Posts de Cristina Bonetti (87)

Escritor Poetisa e Escritora

...brincadeira de roda...

 

...e a terra se cobrirá de sol...

Majestosas árvores se revelarão.
Darão sombras às almas sensíveis,
murmurando versos de amor.

...ternuras de fim de tarde...

Coisas do coração.
Na alma da gente a saudade,
sol morrendo num poente de ilusão.

...e a terra se cobrirá de luar...

Virá a brisa da noite.
Dançando por entre as flores,
numa brincadeira de roda.

...e a terra se cobrirá de sol...

 

 

(Cristina Bonetti)

Saiba mais…
Escritor Poetisa e Escritora

A Colheita

 

Entre anjos e querubins,
sob alvas nuvens adormeço;
Rendas teço com fios de ouro
entre torres e jardins!

Vitorioso,
o verde das matas se manifesta...
Trigos dourados para colheita!

Desde o canto dos pássaros à flor,
desperta a natureza;
Enfeitando o céu
e desfazendo brumas!

Renasce a esperança,
com ela o sol,transbordando sonhos...
Transbordando amores!





(Cristina Bonetti)
Saiba mais…
Escritor Poetisa e Escritora

...cantos e oferendas...

Finda a tarde...

Na torre da Igreja Matriz,
sinos ecoam alegremente,convidando os fiéis
para a Ave Maria.

Momento de reflexão...

Flores desabrocham exalando suave perfume
dando boas-vindas ao Senhor
e ao anjo guardião.

Caricias milagrosas...

Harmonia de júbilos e anseios.
Quando eles chegam
até os pássaros parecem mensageiros.

Cantos e oferendas...

Ateus são contornados de esperas e desejos,
porém, quando adormecem,
este momento se desfaz em lendas.





(Cristina Bonetti)

Saiba mais…
Escritor Poetisa e Escritora

...meu velho e querido ipê...

 

...meu velho e querido ipê, com florzinhas amarelas
entre folhas delicadas e verde-escuras,
à todos sorria.

Pendia-te galhos, onde, toda tarde, um sabiá com suave canto
inspirava lindos poemas.

...hoje,
minha alma, como tu, suporta o tempo.

Bem sei que não morreste;
só precisas de um outro sol,outro orvalho,
outra brisa...

 

 

(Cristina Bonetti)

Saiba mais…