Posts de João Ademar Ramires (354)

O medo dos céticos!

 

NÓS, GUARDIÕES

AO GUARDIÃO DO SABER,
QUANTA RESPONSABILIDADE!
ALERTAR A HUMANIDADE,
CHEIA DE CONCEITOS "ISMO"
SE A FONTE É ESPIRITUAL,
INTERPRETAM TUDO MAL,
DENOMINAM, MISTICISMO!

DE MÍSTICO A FANÁTICO,
ATÉ DE CHARLATANISMO,
FALAR EM DEUS É DEÍSMO,
ESNOBAM A REVELAÇÃO,
EM MEIO A RISOS E PIADAS,
ÀS ADVERTÊNCIAS DOADAS,
SUA INDIFERENÇA, DÃO!

À NÓS, GUARDIÕES QUE SABEMOS,
NOS RESTA A CONSOLAÇÃO,
QUE QUER, O QUEIRAM, OU NÃO,
REVELAR-SE-Á A VERDADE,
E AO MEDO E RANGER DE DENTES,
DESTES CÉTICOS VIVENTES,
RESTAM-NOS, TÃO SÓ, PIEDADE!

 

 

Saiba mais…

A VERDADE PREVALECERÁ

JUDAS

NA CRUZ, O FILHO DE DEUS,
ELEVA AO PAI, O SEU BRADO,
QUE SEJA O POVO PERDOADO,
GRANDIOSA INTERVENÇÃO!
AOS HOMÚNCULOS TERRENOS,
DIANTE DELE TÃO PEQUENOS,
CAPAZES DE TAL AÇÃO!

MAIS TARDE A FALSA DOUTRINA,
DESTA HUMANIDADE ALGOZ,
DE QUE ELE MORREU POR NÓS,
UM CONCEITO MUITO ERRADO!
A VERDADE INCOMODAVA,
À QUEM NA ÉPOCA IMPERAVA,
FOI POR ISTO, ASSASSINADO!

SE A MORTE FOSSE VERDADE,
QUE NOS BENEFICIARIA,
QUE OS PECADOS PERDOARIA,
VEJAM QUE COISA INCOERENTE!
SERIA, JUDAS, BENFEITOR,
E NÃO DE CRISTO TRAIDOR,
E PORTANTO INOCENTE!

Saiba mais…

Crer ou não crer, esta é a questão!

AUXÍLIO DERRADEIRO

DO CÉU A TERRA AFUNDAVA,
ASSIM ERA VISÃO DA LUZ,
ENVIOU-A ENTÃO JESUS,
EM REGIME DE EMERGÊNCIA,
COMO O SALVADOR DAS TREVAS,
PORQUE OS HUMANOS EM LEVAS,
SE PERDIAM SEM CONSCIÊNCIA!

PORÉM, NÃO RECONHECEU,
A HUMANIDADE CAÍDA,
RUMO ÀS TREVAS EM DESCIDA,
JUNTO A TERRA ARRASTAVA,
O CRIME CONTRA JESUS,
ASSASSINADO NA CRUZ,
MAIS AINDA A CONDENAVA!

POR ISSO, O JUÍZO FINAL!
O ACERTO FINAL DE CONTAS,
AQUI PAGAS SE APRONTAS,
MAS DEUS JUSTO E FIEL,
COMO AUXÍLIO DERRADEIRO,
MANDOU UM MAIS FORTE GUERREIRO,
O SEU FILHO IMANUEL!

Saiba mais…

UMA QUESTÃO DE LEIS AUTOMÁTICAS

PEDIR E RECEBER

AJUDA, JÁ SE DEFINE,
POR FORÇA COMPLEMENTAR,
TENDES POIS QUE AUXILIAR,
COLOCAR A MÃO-NA-MASSA
NÃO QUEIRA POIS, LASTIMAR,
SE QUEM VEM PARA AJUDAR.
O IGNORA E PASSA!

ACONTECE ASSIM COM A LUZ,
PORÉM, COM MUITO MAIS RIGOR,
NÃO É INDIFERENÇA É AMOR,
NEM INTENTA CASTIGAR.
O ESPÍRITO ACOMODADO,
PRECISA SER PRESSIONADO,
PARA SE MOVIMENTAR!

POR ISSO, VELA E ORA!
VOS ACONSELHA, JESUS!
ASSIM VIRÁS À TER JUS
AO AUXÍLIO MERECIDO!
É DANDO QUE SE RECEBE,
QUEM NISTO ASSIM PROCEDE,
É EM SEU SUPLICAR, ATENDIDO!

 

Saiba mais…

Acontece cada uma!

 

O MÍOPE

NA MINHA INFÂNCIA, CONTAVAM.
ESTA HISTÓRIA É OUVIDA,
FOI NA FARMÁCIA AVENIDA,
DESCREVO TUDO CERTINHO,
UM ATENDENTE COM MIOPIA,
DINHEIRO E RECEITA SÓ VIA,
OLHANDO BEM DE PERTINHO!

ALGUÉM FIZERA UMA COMPRA,
E MORAVA NO INTERIOR,
NÃO LEMBRO QUAL O TEOR,
DA SUPOSTA CONFUSÃO,
QUE O FEZ VOLTAR À CIDADE,
SIMPLÓRIO E SEM MALDADE,
FAZER A RECLMAÇÃO!

QUEM FOI QUE LHE ATENDEU?
PERGUNTA-LHE O GERENTE,
RESPONDE-LHE O VIVENTE,
COM VIVACIDADE LIGEIRO,
AÍ, QUE VEIO A ANEDOTA!
AQUELE QUE CONHECE A NOTA,
E A RECEITA, PELO CHEIRO!

Saiba mais…

Fazendo piada de si mesmo

 

BIGODE DE OURO

O NOME, NUNCA SE SOUBE,
SOMENTE O APELIDO,
QUE ALGUÉM SAIBA, DUVIDO!
QUEM SOUBER GANHA UM LOURO,
NUNCA OUVI CITAR-LHE O NOME,
CONHECIDO ERA O HOME (M)
COMO, BIGODE DE OURO!

DE SI, FAZIA PIADA,
TEM UMA, QUE VOU CONTAR,
TENTAREI SINTETIZAR,
DIRIGINDO UM CAMINHÃO,
SEMPRE ALGUÉM LHE ASSOVIAVA,
PRA TODO LADO ESPIAVA,
E O AUTOR, NÃO VIA, NÃO!

ATÉ QUE UM DIA DESCOBRIU,
QUE DA PORTA A JANELA,
SE ABERTA, ERA POR ELA,
SÓ PERCEBERA AGORA,
ERA O VENTO NO BIGODE,
VEJA SÓ COMO É QUE PODE,
QUE A PONTA SAÍA FORA!

 

Saiba mais…

Sobre um amigo, carteiro e músico de primeira!

 

PEGOU O BONDE ANDANDO

EU FLOREAVA A OITO BAIXOS,
QUANDO O CARTEIRO CHEGOU,
TENS UM PINHO? PERGUNTOU!
TENHO, MAS NÃO ESTÁ AFINADO.
VAI BUSCÁ-LO, DISSE, ELE!
E DELE QUE TE DELE,
NÃO PARA O TEU SOLADO!

ASSIM QUE PEGOU O PINHO,
FOI BATENDO AS CORDOEIRAS,
QUE ERA SÓ UMA BARULHEIRA,
NO COMPASSO DA CANÇÃO,
INTERCALAVA TOCANDO,
ENQUANTO IA GIRANDO,
AS ORELHAS DO VIOLÃO!

NO TOM, NOTA POR NOTA AFINADO,
NO VIOLÃO, ACOMPANHOU,
E AO MESMO TEMPO AFINOU,
E EU SÓ FIQUEI SISMANDO,
NA SUA CAPACIDADE,
PODIA-SE, DIZER EM VERDADE
ELE PEGOU, O BONDE ANDANDO!

Saiba mais…

Ovelha, não é para mato!

O CABELO DO VOVÔ

POIS, FOI NUMA BRINCADEIRA,
QUE A LEMBRANÇA AFLOROU,
BEM VIVA SE PRESENTOU,
COM MISTO DE RISO E DÓ
QUANDO FIZ UMA EXPERIÊNCIA,
ABUSANDO DA PACIENCIA,
DO MARIDO DA VOVÓ!

ERA CORTAR O CABELO,
PENSEI QUE FOSSE "BARBADA"
MAS, QUE FÁCIL, QUE NADA!
É DOM QUE VEM DE NASCENÇA,
SEM TAMBÉM, MUITO TREINAR,
NINGUÉM VAI SE APERFEIÇOAR,
É TOLO, QUEM ASSIM PENSA!

A DÓ QUE SENTI POR ELE,
QUE SEU CABELO ESTRAGUEI!
QUANDO CORTÁ-LO TENTEI,
TESOURA PRA LÁ E PRA CÁ!
DEIXANDO RASTRO PROFUNDO,
COISA MAIS FEIA DO MUNDO,
UM CAMINHO DE PREÁ!*

* Preá, uma espécie de roedor que deixa caminhos em zig zag nos banhados.

Saiba mais…

ÀS VEZES, MELHOR LEMBRAR DE LONGE!

O LAGO ENCANTADO

UM, DOIS, TRÊS, LÁ VOU EU!
O SOL QUEIMANDO A LOMBADA,
MAS, O PIAZEDO, QUE NADA!
PRA SALTAR, FIZIA FILA,
ERA UM LAGO PEQUENO,
EM UM BALDIO TERRENO,
BEM LÁ, NO FUNDÃO DA VILA!

TÃO VIVA FOI A LEMBRANÇA,
PARECIA REALIDADE,
PORÉM, ESTA, NA VERDADE,
MOSTRAVA-SE, NUA E CRUA,
O NOSSO LAGO ENCANTADO,
JÁ HAVIA SIDO ATERRADO,
E EM SEU LUGAR, UMA RUA!

MEUS AMIGOS, SE ESPALHARAM,
OS COMPANHEIROS DE INFÂNCIA,
PERDERAM-SE NA DISTÂNCIA,
TALVEZ, OS VENHA, A ENCONTRAR!
VOLTAR A LOCALIDADE,
EM VEZ DE FELICIDADE,
FEZ-ME A SAUDADE AUMENTAR!

                                                           João Ademar Ramires

Saiba mais…

2019 Mais um degrau na escada do tempo!

A lei da Reciprocidade, dará à cada um de nós, os frutos de nossas semeaduras, com isso, desfrutaremos de bons e maus momentos.Somente nossas ações anteriores determinarão como, será nosso próximo ano de 2019. Sem interferência de quaisquer identidade nem mesmo do Altíssimo, pois perfeitas são Suas leis, que encerram Sua Vontade. É-nos possível no entanto, receber o auxílio de sua Força! E esta, eu almejo à todos quantos merecerem esta Graça!

Saiba mais…

NÃO DEU TEMPO!

BONITO E CORADO

ERA EU E A MARGARETE,
DE CASEIROS VEJA, SÓ!
DE FAZER UM PÃO DE LÓ,
CONVIDEI ESTA MENINA,
DEVIA TER, UNS DEZ ANOS,
SE NÃO INCORRO EM ENGANO,
PAI E FILHA , TRAQUINAS!

TUDO PRONTO, QUE SURPRESA,
NÃO É QUE CHEGA A MARIA!
FOI AQUELA CORRERIA!
LÁ FOI A MASSA PRO FORNO,
COM A CARA DESLAVADA,
TENTANDO CONTER A RISADA,
FICAMOS GIRANDO EM TORNO,

MAMÃE FIZEMOS UM BOLO,
A SENHORA VAI GOSTAR,
JÁ LOGO VAI APRONTAR,
MUITO BONITO E CORADO,
POR NÃO DEIXÁ-LO CRESCER,
QUANDO NO FIM FOMOS VER,
ESTAVA DURO E ABATUMADO!

Saiba mais…

Não há mal que nunca acabe...

LEI JUSTA DO AMOR

UM PROBLEMA, DEPOIS OUTRO,
DIZ-SE " O MAL NUNCA VEM SÓ"
NUM EFEITO DOMINÓ,
O SER HUMANO NEM PRESSENTE,
QUE ELE ESTÁ AMARRADO,
A COLHEITAS DO PASSADO,
COMO EXTENSA CORRENTE!

OS ELOS VÃO DESFAZENDO,
UM DIA A CORRENTE ACABA,
ABRE-SE, ENTÃO, OUTRA "ABA"
COMO EM UM COMPUTADOR,
PARA EFEITOS QUE ADVÊM,
AGORA TRAZENDO O BEM,
NA LEI JUSTA DO AMOR!

A LEI JUSTA DO AMOR,
OU, RECIPROCIDADE,
PROVÉM DA LUZ DA VERDADE,
DE DEUS, A PALAVRA ETERNA!
AMEMOS-LA COM RESPEITO,
POIS, JUSTA NO SEU EFEITO,
NOSSO DESTINO, GOVERNA!

 

Saiba mais…

De crenças, fantasias e realidade!

O REDEMOINHO

NUMA ESTRADA ENSOLARADA,
UM REDEMOINHO, EU VI,
FAZENDO A POEIRA SUBIR,
LEMBREI DE QUANDO CRIANÇA,
APRENDER POR TRADIÇÃO,
QUE ERA O DIABO EM FUNÇÃO,
QUE FUGISSE SEM TARDANÇA!

UMA CRUZ COM OS DEDOS,
ERA FORMA DE O ESPANTAR,
HOJE, RIO AO LEMBRAR,
E COMPARTILHAR COM VOCÊ.
HAVIA UM ENTE, COM CERTEZA,
SÓ QUE, ENTE DA NATUREZA,
ERA O... SACI PERERÊ!

TENHO CERTEZA QUE HOJE,
TALVEZ, HAJA ZOMBARIA,
POR CREREM QUE É FANTASIA,
O TAL SACI PERERÊ,
LEIA, "NA LUZ DA VERDADE"
E SOBRE A ENTEALIDADE,
ESCLARECERÁ VOCÊ!

Saiba mais…

Termos diferentes, uma mesma vivência!

A SOMBRA E O PARAÍSO

TALVEZ SEJA A IDADE,
QUE É TEMPO DE PENSAR,
AS LEMBRANÇAS "RUMINAR"
DE COISAS QUE VALOR TÊM,
DAÍ, VEM A EXPERIÊNCIA,
DAQUILO QUE FOI VIVÊNCIA,
EM UM TEMPO MUITO ALÉM!

CERTA VEZ, EU CONHECI,
UM SENHOR MATO-GROSSENSE,
EU QUE ERA RIOGRANDENSE,
UM DO NORTE, OUTRO DO SUL,
UMA EXPRESSÃO DELE OUVIA,
QUANDO, O QUENTE SOL, TINIA,
NUM DIA DE CÉU AZUL!

LÁ NAQUELE "PARAÍSO"
VAMOS POIS, NOS ABRIGAR,
PARA O SOLAÇO APLACAR,
A UMA ÁRVORE, INDICAVA!
SOMBRA, À CHAMA, O GAÚCHO,
MAS, "PARAÍSO" ERA UM LUXO,
QUE MELHOR SE APLICAVA!

Saiba mais…

Quem, ainda não sentiu uma saudade inexplicável?

SABER ADORMECIDO

LEMBRO DA MINHA INFÂNCIA,
QUANDO LONGE TROVEJAVA,
A SAUDADE QUE ME DAVA,
SEM QUALQUER DEFINIÇÃO.
EU AINDA NÃO SABIA,
POR CERTO DESCONHECIA,
A VOZ DA MINHA INTUIÇÃO!

ALERTAVA-ME A INTUIÇÃO,
DE UM SABER ADORMECIDO,
QUE EU HAVIA ABSORVIDO,
EM OUTROS CICLOS PASSADOS,
UM LEVE PRESSENTIMENTO,
DOS GUIAS DOS ELEMENTOS,
EM MINHA ALMA, GRAVADOS!

HOJE, ESTOU CONSCIENTE,
DO SABER DA ENTEALIDADE,
GRAÇAS À LUZ DA VERDADE,
QUE EXPLICA COM CLAREZA
QUE OS FENÔMENOS NATURAIS,
SÃO OBRAS DOS ENTEAIS,
OS SERES DA NATUREZA!

Saiba mais…