Posts de Ciducha Seefelder (161)

Dia da Consciência negra

 

 

Maria Julia/ Dia da Consciência negra

Hoje minha homenagem é à minha sobrinha Maria Julia Seefelder Virth. Ela foi adotada quando tinha 2 anos;;;Estava num quilombo em Goiás ,quando minha irmã, que tinha uma fazenda naquele fundão.foi fazer uma visita e se apaixonou por aquela menininha desnutrida,judiada,faminta de amor Foi amor à primeira vista. Sissu(minha irmã) estava casada pela segunda vez,recentemente e depois de um longo periodo de visitas,regulamentos etc ,pode finalmente adotá-la como filha.Foram anos de muita felicidade,mas o destino quis que minha irmã se fosse para sempre.Além da dor de perdê-la(era minha irmã caçulinha,amiga,confidente e muito unidas))a dor pelo sofrimento da Maria Julia Hoje ,dois anos depois,ela está bem e morando com o pai na Suissa.Com certeza terá um futuro maravilhoso,pois estuda em ótima escola,cercada de muito carinho pelo pai,Markus Virth. Que bom seria se mais pessoas adotassem uma criança negra

Ciducha Seefelder

(sem correção...as fotos foram movidas à emoção)

Saiba mais…

Meu homem!

 
Meu homem!
 
 
Eu, tatuada!
No seu corpo
para sempre marcada...
 
Daqui ninguém me tasca!
Abusada, eu??
Pudera!
No meu  homem fiz morada...
 
Sou sua posseira
pela lei do "usocapião"
pois definitivamente
sou prá  ele a eterna amada!
 
Meu homem.E ponto.
 
Ciducha Seefelder
 
Santos,Agosto de 2008
 
Saiba mais…

Por que não?

 
 

Por que não?

E entre esse riso e pranto
a você me entreguei
não pura e simplesmente,
mas totalmente, do modo que eu sei!

Sem ao menos questionar
se um dia, em algum tempo
em algum lugar...
viria a me amar!
Levando-nos às profundezas
de um amor insano,
inconseqüente,
que tão de repente, sem querer
sem precisar
virou profano!...

Sim...
amar outra vez...
Por que não?

Viver o nosso amor
intensamente...
apaixonadamente, desse modo
tão envolvente!

Por que não?

Ciducha Seefelder
Saiba mais…

Te quero!

 

Te quero!

 

Te quero...

De uma maneira insana

mesmo que seja irracional,

inconsequente!

 

Te quero...

teus olhos em mim

e eu te dizendo sim...

te quero!

 

Sentir teu hálito quente,

ouvir teus queixumes,

tuas necessidades,

tuas vontades!

 

Te quero...

pois sou e estou tua ,

como nunca fui de ninguém!

 

Ciducha Seefelder

Saiba mais…

Felicidade

 

Felicidade

Eu desejaria, como todos,

ser infinitamente feliz!


Sei que é um desejo insensato
impossível

malogrado

A felicidade existe sim!

Mas são momentos

lapsos roubados do tempo.


Porque se fôssemos

constantemente felizes...
nunca teríamos sido,

o suficiente...

 

para tatuar na memória

tanto brilho, tantas lembranças

que nos mostram, incontestavelmente...

 

a gloriosa brevidade...

dessa tal felicidade!

 

Ciducha Seefelder

Saiba mais…

Tempo

 
 
Tempo
 
Tempo... retoma o carretel
com que seguras, sexagenário,
a pipa dos meus sonhos
enfeitada de auroras,
içada por colorida
rabiola.
 
O amor,
 a esperança,
o desejo,
o anseio,
 emolduram o tempo,
 esse algoz!
 
Ciducha Seefelder

Saiba mais…

ilusão...?

 

 

 

Ilusão...?

Abraça meu corpo carente,
meu corpo sozinho de mim
desde que ficou sem ti!
 
Não te afastes tanto
Não desprezes meu pranto
que sobeja em mim!
 
Minha esperança frenética
baila incessante
neste rompante
de te querer cada vez mais!
Ilusão...?
 
Mas não ouses
Não abuses
Não rompas meu arroubo
que ainda é tanto!
E segue aos tropeços
procurando começos
que foram feitos de nós dois...
nós dois...
 
e que não vejo mais!!
 
 
Ciducha Seefelder



 
 
Saiba mais…

Querido!

 
Querido!(para você)

Querido, dá-me agora
um novo credo,
um novo alento,
nesse meu momento!

Querido, dá-me agora
a esperança tanta
que brilha
no fundo do teu olhar!

Dá-me os sentidos
que adornam os teus dias,
a força tanta,
no rumo do teu andar...

Dá-me agora, querido,
um sentido novo...
Tira-me desta angústia,
para que eu possa te navegar!
 
Ciducha Seefelder



 

Saiba mais…

Querer-te

 
Querer-te!
 
Querer-te
é um sofrer...
É sonhar e saber que o sonho é proibido
e não querer acordar...
Querer-te
é ter o coração chorando solidão
Querer-te
é desejar teus beijos
teus abraços...
e saber que jamais meus serão.
Mais que tudo é desejar o amor teu.
Querer-te é sofrer por um amor
que nunca será meu
Querer-te
é ter vontade de gritar o meu amor
quando:
O coração diz
Sim
A razão diz
Não!
Ciducha Seefelder

Saiba mais…

Seus Beijos!

Seus Beijos!
 
Sinto-o ainda..
como se pudesse vê-lo
estender a mão e tocá-lo
roubar seus beijos!
Oferecer-me ao insano furto
dos beijos meus, para juntá-los aos seus
levando-nos ao delírio
delicioso delírio!
Seus beijos...
preciso deles e é urgente!
Quero seus dengos,
seus prazeres,
que são meus também!
      
Seus beijos,
lembro bem...
os enleios tantos que vivemos
trêmulos e de corpos enlaçados,
às vezes saciados
outras vezes, nem tanto...
   deixando sempre para depois,
um pouquinho de nós dois...
nos beijos seus...
nos beijos meus...
nossos beijos!
       
 Ciducha Seefelder  

 

Saiba mais…

NADA...!

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
NADA....!
 
Pastosa,com a boca rilhante,
tremo de medo,revoltada!!
Meus braços pendem mortos,
incapazes de abraços;
minhas pernas latejam e......recusam andar,
nesse corpo morto-vivo.
Uma inevitável perspectiva
de desamor e indiferença, prega-me os olhos baços,
na tela do nada!
Alienada e surda,tão inconsistente,
como a madrugada.....
Preciso apagar os dias,
deslizar o comutador do tempo,
refazer o encontro e a paz,de ser algo suportável,
respeitável......E que a madrugada não engula,
deixando tanto gosto,de nada!!
Ciducha Seefelder

Saiba mais…

Tenho urgência...

 
 
Tenho urgência...



Tenho urgência
das tuas maõs em mim,
do teu olhar,
me pedindo para ficar.

Urgência dos teus beijos,
da tua risada,
da tua emoção
do amor que te faz grande
no meu coração!

Tenho urgência dos teus olhos,
dos abraços
dos teus mimos silentes
que são elos da minha corrente,
por onde jorra emoção e prazer.

Tenho urgência...sacia meu desejo,
abranda meu tesão!
meu imenso amor...

Urgência do teu calor!
Vem...
 
Ciducha Seefelder
 
 

 

Saiba mais…

Impossíve!!

 
 
Impossível!!
 
É impossível?...
Difícil responder...
Talvez sim... talvez não,
são tantas as faces do coração...
mas hás de compreender!
 
Sei que habitas, o íntimo do meu ser!
Na minha alma, às vezes desalentada
será sempre tu, o bem-querer!
 
Não posso negar evidências,
és meu dono, meu proprietário!
Mas tens sido perdulário
jogando-me ao vento... sem alento.
 
Entretanto...
nós nos pertencemos,
de um modo todo nosso,
num conchavo que transcende a razão,
até mesmo aos anseios da alma e coração,
do corpo também...
 
Sem nos termos, sem nos darmos mutuamente
não somos ninguém... sabes disso... eu também sei!
 
Então me diga... viver sem você?
 
_Impossível!_
Ciducha Seefelder
 
 
Saiba mais…

Estou só

 
Estou só!
 
Estou e sou só
Talvez seja eu  que
não caiba nesta tristeza,
nesta angústia,
que sobra de mim,
neste mundo que derruba de
mim....e não tem dó!
Fala-me de amor,
de tanto amor,
sofrido e não vivido!
Fala-me agora disso tudo,
que estou cansada demais
para dormir...
Abandonada demais
para ter dor...
Abandonada demais
para estar só...
Assustada demais
para ter medo...
Perseguida demais
para fugir...
Leva-me contigo,
liberta-me do pó...
Senhor de mim,
para que a solidão
não exista,
nem resista o vício de
ser só
Estou e sou só,
nesta dor sem fim!
Ciducha Seefelder
 

 

 

Saiba mais…

AMO VOCÊ!

AMO VOCÊ!
O tempo sublima
os nossos pensamentos,
e o que era inconfesso,
hoje eu professo,
como a minha lei:
- Eu amo você!
 
E não há no mundo,
em mil anos ou um segundo
nada que me faça recuar:
- Amo você!

Vou esperar...
Com a ansiedade que me abraça,
com a insensatez que me sequestra
com a lucidez que me diz,
repetida e incansavelmente:
- AMO VOCÊ
!Ciducha Seefelder
Saiba mais…

Sonho de amor

 

Sonho de Amor

Num salto
colheu com a mão limpa
uma poção de amor.
Depois, farto dele,
encheu o olhar de horizonte
e a algibeira de esperança.

Fincou os pés no caminho,
e se embrenhou a andar,
bem disposta a caminhar.
Pulmões cheios
da brisa densa da manhã,
integrou-se à paisagem.
Sorriu para as flores,
falou com os pássaros,
reaprendeu com as crianças
todas as canções de ninar
Revelou ao mar, porém,
seu grande anseio de amar.

Na mão esquerda
a luz da esperança...
Na mão direita,
o gesto...
Nos olhos,
a única certeza do nosso...
sonho de amor!

Que já não sei se não seria,
a ousada previsão de uma zíngara...
e nada mais....
Meu sonho de amor...
sonho de amor...
de amor...
amor...
a...Ciducha Seefelder

Saiba mais…

Quero você!

 
Quero você!
 
 
Quero você...
Do primeiro ao último ato
me aplaudindo no teatro
da vida!
 
Quero você...
Parceiro da minha alegria
presença constante, euforia
nós dois!
 
E depois...
depois, meu amor
as plumas e paetês
estilhaçadas entre eu e você!
 
Ciducha Seefelder
Presente da minha amiga querida SilSaboia
 
 
 
 
 

Saiba mais…

Amor meu...Onde estás?

 
Amor meu...Onde estás?
 
 
 
Onde estás que não respondes?
Em que lugar te escondes?
Há muito te mandei um grito,
que desde então,percorre o infinito..
Onde estás, amor meu?
 
Teu nome foi um eco do passado,
um eco de soluços e prantos;
foi tudo que eu amei,
aonde assim resumi:
---Dores,prazer,ventura....
amor,encantos!
 
Por maiores que sejam,tenham sido
ou possam vir a ser
as vicissitudes da minha vida,
nunca se apagará da minha mente,
a lembrança do amor meu! 
 
Onde estás?
Ciducha Seefelder
 
Saiba mais…

Amo-te!

 
Amo-te!

Como jamais em tempo algum
amei alguém...

Amo-te hoje, como te amei sempre
além da razão,
com abono total do coração!

Amo-te...
desde o dia em que te ví...
e nossos olhares se cruzaram
e nossos corpos se atraíram
nossas almas se tocaram...

Foste o primeiro homem
a fazer meu coração acelerar...
Foste o primeiro a me despertar desejos...
Foste o primeiro a me fazer sonhar
Foste o primeiro... e sempre serás!

Amo-te desde então...
sempre vou amar.
E ponto.
Ciducha Seefelder

Saiba mais…