Posts de Marcia Portella (272)

PRATA BABPEAPAZ

Anjos de verão

 
3662174516?profile=RESIZE_710x
 
A tarde caía quebrando em
 cores esparramadas.
Cantei a ausência 
em poemas
com a alma encolhida
 no momento em que 
 seguíamos à deriva..
Flutuamos lado a lado,
sem asas como anjos 
de verão de mil maneiras
 diferentes, em um mundo
sem memórias, ouvindo um 
sino que soava distante,vago
...em lembrança final. 
 
 
Marcia Portella_Go
Imagem_Lidia Wylangowska ~
 
 
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Acor do vento

 

3616588132?profile=RESIZE_710x

 

Há tempo ele me tem sob domínio

  Habituado à seu poder me causando

  Indiferença como... a cor do vento.

 

Hoje parece louvar meus sentidos.

...E quando me seduz e meu espírito,

  Invisível parece se afastar

 Ele volta permeando minha aura...

 

Chega com tamanha suavidade que

  Torno-me amante pálida e vaporosa

  A seu poder que clama por minha alma

 ... Que se faz ouvir sempre à sua súplica.

 

Cada vez que o sinto volto a amar com

 A leveza de uma carícia deixando-me atrair. 

É tão terno o meu sentir que o amor

                             Não entende...

 

                                                      Marcia Portella

                                                          Go_2014

 

Imagens de Lidia Wylangowska ~

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Brisa solta

 

3369221936?profile=RESIZE_710x  Se pudesse despir-me de ti 

     abriria a cancela

    saindo de mansinho

     como brisa solta

    na tarde passageira.

   Flutuaria na noite

    deitando ao mar a dor

    em gritos de adeus   

   com um sorriso sombreando

    no rosto  ao sentir

  a saudade aturdida

  distanciando 

 ...sem saber voltar.

         Se pudesse despir-me de ti.

 

                                                       Marcia Portella

(28/02/2017 )

 Imagem_Carrie Vielle

-- 

http://marciaportellago.blogspot.com 

                          

 

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Falando em amor

 
 
 
3178261313?profile=RESIZE_710x
Amo-te da altura do infinito
Ao rés do chão..
Em toda profundidade que
minha alma possa alcançar...

Através do sol,nas orações
Que  concedo ao tremular
Das velas...

 Amo em todos os meus dias
Mesmo que te sinta distante
No frio acelerado das horas
Que estão em todos os dias..

 Amo livremente como os homens
Que lutam pela paz,
Com a paixão posta em uso,
Com a pureza da minha infância,
E antigas mágoas que vivem em mim..

 Amo com um amor que me era
 Desconhecido como desconheço,
O rosto dos santos ungidos..

Amo-te  com minhas lágrimas,
E a ansiedade de toda uma vida!
E devo  amar mais,muito mais
...Quando partir.
 

Marcia Portella_
13/01/13
 
Painting_Hu JunDi_
 
 
 
 
                
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Outono

 
 
 
Meu outono é praia estreita
 coberta de areia branca.
Seres divinos passeiam 
invisíveis quando o sol se põe 
divagando à beira mar, 
uma extensão encrespada,
cinza e infinita, cercada
 por rochedos agora sombreados.
Uma lua ascendente parece
 cortada ao meio por uma
longa e fina linha de nuvem
 escarlate tomando conta
da saudade que é meu santuário,
 aonde meus pensamentos
gritam e só eu posso ouvi-los
Esse é meu outono...
 o outono de um poema.
 
 
 
Marcia Portella
 
 
 
 
 
Imagem_Willem Haenraets

-- 

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Não me toque

 

 

Ouve-se ao longe um canto

...é a voz do medo ninando a menina.

Anoitece, está só, encurralada, sentindo

 o pesadelo latejar em seu corpo franzino

 espreitando seu sonhar.  

 

Batendo asas como um corvo o mal

  chega  grasnando seu nome. 

Encolhida, ela enrosca-se em novelo

rolando de encontro à sua alma de menina

 cansada, que se fez noite ao ser silenciada.

 

Em argila maleável endureceu em objeto

 imutável uma concha  sua habitação.

 

Sufocada, se solta flutuando como pluma. 

 Suas pupilas se movem apáticas para

 um mundo irreal com seu pequeno corpo 

 colidindo com outro enquanto sua alma

 ... Futua, flutua, flutua.

 

'Precisamos salvar nossas crianças'

 

Marcia  Portella_

 

 

Imagem Miguel Castello

 
 
 
                          
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Dia de chuva

 

 

 Chegou a  chuva com o frio pedindo  um chocolate quente e um bom livro.
Quem sabe à tarde uma sopa de letrinhas.
Deixar de ser pé frio, e calçar aquelas meias de lã esquecidas no
fundo da gaveta.
Tomar um banho bem quente daqueles que embaçam os vidros.
Passar as mãos no espelho e ver -com coragem- a pessoa que está
à  frente... cabelos brancos algumas rugas embaixo dos olhos,
o corpo já meio cansado pedindo uma reciclagem com o objetivo de,
diminuir o impacto visual isso!... para quem procura a eterna juventude.
Quer saber...deixa pra lá...vou calçar as meias, tomar minha sopa
 e esperar o pássaro de lata com suas assas enormes e ronco poderoso,
passar exatamente as 22.30 carregando  destinos.
 
 
Marcia Portella_2019
 
Imagem _Google
   
 
 
 
                          
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Poema da saudade

 
 
Saudade,sentimento difuso
que vaga no improvável,,
Que aprofunda
os vincos da minha face
debruçando sobre mim,
em eterno manto....
.
Serpente que desliza
entre flores...
amortecendo sentimentos
com seu veneno invisível,
em solicitude piedosa...
 
Cobre alva pele que acorda
no frio das noites insones,
deixando espaços vazios
que a razão não preenche
no silêncio...que se faz...
Presente....
 
 
 
                                                Marcia Portella
 Go_Fevereiro de 2013
 
Imagem_Pinterest
--
 
 
                                               
 
 
 
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Bela época

 

Inesquecível época de lutas e sonhos.

 Tornamo-nos mulher ouvindo o sussurrado;

dois pra lá dois pra cá.....

Saímos ás ruas, lutamos por um ideal.

Bergman,descortinou questões existenciais.

Neruda nos levou ao amor....

Queríamos ser livres como:

Pagu,Leila Diniz,Brigitte Bardot.

Cantar como Nara Leão,Maysa.

Compor como Chico Buarque.

Poetar como Vinícius e Cecília.

Fançoise Sagan,nos encantou

com Bonjour Tristesse....

Conhecemos paz,amor e liberdade

com bandana nos cabelos esvoaçantes,

saia longa,sandália rasteira....

Ouvindo Françoise Hardy, fomos à Paris.

Ao som de Bee Gees,Bob Dilan amamos.

Jhon Travolta nos levou aos embalos

de sábado á noite....

Com Roberto Carlos,

soltamos nossos cabelos ao vento,

Fizemos proposta

...amanhã de manhã

vou pedir um café

 pra nós dois........

 

Marcia Portella

 

Imagem_Web

  Go_11/09/2009

 

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Procura-se

 
 
 
Procura-se um poeta para poetizar 
no lugar do outro que partiu.
  Que como ele, seja um tanto louco   
   brandindo em gritos roucos
  seus amores e fracassos.
 
 
Que um dia seja dramático 
e no outro... palhaço.
Que tropece nos versos embriagado
 de emoção resvalando em dores
...morrendo de paixão.
Que seja  lunático ao dizer com seu jeito
 enfático que é são; com brilho irônico 
  no sorriso plácido.
 
Que viva  com a intensidade da morte
 e morra  com a intensidade da vida 
dissipando o tempo em minutos 
sem sentir dor,amor e saudade apenas 
 ... acordando a poesia adormecida.
 
Procura-se...
 
                                                   Marcia Portella
 
                                                             Go_03/10/2015
Arte_Arquer Buigas, Cayetano
 
 
                          
 
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Ele

 

 

 

Ele

Ele viaja por minha casa,
como se fosse sua.
Traz a paixão ardendo
entre os vãos da noite...
Bebe meu vinho,
Ouve minhas músicas,
Revira  minhas gavetas,
Esconde seu retrato,
Abraça meu silêncio,
Vai embora deixando
uma dor avassaladora_
uma sombra, que
deslocou do corpo
deixando uma mancha
Na parede....

Marcia Portella

 18/06/2012

Arte_Pier Toffoletti

http://marciaportellago.blogspot.com

 

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Adélia,Nina e Cléo

 
 
 
 
Passou a noite em uma cobertura
quase alcançou as estrelas,
pensando em voar.. 
 
 Calça as meias,o sapato vermelho, 
o vestido de tafetá que farfalha
  no ondulado do seu andar deixando
  no ar um suave aroma de Givenchy,
  
À noite pode ser Adélia,Nina ou Cléo
 no inferno ou no céu...
Ter olhos de lua, asas de anjo,
corpo de sereia,alma de menina...
 
Amanhã talvez acorde em uma
 pensão barata ou que sabe   
   ...em uma esquina
 
Ela é atriz,pertence ao outro lado
  do muro... à cidade lasciva,dilacerante
 um mundo sombrio de vaidades e mistérios
    inacessíveis que esconde a face lívida 
...de Adélia,Nina e Cléo.
 
 
 
Marcia Portella_2013
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Imagem-Pintereste
 
 
http://marciaportellago.blogspo.com                        
   
 
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

A despedida de Ana

 

 

A despedida de Ana

 

Ana dedicou sua vida à família. No inicio foi difícil com filhos e situação financeira precária.

Cuidava de todos com carinho, atendendo às necessidades do dia a dia sem descanso.

Com o tempo filhos cresceram casaram, vieram netos e Ana continuou tomando conta das crianças das suas crianças.

Foram anos de dedicação, amor e atenção.

Um dia Ana não levantou, fechou os olhos e adormeceu seu corpo cansado.

Quando acordou, estava cercada de flores com os filhos à sua volta inconformados com sua súbita partida.

Aproximou-se tentando aplacar a dor que havia deixado quando ouviu os filhos  discutindo afobados: 

_Temos que encontrar urgente uma cozinheira, uma cuidadora pro pai e uma babá pras crianças.

_Como a mãe vai fazer falta!

Ana sorri calma ante os comentários e pela primeira vez rescendendo a flores, sai para merecido descanso...

 

 

Marcia Portella

_2016

Imagem_Stock Photo

 

 

http://marcia portellago.blogspot.com

Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Quando ele parte

 
 
 
O amor sempre morre 
num fim de tarde
 em uma nesga de tempo
num rasgo de desilusão
entre lençóis...
 
Morre no silêncio das vozes
em ecos solitários
perambulando por praças
cinemas,ruas escuras
na inércia dos sentidos.
 
O amor morre restando
 apenas o rastro de um
leve beijo nos cabelos
a imagem de suas costas 
e o ruído doloroso
...da porta fechando.
 
 
Marcia Portella_
10/04/2012
ImagemJulien Douvier
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Repressão da sexualidade feminina vem de todos os lado

2018

-- 

image.png
 

A repressão à sexualidade feminina está cada vez mais em pauta conforme a sociedade evolui. Enquanto homens são aplaudidos por transar, uma mulher que faz o mesmo tende a ser julgada e punida por este comportamento, mesmo com os avanços recentes do feminismo e do empoderamento feminino. Pesquisadores da Universidade de Warwick, no Reino Unido, cientes deste duplo padrão social, decidiram descobrir quem está suprimindo a sexualidade feminina – e por que razão.

O maior erro científico sobre a sexualidade feminina

“Alguns sugerem que esse padrão duplo é imposto pelos homens e que as sociedades patriarcais buscam suprimir a sexualidade feminina para maximizar a certeza da paternidade ou monopolizar o acesso de um homem a suas companheiras. Outros propõem que as mulheres punem a “promiscuidade” para manter o valor do sexo, dando a elas mais poder como grupo”,diz matéria sobre o estudo publicada no site Big Think.

Uma vez que o sexo é cobiçado pelos homens, as mulheres limitariam o acesso como forma de manter vantagem na negociação deste recurso. Mulheres que fazem sexo prontamente comprometeriam a posição de poder do grupo, razão pela qual muitas mulheres são particularmente intolerantes a mulheres que são, ou parecem, promíscuas, defende Tracy Vaillancourt, pesquisadora que conduziu uma pesquisa semelhante ao novo estudo, em entrevista ao jornal New York Times.

Este novo estudo, entretanto, confirma que as duas suposições estão corretas: homens e mulheres suprimem a sexualidade feminina. No entanto, somente as mulheres tendem a punir outras mulheres que se mostram sexualmente mais livres, mesmo que isso tenha um custo para elas próprias.

Sexualidade e castigo

No estudo, os voluntários participavam de um “Jogo de Tomada de Decisões Econômicas” on-line contra um um suposto adversário real localizado em qualquer parte do mundo. Na realidade, no entanto, seus oponentes eram apenas respostas automáticas que correspondiam a uma entre três modelos femininas, cada uma com fotos em contextos sexualmente restritivos e sexualmente provocativos. Para as fotos sexualmente provocantes, as modelos usavam roupas vermelhas e muita maquiagem, enquanto as fotos conservadoras eram feitas com roupas folgadas de cores neutras.

Antes, durante e depois do orgasmo: série fotográfica quer ajudar a normalizar a sexualidade feminina

No primeiro dos três experimentos, os participantes receberam 20 dólares e uma instrução: poderiam dar qualquer quantia em dinheiro ao destinatário com o qual estivessem conectados online. Suas identidades permaneceriam anônimas para o destinatário. O resultado: homens e mulheres davam menos dinheiro às modelos que se vestiam provocativamente.

Os pesquisadores também testaram como os participantes julgavam a confiabilidade dos dois conjuntos de modelos. Os participantes recebiam uma quantia em dinheiro e prestavam contas a um administrador. Eles foram informados de que qualquer quantia que eles entregassem ao administrador seria triplicada, mas o problema era que o administrador poderia então escolher devolver qualquer quantia ao investidor, ou nenhuma. Mais uma vez, como previsto, homens e mulheres eram menos propensos a confiar nas mulheres que usavam roupas sexualmente provocantes.

“Isso é consistente com nossa visão de que mulheres sexualmente acessíveis são percebidas como mais propensas a trair parceiros ou a roubar os parceiros dos outros”, apontam os pesquisadores, segundo a matéria do Big Think.

Finalmente, o último jogo testou se as mulheres são mais propensas a infligir punições onerosas a mulheres sexualmente disponíveis, mesmo que isso às afete diretamente. No jogo, uma pessoa recebeu uma quantia em dinheiro e poderia optar por dar qualquer quantia ao outro jogador. Enquanto isso, o destinatário poderia optar por aceitar a oferta ou rejeitá-la se ela parecesse injusta. Se o destinatário rejeitasse, nenhum dos jogadores receberia nada. Os resultados mostraram que as mulheres eram consideravelmente mais propensas a rejeitar ofertas que julgavam injustas, o que significava que estavam dispostas a perder dinheiro apenas para punir sua adversária sexualmente acessível.

Para os pesquisadores, os homens não teriam boas razões para sofrer os custos de punir mulheres sexualmente acessíveis com as quais eles não estariam romanticamente envolvidos. No entanto, as mulheres fariam isso porque têm interesse em manter o valor do sexo dentro do grupo.

Com os resultados, os pesquisadores concluíram que culpar um só gênero pela supressão da sexualidade é uma explicação incompleta. “Em vez disso, ambos os sexos perpetuam e mantêm avaliações preconceituosas de mulheres sexualmente acessíveis, mas por diferentes razões. Portanto, propomos uma teoria da sexualidade feminina que reconhece que homens e mulheres têm diferentes vias para o sucesso reprodutivo, e que homens e mulheres podem tentar controlar a sexualidade de uma mulher simultaneamente. Isso complementa as evidências anteriores de que homens e mulheres são motivados a objetificar mulheres sexualizadas por meio de mecanismos diferentes. Se a sociedade quiser entender e superar o duplo padrão sexual, os intervencionistas devem procurar descobrir como homens e mulheres variam em suas atitudes em relação às mulheres sexualizadas”, defendem no estudo.

 

[Big ThinkNY TimesPsy Post]

 
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Ela...

 
 

 
Abomino seu ar cruel
seu poder perene 
suas garras afiadas
esse odor fétido que exala
de dor e flor por onde passa
 
Surge como uma imagem
num espelho que permanece
refletida depois que parte
 
Apossa de almas que vagam
no inesperado,entorpecidas
desatentas,invisíveis encobertas
...por desalentos
 
Calada cerra olhos com um
sopro gélido de escuridão...
 
                       Fria morte
 
 
                                                                           Marcia Portella_20012
 
Imagem_Igor Zenin
 
 
 
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Através do tempo

 
 
 
 
Hibernou lembranças e sonhos
no inverno dos seus cabelos prateados
Em explosão silenciosa calou a música
que dançou em leves passos...entre braços.

Com a ponta dos dedos soprou um beijo
tragando seu último suspiro,deixando
 nas sombras o passado enroscado
nas dobras do medo.

Atravessou o corpo como poderosa forja
rumo a escuridão como se fosse uma
das dimensões do paraíso perguntando
... se havia algum Deus nessa jornada
rumo a outro mundo, passando diante do sol
deixando seu manto quente sobre a terra.

Ele  agigantou-se ameaçador, despejando
sua ira divina como pássaros da noite
 com seus longos bicos e olhos furiosos.
O significado era acústico,ecoava,moldava
inflexões,preenchia silêncios.
                                     Calada afastou-se.
 
 
 
Marcia Portella
Go_2016
 
 
 
Imagem_Josephine Cardin                                                                                          
 
 
                          
 
 
 
 
Saiba mais…
PRATA BABPEAPAZ

Eternamente

 

 

Eternamente

Era noite quando ele saiu com cuidado

fechando a porta suavemente

como se alguma coisa fosse quebrar.

O ar estava doce impregnado

de um leve perfume ;a luxuria das flores.

Tudo parecia suave,a fronteira de luz,

a chuva suspensa lá fora como as

perguntas caladas,o cheiro do jacinto,

o silêncio da primavera em lágrimas

...e décadas em loucuras.

 

 

                                                              Marcia Portella_2018

Imagem_Pintereste

Saiba mais…