Posts de Ciducha Seefelder (155)

Boa Participação

Vontade de você...

 
 
3761455668?profile=RESIZE_710x
 
 
Vontade de Você....





Sentir os calores que de ti emanam...
e ali ficar plantada,  fincada,  a te esperar.
Encostar-te no meu ventre,
 sentir tuas mãos nos meus cabelos.
Voltar ao passado....
.puxando-me....
Extasiar-me com teu olhar,
  o brilho deles a me fitar,
pedindo-me, implorando-me....
ler e reler tuas
 queixas, teus ciúmes, 
 tuas carências e sentir essa vontade
 impossível de querer
 voltar ao passado.
Ciducha Seefelder
♥Catetano Veloso. Você Não Me Ensinou a Te Esquecer♥
Saiba mais…
Boa Participação

Pecado

 
3722319870?profile=RESIZE_710x
 
Pecado
 
Eu não sei se é pecado
Se me está reservado
 o céu ou o inferno...

Tenho me perguntado
se serei castigada
como reles bandida
ou absolvida...

Eu não sei se é pecado
esse amor que enfeitiça!
Que faz meu coração
imitar um ladrão
inundado em cobiça...

E me rouba o tino
perco o prumo
restando somente
a minha emoção.

Eu não sei se é pecado...
Querer-te tanto assim
Acima do bem e do mal!
Me parece banal...

Ter esse companheiro diuturno:
- O medo do dia do juizo final!

Ah!... Será pecado?
 
Ciducha Seefelder
 
 
 

 

Saiba mais…
Boa Participação

Quem és?

 
3717617885?profile=RESIZE_710x1934992723?profile=RESIZE_710x 
Quem és?
 
 
1934992723?profile=RESIZE_710x

És uma nau misteriosa, mas nem tanto
que navega o meu mar, meu grande oceano
todas as noites,  ao clarão da lua!
És alguém, que bem devagar
me tens toda tua!
 
És intrépido e orgulhoso
que ousa atravessar no meu futuro
como um facho de luz
num campo escuro
 
És a certeza do vento
que vem e passa
sedento de mim, de nós
neste momento
E assim vai o tempo
precioso e ingrato
enquanto ficas fraco
a padecer de tanto ir-se!...
 
És, acima de tudo
na minha vida, o maior encanto meu,
e diga-me, responda-me:
-Alguém já te amou mais do que eu??
1934992723?profile=RESIZE_710x
Ciducha Seefelder
1934992723?profile=RESIZE_710x
 
Saiba mais…
Boa Participação

Negue...

 
3697688715?profile=RESIZE_710x1934992723?profile=RESIZE_710x
Negue...
 
Negue...
Que um dia já fui sua
e que também foi meu...
Não é mero sonho, nem ilusão
fomos, somos e sempre seremos,
um só coração!
 
Negue...
Mas eu duvido
que será capaz disso!
Seremos sempre um do outro
em qualquer ocasião
seja manhã , tarde ou noite,
dos dias que teremos,
chegaremos sempre a esta conclusão:
- Somos um só!
 
Negue...
Mas não tente me convencer,
porque não vai poder!
E você sabe de mim...
E eu sei de você...
Negue?!
1934992723?profile=RESIZE_710x
Ciducha  Seefelder
1934992723?profile=RESIZE_710x
 
 
 
 
 
Saiba mais…
Boa Participação

Meu bem...

 

3685088643?profile=RESIZE_710x

 

Meu bem...

Este querer, de tão radiante
fortifica-se com velocidade
fazendo-nos enamorados
não importando, entretanto,
onde estejamos localizados
e, por ser constante,
vivemos em eterno encanto
que faz do meu pranto,
incentivo para uma realidade
que quero tanto...

 

Ciducha Seefelder

 

Saiba mais…
Boa Participação

Coisa de pele...

 
213431998?profile=RESIZE_710x
 
Coisa de Pele...


É coisa de pele...
um enlace dos desejos
penetrando os sonhos
tornando-os bisonhos.

Sentir arrepios
no toque dos dedos
atiçando teu corpo
com os meus cabelos.

É coisa de pele
sentir o teu pé
teu peso e teu corpo
que eu também quero.

Delícia de passeio
das mãos na tua pele
recebendo teus beijos
te roçando de leve.

Fingir que não quero
com olhar de desdém
mas com o corpo, buscar-te
como nunca, a ninguém.

Sim... é coisa de pele
que queima por dentro
que parece maior
que o meu pensamento.

Explicar eu não quero
só quero sentir
deleitar-me no gozo
quero mais... lhe pedir!

Beijos ansiosos,
Ciducha
 
 
Saiba mais…
Boa Participação

O entardecer sem você

 
 
 
O entardecer sem você

 
O entardecer, quase sempre é um momento de melancolia...
E para mim, (porque não dizer?) de imensa nostalgia!
Vendo o sol tingir de vermelho o horizonte, quando o dia está morrendo,
me faz lembrar tardes de outono e inverno em sua companhia...
Olho para o mar... parece que ele segura o sol vermelho alaranjado,
para soltá-lo no fim do mundo.
Os passarinhos começam a se abrigar, ainda cantando baixinho...
As ondas arrebentam com atrevimento.
Parecem me chamar... me convidar a ir com elas.
A tristeza é profunda nesses momentos. Dói!
Escuto ao longe o som da Ave Maria...
o eco que se espalha por todos os cantos.
Deitada na areia, fico ouvindo aquela música melancólica,
percebendo as primeiras estrelas
e a lua que começam a aparecer.
Minha mente sobrevoa sem amarras...
Ah, querido... quanta saudade!
Relembro cada pedacinho do nosso tempo juntos,

que eram tempos felizes aqueles!
Entretanto, já não depende de mim... de nós...
Por mais que eu deseje, nunca mais voltarão!
Restaram-me as saudades, que jorram das lembranças doces...
A hora da Ave Maria continua sendo, para mim, o momento mais melancólico.
Chega a ser impiedoso esse momento...
marcando mais um entardecer de solidão,
dessa frequente desesperança...
mais um entardecer sem você!
 
Enviado por Ciducha em 20/07/2011
Código do texto: T3106345
*************
 
Créditos
Tubes
Arte e Formatação
Ana Ridzi
 
Saiba mais…
Boa Participação

Hoje e ...sempre!

 

 

Hoje... e sempre!


Ontem chorava
a ausência inoportuna
de quem eu mais quis!
Hoje,  acordei feliz!
Ensaiei até uma canção
comemorando a volta do meu amor
que é antigo posseiro
do meu irrequieto coração!
Amanhã,
recordaremos  juntos
todos os momentos
por nós vividos...
E que jamais serão esquecidos!

 

Ciducha

 

Saiba mais…
Boa Participação

Houve um tempo (só nosso...!)

 
 
Houve um tempo...(só nosso!)
 
 
Qual aquele que não se sente inflado
em receber palavras que marcaram o tempo,
fixaram-se na lenbrança,
duplicaram-nos.
fazendo-nos existir duplamente
ignorando o poder
de viver no coração de alguém...
Quem??
 
São lisongeios que nos enchem a alma
e ficamos à mercê da pergunta se tanto merecemos...
Não é apenas uma resposta...
mas um fato que existiu e muito nos marcou.
 
Esse costume ficou encalacrado em mim
da mesma maneira e,quem sabe,o tempo,
este devastador,nos tenha mudado,
e,a idade,essa esponja que suga o brilho dos olhares
já não nos faz os mesmos...
Houve um tempo...!
Ciducha Seefelder
 
 
Saiba mais…
Boa Participação

TALVEZ...

 
 
TALVEZ...
 
Um dia, quem sabe...
Talvez possamos viver sem pejo ou culpa,
nossa tão esperada união.
 
Juntos,
plenos e indivisíveis,
fogo e água,
perfeição... sem mágoa.
Sei que somos
momentos permanentes,
de encanto.
 
Juntos,
voamos eternos,
um eterno vôo,
infinda emoção!
 
Dividir nossos sentidos,
 diuturnamente
como sempre sonhamos,
De mãos dadas, seguiremos em frente,
sem olhar para trás!
 
Um dia quem sabe... talvez!
 
Ciducha Seefelder
 
 
 
 

Saiba mais…
Boa Participação

Volta..eu te espero

 
 
 
Volta...eu te espero
 
Estarei te esperando
com a porta entreaberta
em silêncio,
calada...
Invada-me!
 
Serei tua,
toda nua,
para explorar desejos e lampejos,
que tomam nossos corpos tão sedentos!
 
Quero desmaiar
nos teus braços,
aconchegar-me...
envolver-me...
perder-me...
e, encontrar-me!
 
Em mágicos delirios.
encontraremos o que buscamos,
e me darás...
e eu te darei...
e então eu sei...
Com certeza:--Voltarás para mim!
Volta...?!
Ciducha Seefelder
 
 
 
Saiba mais…
Boa Participação

Olhos

 

Olhos




Querido, estás vendo meus olhos?
Podem ver bem dentro dos teus...
Você me pertence.
Eu te pertenço.
E não se trata de um mero sonho!

Querido, que ânsia é essa,
que te aprisiona,
nesse mutismo insano?

Que tempo é esse, tão estranho,
escuro, que rouba do teu semblante,
o brilho dos teus olhos?

Querido, deixa rebrotar o sol,
na manhã do nosso tempo,
renascendo nossa esperança!

Deixa, querido, que o amor
tome cômodo no teu peito,
definitiva e lindamente,
como a índole dos mares!

Estás vendo meus olhos?
São teus...


 

Ciducha Seefelder

 

 

 

 

 

 

 

Saiba mais…