Posts de Ana Lucia Andrade de Abrão Merij (36)

Com muita alegria comunicamos a chegada do Notável Desembargador Siro Darlan [ meu caríssimo amigo] e do Ilustre Dr.Jairo Vasconcelos Rodrigues Carmo, magistrado aposentado e professor,como colaboradores de Literacia.1. O caso Bruno x Eliza Samudio sob o olhar dos Magistrados"- supra citados, leiam em:http://literaciacidadania.blogspot.com/Artigo: CIDADANIA NA SENZALA- por Siro Darlan, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de janeiro e Jairo Vasconcelos Rodrigues Carmo, magistrado aposentado e professor.------------------------------------------------------------------------------------------------2. Cresce nossa Campanha de Proteção às Crianças, com adesão do Desembargador Siro Darlan [que já escreveu na História do Brasil, seu compromisso com a causa, e sua ações exemplares em prol da Infância e da Adolescência,das quais sou testesmunha.]Leia seus artigos em:http://literaciapedofilianao.blogspot.com/I.Palmada é covardiaII. Violência se aprende nas escolasNossos agradecimentos aos renomados Magistrados , pelo apoio e nobre parceria.anamerij[editora]
Saiba mais…
Caros Amigos,Atualizada a edição de Agosto de Literacia, o Grupo Poetas Del Mundo se juntou a nós , na campanha Todos Contra a Pedofilia. Iniciamos tb. uma camapanha Violência contra Mulher- Nao se cale! Denuncie.Convido a cada uma para analisar o Sumário da Edição , temos vários conteúdos que podem gostar.Recomento de forma especial Lições de Vida , Psicanálise-Comportamento, e Cidadania , enfim, leiam e escolham o tema de interesse.O link da Página e o Sumário :Literacia_ Edição Agosto-2010 _Prezados Leitores de Literacia,Esta edição é dedicada a todas as mulheres vítimas de violência no Brasil e no Mundo.Visite nossa Página Sumário, em:http://literaciarevistacultural.blogspot.com/E, leia as Seções:I.Cidadania*Procura-se Eliza*Ave Marias*A Antígona brasileira:Vera de AcariII.Nova SeçãoPsicanálise-Comportamento*O SISTEMA MEGAMÁQUINA, A VIOLÊNCIA E O SAGRADOIII.Pedofilia, Não!*Famílias Incestuosas*CRIMES LIGADOS À PEDOFILIA*ABUSO SEXUAL INFANTIL: O QUE FAZER E AS SEQUELASIV.Lições de Vida*Mãe...Amor Incondicional[Flavia em Coma][Odele Souza foi do luto à Luta, por Flávia e por nossos Filhos]* Flávio Peralta virou o jogo da VidaAmputados VencedoresV.Centro de Estudos*Arthur Azevedo resgatado[Link barra superior]*Novas perspectivas de leitura*LEITURA: paralelos históricos e sociais definindo o seu lugar na linguagemVI.Africanidades*A pesquisa em torno das Literaturas Africanas de Língua Portuguesa;*O Pais Precisa de Um CAN da Cultura” Adriano Botelho de Vasconcelos-[Link-barra superior]*Mirabilis – de veias ao sol, a produção literária contemporânea cabo-verdiana*A Poesia DE Namibiano Ferreira-[Link-barra superior]* "(...) haverá geração melhor?"Gociante Patissa[Link-barra superior]VII.Entrevistas*Um dos homenageados pelo Troféu Sinhá Olympia é o poeta Affonso Romano de Sant’anna.VIII.Raras Mulheres*A primeira hippie brasileira:- Sinhá OlympiaIX.Depoimentos e Notícias*Absurdo: Artista africano é impedido de entrar no Brasil*Simpósio Internacional de Contadores de HistóriasX.PoemasOs Poetas de VidroXI.Filosofia e Humanidades*Meditar na cidade*A cruz e suas interpretações*Dignidade e ViolênciaXII.Crônicas e Contos*Amor, Comida e Sexo*A HORA DA ESTRELA*CAUSOS DO MEU ONTEMXIII.Vozes da Escola*Barbarinha, Barbarella, a menina da janela[Teatro Infantil]XIV.Diário de Bordo*Em busca de Sodoma e GomorraXV.Biodiversidade*Hidrovias – uma alternativa Do Brasil para reduzir as emissões de GEE’sXVI.Cine Clube*ScarfaceVersão de 1932: Scarface (Scarface - A Vergonha de uma Nação)*Sobre o curta metragem Sem TítuloUm delicado manifesto em curta-metragem, que defende a vivência da liberdade e mostra a desobediência como virtude epotência.[Leia e Ouça!]Desejamos a todos Boas Leituras.Que esta Edição nos leve a refletir sobre os graves problemas sociais , geopolíticos, e ambientais que nos cercam, ameaçandonossas Vidas e o Planeta.Como bem disse Walter [ leitor de Literacia] que conquistemos a Planetania.Que recuperemos nossa Humanidade perdida!anadeabrãomerij[Editora]01/08/2010
Saiba mais…
_nós ,os que matamos as mércias e elisas..._

a vogar silêncios de sepulcros na talagarça deste poema sudário de faces ainda meninas que me assombram com suas dores e gritos não direi flores: - direi de espinhos nas retinas dos versos as nódoas de mãos assassinas no verbo por cada uma de suas veias escorre o sangue da ignomínia exausta, quedo-me diante esta muralha suja pelos escarros de fel desta coisa humana e queimo todas as minhas esperanças de ser gente na vergonha em chamas parte desta espécie das trevas sobre a mesa molho o pão e o vinho em lágrimas como e bebo minhas últimas inocências e minhas derradeiras alvoradas anadeabrãomerij
Saiba mais…
Prezados Amigos,Recomendamos a leitura do Artigo de Affonso Romano de Sant'Anna;Nós e África depois da copa"E, nesta semana, eu estava falando dessas coisas simbólicas para 29 diplomatas africanos num curso que o Itamaraty resolveu criar para reaproximar a África do Brasil...."" ... E aqui um desafio paradoxal: os colonizadores da África e Brasil, durante três séculos, ficavam num vai-e-vem, negociando freneticamente, levando e trazendo escravos e produtos...""Ou será que continuamos com nossas mentes colonizadas encantados com o que o chamado “circuito Elizabeth Arden” que, senhorilmente, se rejubila apenas com Paris, Nova York e Londres?"Leia em:http://literaciaartigosecriticas.blogspot.com/Boa Leitura!A Literaciaanadeabrãomerij[editora
Saiba mais…
_ descarnar o ódio, quisera..._ despedida.gif o poema vocifera em meus lábios não há fuga possível, ainda que habite distâncias a barbárie desperta palavras contidas com suas esporas fere o verbo escondido com suas afiadas lanças quisera esconder-me num lugar de nome bonito a buscar outras rimas, saídas da terra, brotadas entre hibiscos e magnólias não aqui, posto que a bestialidade do homem se avizinha a polir ossos do ódio nos destinos de mércias e elisas, neste luto brutal de todas as horas quisera a morada de outrora , quando debruçada sobre o nada cantava encarnações de alegrias a jorrar dilúvios de poesias alvejadas num rio de inaugurar magias sim, o silêncio era ontem não este que me acende agora imundo de ódio hoje... o silêncio da morte é quem me acorda nestes versos sujos de sangue tecidos na revolta quisera descarnar os corpos dos assassinos alimentar seus cães com suas almas pérfidas e, sem piedade ouvir seus gritos oh! deus quisera... o teu cajado, o teu juízo, a tua mais forte ira : -para justiça da dor destas meninas! anadeabrão merij
Saiba mais…
Apresentamos hoje , em Edição Especial, nossa homenagem ao Dia Internacional de Nelson Mandela:1. Poema: -Parabéns Mr. Mandela, do Angolano Namibiano Ferreira2. Dados Biográficos e HistóricosLeia em:http://literaciarevistacultural.blogspot.com/ou aqui:http://literaciaafricanidades.blogspot.com/"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião.Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar."[Nelson Mandela]Comemoremos !Literaciaana deabrãomerij[editora]
Saiba mais…
Amanhã, 01 de junho, em toda rede a edição de Junho-Literacia.Inaugurando novas seções: - Filosofia e Humanidades, Vozes da Escola , Novos Talentos, Depoimentos e Notícias.Em nosso Centro de Estudos, conteúdos importantes para Professores e Escritores.Visitem:http://literaciarevistacultural.blogspot.com/Sejam Bem Vindos!anamerij
Saiba mais…

Poetas e Escritores Amigos,

Amigos, Estou a cata de escritores- professores de TEOLOGIA , FILOSOFIA e LITERATURA , PARA PUBLICAR SEUS TEXTOS EM : http://revistaliteracia.blogspot.com/ Quem poderia me ajudar? Gostaria tb. de publicar os Poetas e Escritores desta Rede. Quem desejar colaborar na Edição de Junho de Literacia , ficarei muito feliz em divulgar cada um. [ POEMAS, CONTOS, CRÔNICAS , ARTIGOS E CRÍTICAS] Caso aceitem meu convite, por favor mandem o material [ com uma mini-bio -2 ou 3 linhas] para : nana@virtualtelecom.com.br Silvia querida, para vc. um convite especial : - aceitaria escrever um artigo sobre direitos autorais, para nossa nova seção Literacia Juris Consult? ABRAÇOS FRATERNOS. PAZ E BEM! anamerij
Saiba mais…

Comunicado Importante para todos

Que País é Este?Affonso Romano de Sant’AnnaEndereço do blog: http://quepaiseesteolivro.wordpress.com/Concurso Culturalabril 13, 2010 por editoraroccoEnquanto o livro não fica pronto, queremos saber o que vocês pensam sobre o Brasil de hoje. O Concurso Cultural deste mês vai premiar as 3 melhores frases de 140 caracteres que respondam à pergunta “Que País é este?”. O prêmio: a nova edição do livro autografada pelo autor.As respostas devem ser enviadas para o e-mail quepaiseesteolivro@gmail.com até o dia 30/4. Os resultados saem no dia 07/5.Participem!Abs, anamerij ( ausente porque meu filho está operado- e mãe coruja por conta da cria)
Saiba mais…
_ sozinhez é o ventre do mundo _

no ossuário da paixão nasce o poema como argamassa molhando meus passos como se orvalho soturno molha as palmas das palavras molha as pálpebras da escrita molha-me.... como se fora chuva ao girassol da morte da semente nasce o poema em sua lápide olhando meus olhos em canto fúnebre vagarosamente, como quem tem algo nas mãos e já não tem nada dos escombros do horizonte nasce o poema vacilante entre pedras e imagens gastas tocando minha escrita com a lucidez de quem sabe ao caos silenciosamente, como quem tem soluços na alma e já não tem voz queda-me assim esse poema sem bandeiras volátil, porque tudo se desfaz na garganta do efêmero eu cavo, eu rezo, eu fio em seu caminho desmembrado do que ainda é talvez em réquiem, eu fuso: [-uma linguagem outra, que mora na sozinhez do mundo] nanamerij
Saiba mais…

- permanências_

há quem nasceu beira rio

há quem nasceu beira mar

eu nasci beira trilhos

ficou no lado esquerdo do peito

carvão, fumaça, apitos

há quem nasceu nos planaltos

há quem nasceu nas campinas

eu nasci entre montanhas

ficou esse débito com horizontes

no amarelo de minhas retinas

por isso esse jeito de lágrimas e fervor

a suspirar partidas, a mastigar adeus

entre as palavras que soluçam nos dedos

e nos lábios os ecos-saudades de beijos de amor

ficou em minha voz o clamor eterno

balançando os ventos da memória entre os dormentes

de quem vai, de quem vem:

_ plasmado na plataforma devotada da estação do trem!

anamerij

Saiba mais…



- permanências_

há quem nasceu beira rio

há quem nasceu beira mar

eu nasci beira trilhos

ficou no lado esquerdo do peito

carvão, fumaça, apitos

há quem nasceu nos planaltos

há quem nasceu nas campinas

eu nasci entre montanhas

ficou esse débito com horizontes

no amarelo de minhas retinas

por isso esse jeito de lágrimas e fervor

a suspirar partidas, a mastigar adeus

entre as palavras que soluçam nos dedos

e nos lábios os ecos-saudades de beijos de amor

ficou em minha voz o clamor eterno

balançando os ventos da memória entre os dormentes

de quem vai, de quem vem:

_ plasmado na plataforma devotada da estação do trem!

anamerij


Saiba mais…

Um poema para Silvia Mota

_ canção molhada de sal _

[ poema dedicado a Silvia Mota]

a palavra corta a tez da paisagem, corta o tempo

e minhas reminiscências, incisões que olhar bem sabe ler

corta essa dor tão sucessiva, textura de minhas raízes

! corta-me

ainda assim escrevo:

nas letras dos prantos e gritos de minha história

para doer-me nessa canção molhada de sal

para chover-me no pó das velhas estradas

nessa partitura cerzida com os fios da memória

ainda assim escrevo:

para soltá-la aos ventos nos céus de gaivotas

para que voe por horizontes escondidos entre montanhas

semeando essa dor- essa desesperança, em verdes trigais

e rasgo:

-para esquecê-la

-para esquecer-me

quem sabe amanhã, quando eu partir ...

alguém possa reescrevê-la sob a paz de madrigais

[ou ninguém- ou jamais]

nanamerij

Saiba mais…

Convite aos Poetas e Escritores

A Esquina da Palavra , apresenta a todos o Editorial de sua ultima Ediçao, convidando a todos para conheecerem o espaço dos Poetas da Esquina.Nosso Editorial:

Se não conseguir visualizar, clique aqui: http://esquinadospoetas.blogspot.com/

I. Apresentação:

Apresentamos neste dia 13 de abril de 2010,a primeira Edição Extraordinánia da Esquina da Palavra,comunicando aos Poetas-Membros e aos nossos Leitores, o novo calendário depublicação:

-no dia 1 de cada mês, lançamento da Edição Principal;

-entre os dias 13 e 15 de cada mês, lançamento da Edição Extraordinária.

II. Edição Dedicada a Maria José Limeira:

A Esquina da Palavra homenageia nesta Edição, Maria José Limeira,escritora e jornalista democrática de João Pessoa.

Limeira superou as adversidades de um derrame, que lhe deixou seqüelas graves.

Barreiras poucas, para nossa Quixote da Paraíba.

Limeira não esmoreceu, apesar das limitações físicas, levantou seu estandarte - a palavra, e retornou bravamentepara as lides poéticas, nas asas do vento que move seu moinho: - apoesia.

A Maria José Limeira, nossa admiração e respeito, pela garra, por seu amor ao Verbo, pelo muito que temfeito pela literatura, no Brasil, em Portugal, na Argentina, e por todos ospaíses, por onde sua palavra age e faz a diferença.

Nosso muito obrigado, Maria José Limeira!

III. Modus operandi do Blog:

Para acessar o Poeta escolhido, ou selecionar uma página que queira divulgar, vá a Sumário – Poetas Publicados, eclique no nome de sua preferência.

[O Sumário-Poetas Publicados,está alojado na barra lateral]

IV. Agradecimentos

Nosso Obrigado a todos que contribuíram para esta Edição Extraordinária. e antecipadamente aos nossosAmigos Leitores.

Agradecemos a cada Leitor, por sua visita, comentários,sugestões ecriticas.

A Esquina da Palavra é sua, é minha, é nossa.

Sejam todos muito bem vindos.

Boas Leituras!

A Esquina da Palavra

Editora: Ana Lúcia Andrade de Abrão Merij

{anamerij}

Contato com a redação:

poetasdaesquina@gmail.com


Saiba mais…