Posts de Geraldo Coelho Zacarias (7)

Poeta

RENASCER...



RENASCER...

Não...tarde não será...Vê como eu penso:
perdi-te ontem...fui covarde...
Mergulhado num mar de timidez imenso...
Porém, pra felicidade...nunca será tarde!...

Os anos nos deixaram marcas, cicatrizes
em nossos rostos; corpos...Porém alheios
devemos buscar nós, momentos tão felizes;
tu, na boca minha; eu nos teus seios!...

E hão de invejar-nos tanta gente;
e nós nem ligaremos pra o que tanta gente diz...
Se há em mim hoje esse desejo tão ardente;
é o mesmo de ontem, de ser e te fazer feliz!...

Vem...que nos espera o altar para o culto tão solene,
do santo e profano amor que entre nós arde...
E pra sempre eternizado e tão perene;
porque pra felicidade...nunca será tarde!...

(GERALDO COELHO ZACARIAS)

------------------------------------------------------------

Equívoco

Postado por Ema Moura em 19 abril 2015
Vê como penso:

Ontem, perdeste-me. Nem sabes quando ou porquê.

Ainda assim, amei-te num amor magoado

que o tempo marcou mais na alma do que no rosto,

[como um fogo que não morre e que não pode ser apagado].

Na tua ausência, afastei as melodias que nos tocaram,

condenando as suas letras ao degredo

[Os sentidos privei do que pudesse potenciar a memória.

Ás palavras acedo apenas em silêncio e em segredo].

Fugi de mim como se pudesse esquecer o desejo ardente sob o qual tremi

Concentrei-me no momento em descobri toda a trama:

Ardil. Traição. Enredo que roubou mais que a inocência...

A verdade que absorvi como veneno: não te ama, não te ama...

Ser feliz... O meu corpo como cálice que levaste aos lábios...

Um altar de carne e cetim erguido entre paredes brancas,

Desejos que se transformaram em loucura e fatalidade,

levaram à morte do arrepio e do suspiro, no movimento das ancas.

Não... É tarde e de tão tardia hora, o meu peito não contém a dúvida:

Ainda que não acreditando numa felicidade que tarda...

Por que razão, te equaciono hoje, se ontem me perdeste?

Parceiro no meu blog: Fotografia de Fábio Martins

 

Inspirado no poema Renascer, de Geraldo Coelho Zacarias, autor em PEAPAZ

Publicado no meu blog principal

Saiba mais…
Poeta

AMO AMAR VOCÊ...

Você...fonte de doçura que meu coração invade...
...Saudade...saudade é tanta que até chego
sentir uma dor que de dentro do peito salta:
de você a falta, e do seu tão doce e meigo aconchego!!!

Você...da minha vida o bem maior, mais precioso...
...Saudoso...saudade no coração, causa alvoroço...
...Saudade de quando você, de um modo sorrateiro,
um cheiro, deliciosamente dava em meu pescoço!!!

Você...fonte de doçura que muito (amada) delicia,
sacia a boca minha; enquanto vão ficando cheias
de sangue (enquanto aumenta nossa libido
devido a um beijo nosso)...nossas artérias (amada)
e nossas veias!!!

Você...da minha vida o bem maior, mais precioso...
...Saudoso...saudade aperta o coração porque
eu vivo (amada minha) um tormento:
não posso fazer o que mais queria neste momento
(amada minha) que é amar você...
...porque,
eu amo (amada minha) AMAR VOCÊ!!!
============================================

(GERALDO COELHO ZACARIAS)

Saiba mais…