao admirar o luar,
Presencio fachos de prata
Cobrindo um doce cantar;

Quando vejo o piscar das estrelas,
Penso em olhos brilhantes
Encontrando um amor distante;


Sentindo o sol que inunda,
Imagino seus raios dourados
Como bênçãos à terra fecunda;         


Ao visualizar o arco íris,
Lembro de anéis multi cores,
Elos com Deus, Senhor dos Senhores;

Ao jorrarem as belas cascatas,
Penso em lágrimas rolando num rosto
Ao experimentar um desgosto;

Diante de olhares penetrantes,    
Vejo as portas ou janelas dos desejos
Suplicando por mil beijos;

Ao perceber a texturas das folhas,
Penso nas fundas cicatrizes
Esculpidas por antigas escolhas;

Pensando desta maneira,
Mostro ao mundo tão abalado,
Algumas visões de um poeta...
 
Este ser especial, esconde
no fundo do peito, seus segredos
nos espaços real e virtual - calados! 

________________________________

Autoria: Cida Maia Oliveira

Localidade: Campo Grande/MS 

________________________________

Saiba mais…

 

3541804603?profile=originalÁUDIO: TELAS DA VIDA 

Poema de Cida MaiaOliveira

publicado no livro "Ponte para a Alma"

Voz:  Anna Müller

 

***

 

Tome os pinceis,

escolha as cores,

delineie, pinte a sua paisagem

conforme a imagem

do seu pensamento...

 

(ver mais...)

telas-da-vida-CidaMOliveira%20e%20Anna%20Muller.mp3

 

Imagem de fundo: Internet

Formatação: Cida

Saiba mais…

PONTE PARA A ALMA

 

 3541804561?profile=original

 

PONTE PARA A ALMA



Sou ponte que vincula teu ser
aos recônditos da própria alma;
musa que preside a arte de lidar
com a linguagem da vida, do universo
do pensamento e das emoções.


Perfumo teus pés com flores,
sou sol amigo a aquecer tua alma;
estou sempre por perto
para embalar teus sonhos,
tua realidade e reerguer o espírito,
a paz, o amor e a esperança.


Sou trajeto fantástico,
roteiro transcendental
onde a alma presencia
gestos sutis das flores espalhadas.
Exalo perfumes em vislumbres multicores.


SOU PONTE, SOU A POESIA
distribuindo por onde passo
buquês de amor!

  

CidaMaiaOliveira


Poema com fundo musical:

http://www.cidmay.com/visualizar.php?idt=3051766

3541804723?profile=original

 

Saiba mais…

NÃO DEIXES MORRER...

 

 

3541803459?profile=original

 

3541803587?profile=original

 

Não deixes morrer...

 

Num breve momento,

Tu podes até perder

O beijo que quero te dar,

O brilho do meu olhar,

Uma migalha de atenção.

 

Num breve momento,

Tu podes até perder

Uma taça para brindar

Nosso amor tão bem nascido,

O tesouro de um carinho,

Uma manta aquecida

Para cingir teu corpo nu...

 

Mas não deixes morrer

Nosso amor desabrochado,

Minh’alma a ti imantada...

Conserve teus sentimentos

Calando os meus lamentos

Pois, em nenhum instante sequer,

Deixei de te pertencer!

 

CidaMaiaOliveira

3541803763?profile=original

______________________________________

 

Imagens: Google

Fundo musical:

Ernesto Cortazar-The Greatest miracle of love.

https://www.youtube.com/watch?v=JKAPXW9SjEc

Saiba mais…

TRAJES DA ALMA

3541803291?profile=original

Trajes da Alma

 

Nos colóquios e em relances,

Nas entrelinhas dos gestos,

Entre os olhares funestos

Despe-se a alma em nuances...

A aparência reluzente

Simula um sopro gentil,

Exala aroma sutil,

Traz mensagens veementes...

 

Podem os brilhos das vestes

Ofuscarem a consciência

Serem barro e não riqueza...

 

E, sem apelo que reste

Percebe-se as pequenezas

- Trajes d’alma: pobres essências!

 

CidaMaiaOliveira

Imagem:Google


Ouça o fundo musical clicando aqui:

Andr%C3%A9%20Gagnon%20-%20When%20I%20Fall%20In%20Love.wav

Andre Gagnon

"Comme Au Premier Jour"

_______________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________________

Saiba mais…

Saiba...

3541796354?profile=originalSaiba...

Saiba refletir o mundo em torno, recordando que, se o espelho inerte e frio retrata todos os aspectos dígnos e indígnos a sua volta, o pintor consciente, buscando criar atividade superior somemnte exterioriza na pureza da tela os ângulos nobres da vida".

André Luiz (psicografia)

Saiba mais…