Artista Digital Professora Artista Plástica Poetisa Advogada e Escritora Criadora-BABPEAPAZ

Ano VII. Tertúlia Poética nº 2

Edição nº 69 - maio 2016

Tema: Dia das Mães

Forma literária: Livre

Número de publicações: Livre

 

NÃO REPETIR PUBLICAÇÕES DOS ANOS ANTERIORES.

NÃO SERÃO ACEITAS PUBLICAÇÕES DE CUNHO RELIGIOSO,

PRECONCEITUOSO, AGRESSIVO, OFENSIVO,

OU QUE ESTEJAM EM DESACORDO COM

AS REGRAS DA LÍNGUA CULTA, O BOM SENSO, A MORAL,

OS BONS COSTUMES E AS LEIS NACIONAIS.

 

Prêmio de participação

As publicações serão realizadas nos blogs dos autores

Para publicar clique aqui

Adilson Tinoco Resende. SAUDADE

Dione Fonseca de Barros. MINHA MÃE

Críspulo Cortés Cortés. ¡¡¡ NIÑA, MUJER, SEÑORA Y MADRE !!!

Críspulo Cortés Cortés. ¡¡¡ ROMANCE A LA MUJER Y MADRE !!!

Gilda Maria Quintero. FELIZ DIA DAS MÃES

Fernando José Corte Real Azevedo. DIA DAS MÃES

Janete Sales. COLO DE MÃE

João Ademar Ramires. PARA O DIA DAS MÃES

Lais Maria Müller Moreira. MODELO

Lucineide Sampaio. MÃE

Lucineide Sampaio. MÃEZINHA

Marcial Salaverry. MÃES DE CRIANÇAS ESPECIAIS

Marcial Salaverry. PARA VOCE MAMÃE

Maria das Graças Araújo Campos. FILHAS DE MEU CORAÇÃO E ALMA E VENTRE...

Maria das Graças Araújo Campos. MATERNIDADE

Maria Iraci Leal. MÃE, MINHA MÃE!

Maria Santa Cabreira Ramires. MÃE COM VOCÊ APRENDI A SER FORTE E LUTAR PRA VENCER

Mauro Martins Santos. HOMENAGEM AO DIA DAS MÃES

Vera Regina Cazaubon. A AMADAS AMIGAS MÃES

Waulena d'Oliveira Silva. FELIZ DIA DAS MÃES

Imagem:

Friedrich von Amerling.

Vienna,

Mutter und Kinder (Mother and children)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Belas Artes Belas.

Join Belas Artes Belas

Comentários

  • Poetisa e Escritora

    Minha Mãe

    Saudades do lar
    Quando juntos em casa mãe vivíamos.
    Guerreira incansável exemplar.
    Quantas vezes acordou chorando
    Pelas mágoas da vida sem solução.
    Choro calado e reprimido no coração
    Nem para parar tinha tempo
    Nem horário para se cuidar
    Sua prioridade eram os filhos
    Lavar, cozinhar e passar.
    Mas a noite tinha tempo para nos abençoar.
    Mil orações e pedidos em seus lábios jorravam
    E ecoava no silêncio da noite a voz de cada filho
    A benção mãe dorme com Deus.
    E sete vozes uma a uma era ouvida
    Deus te abençoe, dorme com Deus.
    Hoje as noites são caladas
    O silêncio tomou conta do coração
    Não mais escuto aquela voz me abençoando.
    Meus irmãos espalhados pela vida.
    Em meu coração a dor da saudade.
    Em meus lábios no coração a mensagem
    Dorme com deus meus filhos e abençoe meus irmãos.
    Descanse em paz minha mãe, cumpriu sua missão.
    Seus filhos venceram na vida e tem seus exemplos no coração.
    E como disse o grande poeta Camões
    "Se lá no acento etério onde subiste
    Memória desta vida se consente.
    Relembra deste amor ardente e viva eu na terra sempre triste”

    Dione Fonseca
    *******************
    Alma Minha Gentil, que te Partiste

    Alma minha gentil, que te partiste
    Tão cedo desta vida descontente,
    Repousa lá no Céu eternamente,
    E viva eu cá na terra sempre triste.

    Se lá no assento Etéreo, onde subiste,
    Memória desta vida se consente,
    Não te esqueças daquele amor ardente,
    Que já nos olhos meus tão puro viste.

    E se vires que pode merecer-te
    Algũa cousa a dor que me ficou
    Da mágoa, sem remédio, de perder-te,

    Roga a Deus, que teus anos encurtou,
    Que tão cedo de cá me leve a ver-te,
    Quão cedo de meus olhos te levou.

    Luís Vaz de Camões, in "Sonetos"


    Publicado no Portal PEAPAZ em 7 de maio de 2016 às 15h30
    http://peapaz.ning.com/profiles/blogs/minha-mae-3

    Minha mãe
         Saudades do lar Quando juntos em  casa  mãe vivíamos. Guerreira incansável exemplar.  Quantas vezes acordou chorando  Pelas mágoas da vida sem…
  • Poetisa e Escritora

    Maio chega com festas, flores e saudades

    Maio chega com flores
    Amigos se abraçam
    Irmãos comemoram as mães
    O coração repleto de amor filial

    Carinho e a gratidão se fazem presente em atos
    Homenagens a quem doou vida e ensinamentos
    Esperanças se renovam saudando o mês das mães
    Gratidão e a saudade de guerreiras incansáveis
    Amor se faz presente com carinhos e orações

    Com festas e alegrias, mulheres comemoram.
    Orgulhosas dos filhos que a vida lhe concedeu

    Felizes ou tristes, sempre em orações.
    Esperanças de vitórias e alegrias pelos filhos
    Sentimentos que ocupam mente e coração
    Têm dentro de si a doação e a sabedoria
    A graça que o Eterno às mulheres concedeu
    Sabedoria e fé imprimidas na alma

    Fontes de carinhos e doação incansáveis
    Louvor e fé, lema de vida
    Orações em noites mal dormidas
    Rainha do lar e escrava pelos que ama
    Esperança de vitória na vida pelos que ama
    Sentimentos que perfumam a vida
    Espalhando perfume no ar

    Saudade se faz presente em corações
    A solidão dos que suas mães já não têm
    Unindo irmãos em lágrimas sentidas
    Desejando a infância retornar
    Amor presente em lembranças infindas
    Doce e triste saudade da mãe amada
    Extraordinário anjo, que com o abraço curou ferida.
    Sublime rainha e escrava do lar seu nome é mãe

    Dione Fonseca
    Publicado no Portal PEAPAZ em 1° de maio de 2016 às 15h57
    http://peapaz.ning.com/profiles/blogs/maio-chega-com-festas-flores-...

    Maio chega com festas, flores e saudades.
        Maio chega com flores Amigos se abraçam Irmãos comemoram as mães O coração repleto de amor filial   Carinho e a gratidão se fazem presente em ato…
  • Poetisa e Escritora

    Não é apenas neste dia que lembramos com muito amor da mulher tão amada que nos colocou no mundo.
    Todos os dias eu me recordo de minha mãe e sou-lhe grata por toda a proteção que me deu e por todas as coisas que fez por mim.
    Não há como não deslizarem lágrimas, quando a doce lembrança toca em nossos corações.
    Toda a mãe traz em si a chama do amor e da valentia para viver e para enfrentar os embates da vida.
    Minha mãe não está mais aqui fisicamente, e eu presto-lhe a minha gratidão por ter nascido daquela mulher forte, inteligente e leal que tanto amou a todos os filhos, familiares e demais pessoas que precisavam de ajuda, em muitas circunstâncias apresentadas pela vida.
    Conhece melhor a mãe, quem viveu mais tempo próxima a ela, em seus momentos de dor, de alegria, de solidariedade. Quando algum de seus filhos adoecia, ela passava a noite à cabeceira da cama, ora medindo a febre, ora ministrando o remédio que o haveria de curar. Cantava uma doce canção e, se preciso o embalava junto ao peito e contava histórias.
    São muitos os esforços para o bem de seu marido, de sua mãe, dos filhos, alunos e amigos.
    Busca a melhor escola para matricular os seus rebentos. A formação, os valores que ensina, ficam para toda a vida!
    Quem diz: -“! Minha mãe é um anjo”, o afirma com toda a certeza. O anjo que alimenta, protege, ensina e faz tudo o que pode para que seu filho cresça saudável e feliz.
    E, quando cresce e está na hora de “bater as asas,”quantas saudades e lágrimas ficam nos lugares onde conviveu, cresceu e plantou flores de variadas cores.
    A mãe, junto à janela, vê o filho partir, e chora de saudades olhando o infinito se descortinar distante.
    Corre ao álbum de fotos e são tantas as belas lembranças: -mãozinhas pintadas, pezinhos pintados, um rolinho de cabelos colados com durex. E aquela criança que tanto amou, não mais está alí, sob a sua proteção.
    E fala baixinho:
    “- Segue de agora em diante o caminho da tua própria vida.
    . Leva contigo as sementes de bem e de amor que brotaram e cresceram em teu coração.”
    E o adolescente segue firme. De vez em quando larga sua mala no chão e joga muitos beijinhos e abraços.

    Publicado no Portal PEAPAZ em: 10 de maio de 2016 às 15:00

This reply was deleted.